Como acalmar a tendinite com soluções naturais

14 de junho de 2018
Se em algum momento chegarmos a apresentar esse tipo de condição, seja por nossa profissão ou má postura, o importante é seguir as recomendações para evitar que a tendinite se agrave.

O que conhecemos como tendinite ou tendinose é a inflamação dessas áreas ou bandas. Isso acontece frequentemente em muitas pessoas. Ocasionalmente, a dor causada por essa condição é ignorada, uma vez que é mais recorrente em atletas, ou seja, aquelas pessoas que realizam esforços de alto desempenho e causam maior desgaste nessa área.

O que deve ser levado em consideração nesses casos é que com o repouso e a medicina natural, que ensinaremos no artigo, a dor tende a desaparecer. No entanto, quando acontece de forma constante e não é tratada da maneira correta, pode tornar-se uma tendinite crônica, que é intratável e muito debilitante.

Tipos de tendinite e sua causa

Os tipos de tendinite variam conforme o corpo de cada um. Os mais conhecidos são:

Tendinite devido à lactação

Posturas inadequadas no momento do carregamento do bebê são geralmente a principal causa deste tipo de tendinite durante a amamentação.

Adotamos posições que não são naturais, porque achamos que o bebê ficará mais confortável. Isso leva a uma sobrecarga nos braços, costas, pulsos e ombros.

Tendinite do tendão de Aquiles

A tendinite do tendão de Aquiles é uma irritação do nervo que liga os músculos da parte posterior da perna, ao osso do calcanhar.

Sua aparência está associada ao aumento súbito da intensidade da atividade física, embora também possa ocorrer devido a movimentos bruscos, ou à ausência de alongamento prévio.

Tendinite Patelar

O tendão patelar desempenha um papel importante na estabilidade do joelho. Trabalha em conjunto com os músculos da área, para que seja possível chutar, correr ou pular.

Pelo que foi dito acima, pode-se deduzir que esse tipo de lesão é mais frequente em jogadores de futebol, tenistas, jogadores de basquete, ou atletas, que são os que mais fazem o uso exigente dessa articulação.

Os mencionados acima são os mais comuns, mas existem outros tipos, cujo nome é designado pela área do corpo onde ocorre.

O que vale a pena notar é que, ao todo, a lesão é causada por um uso exagerado de força, má postura, ou falta de alongamento ao fazer o uso constante das articulações.

Recomendações

Alongamentos ajudam a acalmar a tendinite

Para promover o bom funcionamento das articulações, recomenda-se manter uma rotina diária saudável, como:

  • Exercício por pelo menos meia hora.
  • Realizar alongamentos que fortaleçam os músculos.
  • Evitar ficar na mesma posição por períodos muito longos.

Dependendo do tipo de lesão que ocorre, existem tratamentos para aqueles que são leves, moderados, e graves.

  • No primeiro, descanso e relaxamento serão suficientes, incluindo a redução da atividade física.
  • No estágio moderado, é conveniente, além das diretrizes anteriores, imobilizar a área e ir ao especialista. Este indicará o procedimento mais conveniente de acordo com o diagnóstico.
  • Finalmente, na fase grave, e não respondendo às recomendações e medicamentos prescritos pelo médico, a cirurgia pode ser necessária.

Soluções naturais para tratar a tendinite

Gengibre

Raiz de gengibre é um poderoso anti-inflamatório natural que pode ajudar a controlar a dor e o inchaço, causados ​​por esta condição.

Ingredientes

  • 1 colher de chá de gengibre (5 g)
  • 1 xícara de água (250 ml)

Preparação

  • Despeje a água em uma tigela e leve para ferver.
  • Quando estiver fervendo, adicione o gengibre e deixe por mais dois minutos.
  • Deixe descansar por 10 minutos e coe.
  • Beba quente, duas ou três vezes por dia.

Óleo de mamona e azeite de oliva

A terapia com óleo de mamona e azeite de oliva é um remédio tradicional contra a tendinite. Sua aplicação direta diminui a inflamação e acalma a sensação de rigidez e dor.

Ingredientes

  • 5 colheres de sopa de óleo de mamona (75 ml)
  • 3 colheres de sopa de azeite de oliva (45 ml)

Preparação

  • Combine os óleos e aqueça-os por 20 segundos no micro-ondas.
  • Verifique se a temperatura é adequada para uso, e espalhe cuidadosamente sobre as áreas afetadas.
  • Deixe a combinação de óleos agir, sem enxaguar, e repita a massagem 2 vezes ao dia.

Cúrcuma

O composto ativo da cúrcuma, a curcumina, age como um potente analgésico e anti-inflamatório capaz de reduzir os sintomas da tendinite.

Ingredientes

  • 3 colheres de sopa de açafrão em pó (45 g)
  • 6 colheres de sopa de água (90 ml)

Preparação

  • Umedeça a cúrcuma com a água, até obter uma pasta espessa.
  • Aplique o remédio na área afetada e cubra-a com uma bandagem.
  • Deixe agir a noite toda, e troque na manhã seguinte.
  • Repita o seu uso, até que o problema seja aliviado.

Aloe vera

Aloe vera ajuda a acalmar a tendinite

Este remédio refrescante e anti-inflamatório promove o alívio da irritação do tendão. Sua aplicação direta relaxa a área inflamada e melhora a mobilidade.

Ingredientes

  • 5 colheres de sopa de gel de aloe vera (75 g)
  • 1 colher de chá de óleo de menta (5 ml)

Preparação

  • Combine o gel de aloe vera com o óleo de menta.
  • Aplique o remédio na área afetada e cubra-a com uma bandagem.
  • Use-o todos os dias para aliviar a tendinite.

Lembre-se de que o descanso é muito importante em qualquer tipo de lesão. Você deve ficar quieto para que os ligamentos possam se recuperar, e assim ter novamente a mobilidade necessária para qualquer tipo de atividade.

Recomendados para você