Como cuidar das unhas com psoríase?

A psoríase pode comprometer a saúde das suas unhas. Em particular, causa alterações em sua cor, espessamento e descamação, entre outras complicações.
Como cuidar das unhas com psoríase?

Última atualização: 07 Setembro, 2021

Os produtos cosméticos e o consumo de certos medicamentos são alternativas para cuidar das unhas com psoríase. Esta doença autoimune crônica está associada ao estresse, infecções e resfriados.

Uma pesquisa publicada no SA Pharmaceutical Journal destaca que essa condição causa desfiguração visível da pele, o que impacta negativamente a qualidade de vida do paciente e o seu desenvolvimento psicossocial.

O caso das unhas, conhecido como “psoríase ungueal”, é mais comum nas mãos do que nos pés. Em geral, afeta mais da metade dos diagnosticados com a patologia.

Expressão da psoríase nas unhas

A psoríase ungueal começa anos após o início da doença de pele. É notada por algumas manchas brancas, amareladas ou marrons e pela perda de transparência da unha. Além disso, formam-se covinhas. Entre outras coisas, pode ter as seguintes manifestações:

  • Onicólise. Quando a unha se separa do leito ungueal, o que aumenta o risco de infecção.
  • Hiperceratose subungueal. Produção de uma substância calcária sob as unhas. Dói sob pressão e, se a lesão for nos pés, calçar sapatos é desconfortável.
  • Espessura aumentada devido a possíveis infecções.
  • Sangramento visível em linhas finas sob as unhas.
Psoríase nas unhas
A psoríase ungueal pode se manifestar com o aparecimento de manchas, aumento da espessura e até sangramento sob as unhas.

Tratamento para os sintomas da psoríase ungueal

Estudos médicos relacionam a psoríase com várias comorbidades e sugerem diversos tratamentos. No caso das unhas, os procedimentos são lentos. Demora pelo menos seis meses para remover os resíduos, especialmente quando o caso não é leve. O responsável pela indicação do medicamento adequado é o dermatologista. Os tratamentos incluem o seguinte:

  • Limpeza. Embora não previna a psoríase ungueal, é conveniente cortar, lixar e limpar as unhas para que as bactérias não se acumulem e a aparência melhore. Se as unhas forem embebidas em água morna antes de iniciar a limpeza, melhores resultados serão obtidos.
  • Aplicações tópicas nas unhas. São esmaltes, pomadas ou cremes cuja composição é à base de tazaroteno, corticosteróides, calcipotriol e tacrolimus.
  • Medicamentos sistêmicos. Prescritos quando a psoríase ungueal interfere no uso das mãos ou na marcha. Eles incluem fórmulas com metotrexato, retinóides, ciclosporina e apremilaste. Seu consumo afeta todo o organismo.
  • Terapias intrassensoriais. Estas são injeções no leito ungueal.
  • Antifúngicos. Como existe o perigo de infecção, é provável a prescrição de medicamentos para ambas as condições.
  • Homeopatia. Alguns géis e cremes vendidos sem receita médica tendem a aliviar os desconfortos da psoríase. No entanto, é importante verificar se os produtos são de marcas confiáveis.
  • Remédios caseiros. Embora os remédios naturais proporcionem alívio, consulte um médico antes de recorrer a eles.
  • Remoção da unha. Se o especialista considerar adequado, ele recorrerá à cirurgia, raio-X ou concentração de ureia para descolar a unha.

Como prevenir e cuidar das unhas com psoríase?

Assim que os sintomas da doença aparecerem em outras partes do corpo ou nas próprias unhas, é imprescindível ter os seguintes cuidados.

Esterilize instrumentos de manicure e pedicure

Desinfete as ferramentas de limpeza das unhas, pois a pele está sujeita a infecções e fungos. Umedeça uma bola de algodão com álcool e passe-a pelo cortador de unhas e pela tesoura.

Mantenha as unhas curtas

As unhas compridas estão mais expostas a traumas e ao acúmulo de sujeira. É melhor apará-las para minimizar as chances de problemas.

Opte por tesouras, e não lixas

O movimento das lixas enfraquece as unhas doentes. Tesouras ou corta-unhas são adequados para cortar reto na frente e arredondado nos cantos.

Esqueça as unhas postiças

A Psoriasis and Psoriatic Arthritis Alliance faz menção à “camuflagem” como uma opção para melhorar a aparência da pele. No entanto, o uso de unhas artificiais agravaria o problema. Como consequência, as unhas reais formariam lesões psoriasiformes devido ao estresse e à tensão, que estão ligadas ao fenômeno de Koebner.

Não perturbe as cutículas

Roer as unhas danifica a pele a ponto de desencadear um surto de psoríase. Os removedores de cutícula também não são recomendados.

Hidrate

Uma sequela da psoríase é o ressecamento. Para hidratar, massageie com um creme espesso sempre que possível. A lavagem constante das mãos pode agravar o problema. É por isso que especialistas da National Psoriasis Foundation oferecem sugestões para o manejo da doença durante uma crise.

Creme hidratante
As massagens com creme hidratante ajudam a atenuar o ressecamento das unhas característico desta doença.

Verifique os ingredientes do esmalte e do removedor de esmalte

Alguns esmaltes contêm compostos químicos que causam dermatite. O mesmo acontece com os removedores. Procure esmaltes livres de tolueno, formaldeído, resina de formaldeído, cânfora e ftalatos. Quanto ao removedor de esmalte, escolha um sem acetona.

Dicas adicionais

  • Use sapatos confortáveis. Os dedos dos pés precisam de espaço suficiente para que as unhas não machuquem ao usar calçados.
  • Não roa as unhas. Não belisque ou morda a pele ao redor das unhas.
  • Cuidado ao polir as unhas. Use um bloco de polimento ou uma lixa de grão fino. Faça isso com cuidado até que a superfície da unha fique lisa.

Guia médico para cuidar das unhas com psoríase

Desde que os cuidados adequados sejam aplicados no tempo indicado, é possível manter as unhas com um aspecto normal. Além disso, elas causarão menos dor e terão menos transtornos. No entanto, lembre-se de que a psoríase ungueal não se cura da noite para o dia. Os resultados do tratamento surgem gradativamente.

Pode interessar a você...
Psoríase no couro cabeludo: sintomas e tratamento
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
Psoríase no couro cabeludo: sintomas e tratamento

A psoríase no couro cabeludo é uma dermatose inflamatória crônica. É caracterizada pela presença de placas eritematosas delimitadas com descamação ...