Causas do suor frio e o que fazer

O suor frio é uma reação que pode estar associada a várias causas. Nas linhas a seguir, expomos seus principais gatilhos.
Causas do suor frio e o que fazer

Última atualização: 18 Dezembro, 2021

A transpiração é um mecanismo natural do corpo para regular a temperatura corporal. Sua evaporação permite reduzir a temperatura, também algumas substâncias tóxicas (amônia, ureia e outras) são eliminadas. É por isso que você transpira em climas quentes ou quando faz atividades extenuantes. No entanto, existe o fenômeno conhecido como suor frio.

Isso corresponde à ativação do mecanismo de suor por causas que não respondem às anteriores (calor ou esforço). Como a temperatura corporal está normal, você percebe o suor como se estivesse frio. Até certo ponto, as causas desse fenômeno não são conhecidas, embora, certos fatores tenham sido identificados como possíveis culpados.

Principais causas de suor frio

O corpo humano possui dois tipos de glândulas sudoríparas: écrinas, que são encontradas em todo o corpo; e apócrinas, que estão localizadas nas axilas e virilha. O suor frio pode ocorrer por meio de qualquer um dos dois, embora o último esteja relacionado principalmente a alterações hormonais e distúrbios do humor.

Os pesquisadores concordam que nem sempre há uma relação causal entre suores frios e uma condição subjacente. Apesar disso, muitas vezes esse tipo de experiência corresponde a uma condição que pode ser diagnosticada. Aqui estão as principais causas do suor frio.

1. Processos infecciosos

Suor frio em processos infecciosos
A febre que caracteriza muitas doenças infecciosas costuma estar associada a suores frios.

Qualquer processo infeccioso pelo qual seu corpo esteja passando pode causar suores frios. Normalmente, uma pessoa transpira em resposta automática à febre. Esta é uma reação do corpo para ativar o sistema imunológico e perturbar o crescimento de microorganismos sensíveis à temperatura.

Portanto, se você tiver suores frios na companhia de uma febre, é muito provável que esteja passando por um processo infeccioso. O abuso de certas drogas (como a metanfetamina) também pode desencadear episódios de febre, que resultariam nesse tipo de suor.

2. Transtornos de ansiedade

O rótulo transtornos de ansiedade descreve vários transtornos que compartilham certas características em comum. Transtorno do pânico , transtorno obsessivo-compulsivo ou transtorno de estresse pós-traumático são alguns deles. Um sintoma que muitos pacientes desenvolvem em todos esses distúrbios é a sudorese excessiva, no quadro do que é conhecido como resposta de lutar ou fugir.

Este último é uma reação que se origina de uma ameaça à integridade do indivíduo (de acordo com seus critérios subjetivos). Em geral, esse tipo de sudorese ocorre para evitar o superaquecimento devido a alterações metabólicas internas. Aumento da freqüência cardíaca, fluxo sanguíneo, tensão muscular e assim por diante podem aumentar a temperatura.

3. Hipóxia

Hipóxia é o termo médico para deficiência de oxigênio. Por exemplo, aquele que se desenvolve devido à altitude, inalação de fumaça, sufocamento ou algumas doenças ( doença pulmonar obstrutiva crônica, entre outras). A sudorese causada por hipóxia também é uma consequência da resposta de lutar ou fugir.

Existem diferentes graus de tolerância à hipóxia. Atividade física, dieta e alguns fatores psicológicos (como neurose, por exemplo) podem tornar uma pessoa mais sensível às restrições de oxigênio. Você pode desenvolver hipóxia como resultado de overdose de drogas, parada cardíaca, afogamento e complicações com a anestesia geral.

4. Desordens hormonais

Os desequilíbrios hormonais causam uma série de alterações metabólicas em todo o corpo. Ganho de peso, aumento ou diminuição da freqüência cardíaca, ansiedade, visão turva e aumento da sensibilidade ao frio são os mais comuns. Suor frio também é adicionado a isso, uma resposta natural para controlar essas mudanças internas no corpo.

Menopausa, uso de alguns medicamentos, distúrbios alimentares, distúrbios da tireoide, diabetes, puberdade e outros são apenas alguns exemplos a serem destacados. Nestes casos, a sudorese costuma ter um impacto maior, pois em muitos pacientes a sensibilidade às mudanças de temperatura pode causar tonturas, náuseas e fraqueza.

5. Hipoglicemia

Suor frio na hipoglicemia
O suor frio é um dos muitos sintomas da hipoglicemia, uma situação especialmente comum em pacientes diabéticos.

A hipoglicemia é um baixo nível de açúcar no sangue. Deficiências hormonais, superprodução de insulina, doença hepática ou renal, dieta inadequada, excesso de álcool e ingestão de alguns medicamentos, entre muitas outras coisas, podem promover sintomas hipoglicêmicos.

Além de suar, você também sentirá batimentos cardíacos irregulares, fadiga, pele pálida, irritabilidade, formigamento e ansiedade. O diabetes mal controlado também pode causar hipoglicemia. Além dessas explicações para o suor frio, destacamos outras causas possíveis:

Podemos listar centenas de condições que têm a sudorese fria como um de seus sintomas, mas essas são as mais comuns. Sempre haverá uma condição subjacente que desencadeia a reação, podendo ou não ser diagnosticada.

O que fazer se você estiver suando frio?

Nos problemas citados no parágrafo anterior, os suores frios são tratados atacando a condição que os está gerando. Portanto, um diagnóstico que exclui as condições que foram listadas é necessário para proceder a controlá-los especificamente. Claro, existem algumas coisas que você pode fazer em casa.

O principal é medir a temperatura do corpo com o auxílio de um termômetro. Dessa forma, você pode descartar um processo infeccioso que está gerando febre. Nesse caso, você pode tomar medicamentos sem prescrição para controlá-lo e consultar seu médico para identificar a causa.

Se for um episódio isolado, você pode simplesmente trocar de roupa para lidar com a sensação. Pelo contrário, se você experimentou essas situações  repetidamente, não hesite em consultar um especialista. Ele poderá identificar qualquer tipo de distúrbio metabólico, hormonal, endócrino e outros que possam ser a causa do suor frio.

Pode interessar a você...
Anidrose, a incapacidade de suar normalmente
Melhor Com Saúde
Leia em Melhor Com Saúde
Anidrose, a incapacidade de suar normalmente

A anidrose é uma condição caracterizada por uma falta anormal de suor em resposta ao calor. Pode trazer sérios riscos à saúde.



  • Lowenthal, R. M., Taylor, B. V., & Tan, B. S. Cold sweats. The Lancet. 2000; 356(9247), 2064.