Como combater os piolhos naturalmente

· 24 de março de 2017
Existem muitas formas de combater naturalmente os piolhos e conseguir eliminá-los. O melhor é que estes remédios podem ser aplicados quantas vezes forem necessários, sem risco de causarem irritações.

Os piolhos são bichos desagradáveis que ninguém gostaria de ter na cabeça.

No entanto, quando uma praga chega à sua região e entra em contato com você ou com seus filhos, é muito difícil escapar dela porque eles se propagam e se multiplicam com muita facilidade.

Os piolhos afetam unicamente os seres humanos e, embora sejam muito incômodos, causem irritação e muita vergonha, não provocam problemas de saúde graves.

Apesar disso, a verdade é que duvidamos que alguém esteja disposto a simplesmente esperar que estes bichos desapareçam da cabeça.

Também há o fato de que seu desaparecimento por si só não costuma acontecer como um passe de mágica. De fato, a única forma de eliminá-los de uma só vez é raspando completamente o cabelo.

Caso tenha carinho pelo seu cabelo e não queira eliminá-lo, é preciso encontrar uma forma de matar os piolhos.

Estas são algumas das maneiras que ajudam a combatê-los naturalmente.

Maionese

Maionese para combater piolhos

Aplicar maionese em todo o cabelo pode ser a maneira mais eficiente de combater naturalmente os piolhos. Graças a sua consistência, é capaz de sufocar estes pequenos e incômodos insetos.

Supondo que nem todos sejam sufocados, os que ficarem estarão bastante atordoados e presos à maionese. Por isso, basta usar um pente fino para eliminá-los por completo.

Em seguida, lave muito bem o cabelo. Além disso, recomendamos aplicar este remédio uma vez por dia durante toda a semana.

Como benefício extra, obterá um cabelo brilhante e saudável graças às propriedades da maionese.

Azeite de oliva

O azeite de oliva tem uma consistência viscosa e espessa que ajuda a combater naturalmente os piolhos fazendo com que se asfixiem.

  • Para este método é necessário pegar uma boa quantidade de azeite de oliva e aplicá-lo diretamente no cabelo.
  • Se seu cabelo é muito longo, separe-o em mechas e aplique pouco a pouco.
  • Em seguida, cubra a cabeça com uma touca de banho ou uma toalha e deixe agir durante toda a noite.
  • Na manhã seguinte, elimine os piolhos com ajuda de um pente fino e lave o seu cabelo como costuma fazer normalmente.

Alho

Com este remédio nos afastamos um pouco das substâncias viscosas ou gordurosas para combater naturalmente os piolhos. Esta é uma boa opção se não é muito sensível ao aroma forte do alho.

Precisará de 10 a 20 dentes de alho, dependendo do tamanho do cabelo.

Em primeiro lugar, descasque-os e triture-os até obter uma pasta fácil de manipular. Em seguida, aplique-a diretamente sobre o cabelo. Deixe agir por 40 minutos a uma hora, e retire lavando com seu xampu habitual.

Não se preocupe com o cheiro, pois ele desaparece com a ajuda do xampu.

Saiba mais: Propriedades curativas do alho

Sal

Sal para combater piolhos

Certamente já sabe que o sal é um dos melhores ingredientes para acabar com os insetos.

Se o misturar com um pouco de vinagre, conseguirá combater naturalmente os piolhos e acabar com este problema.

Ingredientes

  • ½ xícara de sal (100 g)
  • ½ xícara de vinagre (125 ml)

Preparo

  • Primeiramente, combine o sal e o vinagre até conseguir uma mistura homogênea.
  • Em seguida, cubra todo o seu cabelo com ela.
  • Coloque uma touca de banho e deixe agir durante toda a noite.
  • No dia seguinte, lave o cabelo e os piolhos desaparecerão.

Com este remédio, tenha muito cuidado para que não entre nos olhos. Leve em conta que estes são dois produtos que podem trazer graves problemas à visão.

Vaselina

Este é outro remédio para combater naturalmente os piolhos baseado em elementos gordurosos.

Aplique uma boa quantidade de vaselina na cabeça, cubra com uma touca de banho e deixe agir durante toda a noite.

No dia seguinte, retire o produto com a ajuda de óleo para bebê seguido de uma boa ducha e uma sessão de pente fino.

Leve em conta que a vaselina tem uma consistência muito grossa e pode obstruir os poros da sua pele. Por isso, é melhor evitar colocar grandes quantidades sobre a derme.

Além disso, limite o contato somente com o couro cabeludo, e não por mais de três dias consecutivos.

Leia mais: Como usar a vaselina na saúde e na estética

Óleo de melaleuca

Õleo de melaleuca para combater piolhos

Se o que quer é combater naturalmente os piolhos sem ter que viver uma experiência tão intensa, mas obtendo os melhores resultados possíveis, experimente este óleo.

É uma opção recomendável por suas propriedades de inseticida natural.

Além disso, é uma opção mais amigável do que o sal, a vaselina ou o alho.

  • Utilize somente a quantidade de óleo de melaleuca que precisar.
  • Lembre-se de que seu cabelo deve ficar bem coberto.
  • Para evitar incômodos, cubra a cabeça com uma toalha ou touca de banho e deixe agir durante toda a noite.
  • No dia seguinte, penteie muito bem e lave o cabelo.
  • Repita este processo todas as noites durante uma semana.

É possível combater naturalmente os piolhos

Sabemos que existe um grande número de produtos comerciais para erradicar os piolhos. O problema é que alguns dos químicos presentes nestes produtos também são prejudiciais para os seres humanos.

  • Portanto, recomendamos escolher o remédio de sua preferência entre os que indicamos neste artigo.
  • Até o vinagre e o sal são menos prejudiciais do que os produtos comerciais.
  • Pode-se usar estes remédios quantas vezes precisar.
  • No caso da praga continuar presente em seu bairro ou na escola dos seus filhos, recomendamos continuar aplicando estes tratamentos por alguns dias.
  • Também pode alterná-los para conseguir um efeito melhor.

Imagem principal cortesia de © wikiHow.com

  • Lima, N., Gomes, S. A. O., & Ferreira, P. M. (2017). Piolho. Revista de Ciência Elementar5(3), rce2017-047.
  • Magalhães, V. R., de Santana, A. F., Chagas, A., de Oliveira, M. M. B., Barros, C. G. G., de Souza, É. C. A., ... & Ruminantes, P. Eficiência do alho em pó (Allium sativum L.) no controle de piolhos da espécie Linognathus africanus (Kellogg e Paine, 1911)(Linognathidae) em caprinos da microrregião de Irecê no semi-árido baiano.