A cebola: um remédio milenar

· 6 de janeiro de 2014
Para aliviar as picadas de insetos, corte uma cebola e passe-a na região afetada. Esse líquido da cebola irá atuar como um calmante.

A sabedoria popular costuma dizer que a cebola cura tudo, e que entre suas múltiplas camadas, as mesmas que nos fazem chorar, escondem-se remédios para quase todas as doenças ou condições.

E mais, nos séculos passados, apresentava inclusive conotações mágicas: dizia-se que podia afugentar os maus espíritos e, se alguém colocasse uma cebola debaixo da almofada, poderia chegar a ter sonhos proféticos.

Crendices à parte, suas propriedades são conhecidas desde a antiguidade, mas o embasamento científico chegou apenas em 1919, quando um médico dos EUA, aterrorizado pela morte de muitas pessoas em uma epidemia de gripe da época, percebeu algo verdadeiramente peculiar.

Havia uma família de agricultores, na qual todos estavam completamente saudáveis, e nenhum membro daquela família havia contraído a doença. Qual era a razão?

A dona da casa havia apenas se limitado a seguir as mesmas tradições de seus antepassados na Europa diante das epidemias de peste ou cólera: colocar cebolas nas janelas e espalhá-las por toda a casa.

Quando o médico as analisou através do microscópio, notou que muitos vírus da gripe estavam grudados nas cascas; era simplesmente assombroso.

Atualmente, ela é usada com inúmeras finalidades medicinais e, além disso, como todos já sabemos, é considerada um dos mais virtuosos e saborosos bulbos para temperar e acompanhar qualquer prato.

Benefícios da cebola

Melhora a circulação e regula a hipertensão

Graças a um dos seus componentes, a “aliina”, ela consegue dotar o organismo de grandes propriedades antitrombóticas, evitando a formação de coágulos no sangue, permitindo que este flua com normalidade, regulando o colesterol, a hipertensão e evitando acidentes coronários e angina no peito.

Conheça: Remédios naturais e hábitos nutricionais para controlar a hipertensão

Como podemos fazer uso da cebola para conseguir estes benefícios? Basta macerar 300 g e deixá-la em 1 litro de água por 15 horas. Pode-se tomar até 3 copos deste liquido por dia.

Diurético

Nos ajuda a eliminar os líquidos corporais, por isso, é extremamente benéfica para casos de reumatismo, gota, edemas, etc. Neste caso, macere 50 g previamente amassada, em seguida, misture-a com 1 copo pequeno de vinho e 3 copos comuns de água. Você pode beber três copos por dia.

Vitaminas que aumentam o apetite

Costuma-se usar a cebola com o alho e o pimentão vermelho como tempero muito saboroso, utilizado em muitos países. Sua composição à base de vitamina C nos ajuda a absorver o ferro, fortalecendo os nossos anticorpos. Oferece, além de vitamina C, a vitamina E, B, magnésio, fósforo, cálcio e fibra.

Leia também: Os grandes benefícios do magnésio

Bactericida

Ela contém enxofre e, como já sabemos, esse é o componente responsável pelas lágrimas e pelo cheiro característico que sentimos de imediato quando a estamos cortando.

E ainda que tudo isso seja incômodo, sem sombra de dúvidas, o enxofre é uma de suas maiores virtudes, pois é justamente esse elemento que nos ajuda em processos infecciosos, seja gripes, faringites e bronquites.

Não apenas isso, também é ideal para combater bactérias intestinais ou diarreia.

E o que fazer para obter esses benefícios? Podemos elaborar um simples xarope: cozinhe duas cebolas em 1/2 litro de água, acrescente 5 colheres de mel e mexa bem para obter o xarope.

Tome 3 copos por dia. Também é muito eficaz fazer inalações de cebola enquanto a água estiver fervendo.

Benefícios para a digestão

Ela nos ajuda no processo de digestão, estimula o fígado e a vesícula, por isso, é muito apropriado inclui-la em nossa alimentação, sempre com moderação e acompanhada de uma dieta saudável.

Porém, devemos adverti-lo de que, caso sofra de algum problema estomacal, a cebola não é recomendada, ainda que estudos recentes comprovem que o seu consumo ajuda a prevenir o aparecimento de células cancerígenas no estômago.

Portanto, na medida em que pudermos saboreá-la, sempre nos beneficiará. Porém, é importante que seja feita de forma equilibrada.

Para picadas de insetos

Graças às suas propriedades bactericidas, a cebola é um excelente desinfectante para picadas de insetos; basta molhar a região afetada com o líquido de uma cebola fresca.

Curiosidade

a-cebola

Existe um método muito eficaz para evitar o desagradável efeito colateral que costumamos apresentar ao consumir a cebola; o mau hálito.

Segundo John Graham, um pesquisador da Califórnia, basta apenas beber um copo de água imediatamente depois de comer a cebola. Os efeitos serão anulados imediatamente e você poderá conversar e inclusive beijar alguém sem que fique rastro de mau hálito.