Causas e tratamento da acidose metabólica

O tratamento da acidose metabólica é feito para tratar a causa que desencadeia o transtorno. Os pacientes com insuficiência renal requerem hemodiálise, que, às vezes, também é feita nos indivíduos com intoxicação por etilenoglicol, metanol e salicilato.
Causas e tratamento da acidose metabólica

Última atualização: 25 Maio, 2021

Na acidose metabólica ocorre uma redução na concentração de bicarbonato e, portanto, uma acidificação do pH do sangue. Essa redução está associada a uma diminuição compensatória da pressão parcial do dióxido de carbono.

É um distúrbio do equilíbrio ácido-básico do corpo. Afeta o equilíbrio ácido-básico normal e causa, como consequência, um desvio do pH do sangue. Existem vários níveis de gravidade, alguns dos quais podem resultar na morte do paciente.

Em resumo, a acidose metabólica é um distúrbio do equilíbrio ácido-básico caracterizado por uma queda no pH do sangue, uma diminuição nos níveis de dióxido de carbono e hiperventilação como mecanismo compensatório.

Quais podem ser as causas da acidose metabólica?

Quais podem ser as causas da acidose metabólica?
Falta de apetite, anemia e dores na região lombar são sinais incipientes de uma possível insuficiência renal.

O normal é que o aparecimento da acidose metabólica seja causado por mais de um mecanismo ao mesmo tempo. Entre eles, é possível ocorrer os seguintes:

  • Fornecimento excessivo ou produção endógena excessiva de ácidos não voláteis. Por exemplo, quando há cetoacidose diabética, acidose lática ou acidose produzida pelo teor de precursores de ácidos.
  • Alteração da regeneração de bicarbonato pelos rins (acidose com insuficiência renal aguda ou crônica) ou alteração da excreção de prótons nos túbulos distais (acidose tubular distal).
  • Perda de substâncias básicas. Esta perda pode ocorrer a nível renal ou no trato digestivo.

A acidose metabólica pode ser compensada por via respiratória, ou seja, através da hiperventilaçãoGraças a ela, a pressão parcial de dióxido de carbono reduz e o pH sanguíneo se normaliza parcial ou totalmente.

Quais são os sintomas da acidose metabólica?

Os sintomas de uma acidose metabólica não são específicos. É por isso que o diagnóstico pode ser difícil, a menos que o paciente apresente indicações claras para gasometria arterial.

Os sintomas incluem, por exemplo:

  • Palpitações
  • Dor no peito.
  • Dor de cabeça.
  • Estado mental alterado: inclui ansiedade severa devido à hipóxia, diminuição da acuidade visual, náuseas, vômitos, dor abdominal, alteração do apetite e perda de peso.

Aqueles que estão em uma situação de acidose costumam apresentar a respiração conhecida como respiração de Kussmaul. Este tipo de respiração se caracteriza por ser profunda, rápida e associada com a cetoacidose diabética clássica.

Por outro lado, a acidemia extrema traz complicações neurológicas e cardíacas:

  • Neurológicas. Letargia, estupor, coma e convulsões.
  • Cardíacas. Pode-se produzir arritmias e redução na resposta à epinefrina. Ambas situações conduzem a uma hipotensão arterial.
  • A acidose metabólica grave pode levar ao choque ou morte. 

Diagnóstico

Mulher doando sangue

Estes exames podem ajudar a diagnosticar a acidose. Além disso, podem determinar se a causa é um problema respiratório ou um problema metabólico. Os exames podem incluir:

  • Gasometria arterial.
  • Painel metabólico básico. Trata-se de um conjunto de exames de sangue que medem os níveis de sódio e potássio, a função renal e outros químicos e funções.
  • Análise do pH da urina.
  • Cetonas na urina e no sangue.
  • Exame de ácido lático.
  • Outros.

Talvez também te interesse ler ademais: Remédios naturais à base de bicarbonato de sódio

Qual tratamento utilizado nos casos de acidose metabólica?

Qual tratamento?

O tratamento é feito para tratar a causa que desencadeia o transtorno. Os pacientes com insuficiência renal requerem hemodiálise, que, às vezes, também é utilizada para os indivíduos com intoxicação por etilenoglicol, metanol e salicilato.

Nos casos de acidemia grave, costuma-se administrar bicarbonato de sódio, no entanto, deve ser feito com precaução, pois em algumas circunstâncias é nocivo.

Quando a acidose metabólica é secundária à perda de íons bicarbonato ou ao acúmulo de ácidos inorgânicos, o tratamento com bicarbonato costuma ser seguro e apropriado.

No entanto, quando a acidose se deve ao acúmulo de ácidos orgânicos, este tipo de terapia é controverso, dado que não reduz significativamente as taxas de mortalidade nestas condições e pode ser associada com alguns riscos.

Apesar destas e outras controvérsias, a maioria dos especialistas ainda recomenda a administração intravenosa de bicarbonato na acidose metabólica grave, que é aquela que apresenta valores de pH abaixo de 7,1.

Pode interessar a você...
7 alimentos que não se deve consumir à noite
Melhor Com Saúde
Leia em Melhor Com Saúde
7 alimentos que não se deve consumir à noite

O consumo de um jantar saudável é tão importante quanto o resto das refeições do dia. Conheça alguns alimentos que não se deve consumir à noite.



  • Vargas Flores, T. (2014). Acidosis metabólica. Revista de Actualización Clínica Investiga.
  • Scharnagl, H., März, W., Böhm, M., Luger, T. A., Fracassi, F., Diana, A., … Goffin, E. (2010). Acidosis, Metabolic. In Encyclopedia of Molecular Mechanisms of Disease. https://doi.org/10.1007/978-3-540-29676-8_16
  • Márquez-gonzález, C. H. (2012). gasometría durante la guardia. Rev Med Inst Mex Seguro Soc.