Canela: remédio caseiro para controlar a diabetes de maneira natural

· 5 de julho de 2017
Ainda que não se trate de um remédio milagroso, a canela pode ser um complemento ideal para combinar com nosso tratamento médico na hora de controlar a diabetes.

A canela é uma especiaria com muitas propriedades benéficas para a saúde. Dentre elas, destaca-se a de controlar a diabetes de maneira progressiva e natural.

Contudo, para que o tratamento seja eficaz, devemos seguir as pautas indicadas neste artigo. Além disso, lembre-se de consultar um especialista se tiver alguma dúvida.

Descubra a seguir um remédio caseiro à base de canela para controlar a diabetes em poucas semanas.

É possível controlar a diabetes?

Segundo os médicos, essa doença que afeta aos níveis de glicose no sangue não tem cura.

No entanto, também afirmam que é possível observar uma melhora e controlar a diabetes se levarmos em conta três fatores:

  • Manter uma alimentação específica;
  • Fazer exercícios diariamente;
  • Tomar os medicamentos ou suplementos adequados.

Foram comprovadas grande melhoras em pacientes com diabetes tipo 2.

Virtudes da canela

canela

A canela é uma especiaria de sabor doce e aromático, excelente para acompanhar diversos ensopados. Contudo, seu uso mais comum é em receitas doces como biscoitos, tortas e bolos.

A canela tem muitas propriedades para a saúde:

  • Melhora a circulação e previne a formação de coágulos.
  • Alivia as dores durante a menstruação.
  • Aumenta a libido.
  • Ativa o metabolismo e favorece a perda de peso.
  • Previne o aparecimento de varizes.
  • Tem propriedades anti-inflamatórias.
  • É antibacteriana e antifúngica.
  • Estimula o sistema digestivo.
  • Regula os níveis de lipídios do corpo.

Leia também: Vitamina de mamão, maçã e aveia para equilibrar o sistema digestivo

Que tipo de canela?

Há diferentes tipos de canela. Entretanto, a mais doce e medicinal é a variedade do Sri Lanka (Cinnamomum Zeylanicum), que é a que usaremos para este remédio.

É originária do sul da Índia e do Sri Lanka.

A canela que podemos encontrar com maior facilidade e a um preço mais barato é a chinesa ou cassia, mas é de uma qualidade inferior.

Adoçar com estévia

canela

Para adoçar este remédio, usaremos estévia, uma planta originária do Paraguai que, além de oferecer um grande sabor natural, superior ao do açúcar, também nos ajudará a regular os níveis de glicose no sangue.

Além disso, tem outros benefícios para a nossa saúde:

  • Melhora a digestão.
  • É muito adequada em dietas com finalidade de perder peso, já que não contém calorias.
  • Tem um efeito hipotensor suave.
  • Reduz os níveis de ansiedade.
  • Combate o desenvolvimento de fungos.
  • Favorece a eliminação de líquidos do organismo.
  • Aumenta as defesas.
  • Ajuda a combater as cáries.
  • Evita a prisão de ventre.
  • Favorece a cicatrização das feridas.

Que tipo de estévia?

Podemos encontrar estévia pura ou refinada, em diferentes formatos (pó, líquido, comprimidos, etc.).

Para nos beneficiarmos de suas propriedades medicinais, deveremos consumir estévia pura, em folha ou em extrato. É de cor escura e tem um sabor parecido ao alcaçuz.

Para cozinhar ou adoçar sobremesas, usaremos a estévia refinada, que tem um sabor muito mais discreto e, ainda que não seja medicinal, também não tem efeitos prejudiciais como o açúcar ou outros adoçantes artificiais.

Leia também: Adoçantes naturais, melhor opção para a saúde

Remédio caseiro e natural à base de canela

Ingredientes

Precisaremos dos seguintes ingredientes para preparar este remédio:

  • Uma colher de chá de canela do Sri Lanka em pó
  • Duas colheres de folha seca de estévia (20 g)
  • 1 litro de água (4 xícaras)

Preparo

  • Pela manhã, coloque a água para ferver e, quando romper fervura, adicione a canela em pó e as folhas de estévia.
  • Desligue o fogo, cubra a panela e deixe a infusão repousar durante 10 minutos.
  • Se em vez de canela em pó optarmos pela canela em pau, deixaremos a infusão repousar durante 15 minutos.

Como consumir?

Para aproveitar todos os benefícios deste remédio, devemos reparti-lo em várias doses ao longo do dia:

  • 1 copo em jejum (200 ml)
  • 2 copos ao longo da manhã, separados das refeições (400 ml)
  • 2 copos à tarde, antes de jantar (400 ml)
canela

Outros conselhos

Se quisermos obter os máximos benefícios deste tratamento alternativo, é conveniente levar em consideração uma série de fatores:

  • Evite o consumo de açúcar e alimentos açucarados.
  • Controle o consumo de alimentos ricos em carboidratos (pão, pizza, batata frita, etc).
  • Faça várias refeições ao longo do dia, com quantidades moderadas.
  • Se quiser, você pode tomar um suplemento de levedura de cerveja ou nutricional.

Ainda, recomendamos que inclua em sua alimentação os seguintes ingredientes, que são muito benéficos para nos ajudar com a diabetes:

  • A ervilha, que age como uma insulina vegetal.
  • O agrião, que é um vegetal rico em cromo, que também nos ajuda a regular os níveis de glicose.
  • A aveia, que evita os picos de açúcar.

Se sofremos de diabetes, devemos manter sempre o controle de um médico especialista e não fazer nenhum tratamento por conta própria.

  • Rao, P. V., & Gan, S. H. (2014). Cinnamon: A multifaceted medicinal plant. Evidence-Based Complementary and Alternative Medicine. https://doi.org/10.1155/2014/642942

  • Khan, A., Safdar, M., Ali Khan, M. M., Khattak, K. N., & Anderson, R. A. (2003). Cinnamon Improves Glucose and Lipids of People with Type 2 Diabetes. Diabetes Care. https://doi.org/10.2337/diacare.26.12.3215

  • Davis P.A., Yokoyama W. Cinnamon intake lowers fasting blood glucose: meta-analysis. J Med Food. 2011;14:884–889.