Como prevenir as alergias respiratórias? 6 conselhos

Uma depuração geral e o consumo de alguns remédios naturais podem nos ajudar a prevenir as alergias respiratórias e a aliviar os sintomas relacionados com estas 

As alergias respiratórias, muito frequentes em épocas de mudança de estação como o outono e a primavera, causam muitos incômodos a quem as sofre. Entre seus sintomas destacam-se a congestão, a irritação das mucosas, a coriza e os espirros.

Descubra neste artigo como podemos prevenir as alergias respiratórias com estes 6 conselhos e remédios naturais. Deste modo, poderemos evitar os medicamentos anti-histamínicos, os quais causam efeitos secundários no organismo.

Prevenir as alergias respiratórias é possível

1. Eliminar toxinas

Pela perspectiva da medicina natural, as alergias se relacionam com um excesso de toxinas em nosso organismo. Para começar então a prevenir as alergias primaverais, recomendamos realizar curas desintoxicantespelo menos duas vezes por ano. Os melhores momentos são justamente antes de começar a primavera e o outono.

A seguir destacamos alguns alimentos com propriedades depurativas que podemos comer de maneira habitual:

  • Limão
  • Toranja
  • Aipo
  • Alho
  • Cebola
  • Dente de leão
  • Gengibre

Não perca o seguinte artigo: Pele: as 10 alergias mais comuns confira

Infusão de gengibre ajuda a prevenir as alergias respiratórias

2. Os lácteos e o muco

Ainda que não possamos referir a população no geral, sim é verdade que uma grande quantidade de pessoas podem reduzir a produção de muco ao eliminar os lácteos da dieta. Por este motivo, se sofremos alergias respiratórias frequentes, com o muco como um dos sintomas principais, recomendamos evitar este tipo de alimentos.

Podemos substituir o leite por bebidas vegetais de aveia, de arroz, de amêndoas, etc. Hoje em dia também existem muitos produtos veganos (sem ingredientes de origem animal) parecidos com os iogurtes e ao queijo.

3. Infusões medicinais

Algumas infusões de plantas medicinais podem nos ajudar a prevenir esta patologia de maneira simples e natural:

  • Flor de sabugueiro (Sambucus nigra): se utiliza para tratar doenças que afetam as vias respiratórias altas, como é o caso das alergias. Em alguns países também são consumidas bebidas elaboradas com esta planta.
  • Hissopo (Hyssopus officinalis): tem propriedades expectorantes que aliviam a congestão da alergia.
  • Éfedra (Ephedra sinica): a Éfedra, uma planta que é muito usada na medicina chinesa, combate as alergias e facilita a dilatação dos brônquios.

De modo preventivo, podemos consumir 1 ou 2 infusões diárias, especialmente nas épocas que costumamos ter mais surtos alérgicos. Podemos escolher uma destas plantas medicinais ou mesmo combiná-las. Recomendamos adoçá-las com estévia ou mel de abelha.

4. Pastilhas de alcaçuz

O alcaçuz, apesar de ser também um remédio medicinal, merece uma menção especial. Além de seu poder anti-inflamatório similar ao dos corticoides, destaca-se por sua capacidade de inibir a histamina. Neste sentido, é uma das melhores maneiras de prevenir as alergias respiratórias de maneira natural.

A raiz de alcaçuz (Glycyrrhiza glabra) pode ser consumida na forma de pastilhas, doces, infusões, extrato ou ao natural. No entanto, devemos levar em consideração que pode elevar a pressão arterial e que pode interferir com os contraceptivos orais. 

Confira mais dados contra a alergia: Asma crônica e alergias: o que fazer?

Infusões de alcaçuz ajuda a prevenir as alergias respiratórias

5. Remédio homeopático: Pollens 30 CH

A homeopatia é uma maneira excelente de prevenir doenças, já que pode ser consumido sem nenhum risco de efeitos secundários ou contraindicações. Os remédios homeopáticos podem ser consumidos em qualquer idade, até mesmo mulheres grávidas e bebês.

Neste caso, o remédio que recomendamos é Pollens 30 Ch, com cerca de 10 grânulos, uma vez por semana. Esta é a dose mais adequada para prevenir. Estes grânulos são elaborados a partir do pólen, mas em quantidades tão pequenas que não afetam nosso organismo de maneira negativa, mas sim ativam as defesas de forma natural.

6. Limonada com cúrcuma e mel

Se quisermos prevenir as alergias respiratórias de uma maneira agradável e deliciosa podemos optar pelas limonadas medicinais. Neste caso, recomendamos complementar nosso suco de limão com cúrcuma e adoçá-lo com mel de abelha:

  • Limão: Depurativo e desintoxicante. Nos ajuda a eliminar toxinas, reduzir as inflamações e elevar a imunidade.
  • Mel de abelha: O pólen contido em pequenas quantidades pode reduzir, a longo prazo, as reações alérgicas presentes no ambiente.
  • Cúrcuma: Esta especiaria antioxidante e anti-inflamatória promove o bloqueio da imunoglobulina E. Deste modo, são reduzidos os sintomas das alergias respiratórias. 

Ingredientes

  • O suco de um limão
  • 1 colher de cúrcuma em pó (5 g)
  • Mel de abelha (a gosto)

Modo de preparo

  • Misture os ingredientes até obter uma pasta homogênea.
  • Podemos consumir a mistura fria ou quente, especialmente fora das refeições.
Recomendados para você