Conheça algumas curiosidades sobre o corpo humano

· 20 de janeiro de 2015
Você sabe quantos átomos o corpo humano possui? E a relação entre os rins e os órgãos reprodutores? E, ainda, sabe porque com as mãos apoiadas em uma superfície plana conseguimos levantar todos os dedos menos o anelar? Conheça as razões dessas curiosidades.

O corpo humano é uma máquina fascinante. Somos criaturas perfeitas cheias de qualidades, e também de defeitos, mas seres exclusivamente capacitados a fazer grandes coisas. Assim, quer nos acompanhar nestas dez curiosidades sobre o corpo? Certamente te surpreenderá!

1. É um daqueles que possuem um tendão a menos?

Surpreendente, mas verdade. Sabe-se que 15% das pessoas não possuem um tendão presente no músculo flexor radial do carpo. Para comprovar basta fazer uma coisa muito simples: una seu dedo polegar e mindinho e dobre o pulso para trás. 85% das pessoas veem que sobem dois tendões, mas existem casos onde somente um sobe. É o seu caso?

2. A síndrome vasovagal

Outra curiosidade estranha e ao mesmo problemática. Existem pessoa que depois de urinar desmaiam. Isso se deve ao fato de que quando urinamos estimulamos o nervo vago, e em alguns casos, pode causar uma queda brusca de pressão. Não é uma brincadeira.

Leia também: Remédios para limpar a bexiga e vias urinárias

3. Órgãos reprodutores e os rins

Corpo Humano

Estão muito relacionados. Um exemplo é visto claramente nos homens. Quando recebem um golpe nos testículos sentem também uma dor muito forte  nos rins. Isso se deve a nossa gestação, momento em que ambos se desenvolvem ao mesmo tempo, para depois irem para seu lugar definitivo.

4. Tente mover o dedo anelar

Vamos fazer um teste: ponha  a mão em um lugar plano e tente levantar cada dedo. Conseguirá levantar todos menos o anular.

Talvez alguém consiga, mas em geral esta limitação de movimento se deve ao fato de que o indicador e o mindinho dispõe de seus próprios músculos extensores independentes, enquanto que os dedos médio e anelar possuem o mesmo. Por isso, quando um está dobrado o outro não pode se estender e vice-versa.

5. Um rim mais alto que o outro

Uma curiosidade a mais: o rim esquerdo fica um pouco mais para cima que o direito, e por que esta singularidade? Pela pressão que o fígado exerce no espaço situado sobre o rim direito. Sabia disso?

6. Açúcar no sangue

Glóbulos do corpo humano

O nível de açúcar é equivalente a uma colher dissolvida no sangue. Com este nível podemos ficar, por exemplo, dois dias sem comer e sem que nos aconteça nada.

Mas, depois, o corpo humano pode sofrer um processo chamado cetose, onde o fígado decompõe as reservas de gorduras para suprir a carência de glicose no sangue.

É muito perigoso, por isso é melhor não tentar. É o motivo pelo qual se desencoraja as dietas hiperprotéicas livres de açúcares.

Veja também: 5 remédios naturais para controlar os níveis de açúcar no sangue

7. Você sabe que possui menos ossos que um bebê?

Quando nascemos dispomos mais ou menos de 300 ossos. Mas, pouco a pouco, à medida que crescemos, estes se fundem até acabar com 206 na idade adulta.

8. Tente respirar e engolir ao mesmo tempo. Consegue?

Respiração

Já tentou? É impossível. E isto se deve a um curioso processo evolutivo onde o paladar foi para trás para alargar a faringe e assim emitir melhor a fala.

Assim, isso faz com que tenhamos mais riscos de engasgar, uma vez que a epiglote, a zona que evita que a comida desça pelas vias respiratórias, impede, por sua vez, engolir e respirar ao mesmo tempo.

9. Em média quantos anticorpos fabricamos por dia?

Três gramas. Três gramas em média, algo de grande importância para nossa saúde e para nos proteger de microrganismos nocivos.

10. E quantos átomos o corpo humano possui?

Já se perguntou alguma vez? Não é algo que nos tira o sono, mas se alguma vez essa pergunta lhe veio à mente aqui está um exemplo: uma pessoa que pese 70 quilos terá uma cifra como esta: um 7 seguido de 27 zeros. Pode imaginar? Surpreendente!

  • Tortora, G. J., & Derrickson, B. (2016). Corpo Humano-: Fundamentos de Anatomia e Fisiologia. Artmed Editora.
  • Pires, G. M. (1978). Anatomía humana.