Bullying emocional: como reconhecê-lo e combatê-lo

O bullying emocional pode ser muito prejudicial se não soubermos reconhecê-lo a tempo, porque ele pode colocar a moral da pessoa assediada tão para baixo que pode levar a extremos perigosos.

O bullying é um tema que tem assumido grande relevância nos últimos anos, especialmente no ambiente escolar. No entanto, não só as crianças praticam o bullying emocional, mas também alguns adultos.

Além disso, existe a ideia de que o bullying só toma forma física. No entanto, isso é uma ideia falsa. Esse assédio pode ser emocional, o que é mais complicado de ver e aceitar, embora suas repercussões sejam igualmente negativas.

Em seguida, vamos lhe mostrar como reconhecê-lo e, mais importante, como lidar com a situação. Se você perceber que está sofrendo esse tipo de violência, é importante que você aja.

Tenha em conta que, se deixar acontecer, pode sentir efeitos negativos a longo prazo.

Como reconhecer que você é uma vítima de bullying emocional?

Você acha que está sendo vítima de bullying, mas não tem certeza? Preste atenção aos seguintes sinais. Aceitar que você vive essa situação é a primeira coisa para recuperar a confiança em você.

1. Uma pessoa ou grupo de pessoas fala mal de você pelas costas, mas fala bem para você

Menina sofrendo de bullying emocional na faculdade

Pessoas que praticam bullying emocional, geralmente, não são capazes de lhe dizer coisas negativas diretamente. A razão é que, se o fizerem, eles lhe darão uma oportunidade de se defender.

Em vez disso, eles fingem ser as pessoas mais legais do mundo com você, mas com certeza você sente essa hostilidade.

  • A melhor maneira de combater a situação é confrontando-os diretamente. Dê a si mesmo tempo para explicar o que você sabe, como isso faz você se sentir e pedir uma explicação sobre as suas atitudes.
  • Eles realmente não terão uma explicação válida, mas pelo menos você deu o passo para retomar o controle da situação.

2. Eles procuram controlar você por medo ou retaliação

Outra característica do bullying emocional é que você se sentirá fora de controle. Você pode sentir que, ao reagir ou pedir explicações, essa pessoa responderá agressivamente.

  • Quando esta situação surge em seu grupo social, você pode sentir que, se pedir explicações ou exigir respeito, você terá que suportar ridicularizações ou será excluído.

Embora seja difícil, o ideal é não cair nesse jogo.

3. Você é uma vítima de ações que o prejudicam seriamente

Menina sofrendo de bullying emocional na escola

As pessoas que praticam bullying emocional muitas vezes ignoram o remorso e a culpa.

  • Portanto, eles são tentados a contar os segredos que eles sabem sobre você ou falar mentirasindependentemente das consequências. Eles só farão isso porque lhes causa uma certa satisfação.
  • Quando você enfrenta uma situação dessas e decide enfrentá-las, pode sofrer mais desses atos negativos.

Na maioria dos casos, você pode entrar em um círculo vicioso onde você está constantemente recebendo ataques sem tréguas.

Como lidar com uma situação de bullying emocional?

Se você estiver sendo mais uma vítima de bullying, é hora de agir. Cada um reage e está disposto a se comportar de diferentes maneiras.

Aqui você tem as melhores opções, tente tudo ou apenas aquele método que combina melhor com a sua personalidade.

1. Lembre-se de que o problema está neles, não em você

Menina triste e deprimida por causa do bullying emocional

A razão pela qual o bullying emocional causa tantos danos é que você acaba acreditando que quem está cometendo um erro é você mesmo, não os outros.

No entanto, você deve saber que a razão pela qual o bully ou agressor se comporta assim é porque ele não se aceita a ele mesmo.

Neste caso, você poderia tentar fazê-lo se sentir melhor, mas pode não conseguir. A melhor estratégia é simplesmente deixar essa pessoa para trás.

2. Lembre-se de que o que eles fazem ou dizem é um reflexo deles mesmos

Os agressores deste tipo não são objetivos. Portanto, quando eles veem em outra pessoa o que eles não gostam em si mesmos, ou o que eles gostariam de ter, eles tentam usá-lo contra.

Da próxima vez que um bully tentar fazer você se sentir mal, lembre-se de que você está refletindo algo sobre ele mesmo.

Quando ele, ou ela, descobre que suas palavras ou ações realmente não o machucam e que você até sente alguma compaixão, eles podem ficar chateados, mas eles também deixarão de o importunar.

3. Ignore

Menina sofrendo de bullying emocional pelo celular

Se você for uma pessoa que não gosta de confrontar os outros, simplesmente ignore. Os agressores tendem a gostar de drama e, se você der a eles a chance, eles podem deixar você chorando e agindo excessivamente.

Através de suas atitudes, eles procuram fazer você se sentir mal. Para evitar dar-lhes esse prazer, negue-lhes esse poder e depois de um tempo eles irão embora.

4. Seja gentil

Parece estranho e sem sentido ser legal com um bully? Bem, isso funciona, como você pode ver neste vídeo. O que acontece é que essa pessoa está preparada para o confronto e para discutir, mas ela fica confusa quando confrontada pela bondade.

Você já foi vítima de bullying emocional? Como você reagiu? Sabemos que este é um problema sério, porque os efeitos podem alterar o comportamento do afetado durante toda a sua vida.

Lembre-se de que, se estiver passando por isso e não souber como lidar com a situação, procure ajuda profissional.

Recomendados para você