As 6 melhores técnicas de autocontrole

06 Outubro, 2020
Regular as emoções é um recurso necessário em uma ampla variedade de situações. Entre as melhores técnicas de autocontrole está a maneira como direcionamos a atenção. Aqui vamos contar mais detalhes sobre esse assunto.

Talvez você esteja tentando parar de fumar ou talvez queira reduzir a ansiedade antes das provas. Em desafios como esses, controlar as emoções é essencial para evitar consequências piores. A seguir, vamos apresentar quais são as melhores técnicas de autocontrole.

A famosa máxima do grande filósofo grego Sócrates servirá de suporte para o assunto de que estamos tratando. Ou seja, somente conhecendo a si mesmo é possível ter consciência de seus próprios pontos fracos e fortes, o que permitirá corrigir os primeiros e potencializar os últimos.

Da mesma forma, a regulação das emoções e das tentações que às vezes sentimos é essencial para ter uma vida mais plena e saudável.

Principalmente nos momentos em que é necessário tomar certas decisões ou perseverar nelas, como seguir uma dieta alimentar, parar de fumar ou não se irritar com o trânsito intenso. Vamos analisar esse tema em mais detalhes.

Quais são as melhores técnicas de autocontrole?

O autocontrole é uma habilidade que deve ser aprendida e treinada diariamente. É a maneira mais efetiva de lidar com emoções negativas como a raiva, a gula ou a inveja.

Além disso, pode nos ajudar em todos os âmbitos da vida: desde dizer não a uma droga até evitar dívidas no cartão de crédito impossíveis de pagar.

Vejamos, então, quais são algumas diretrizes específicas para atingir esse objetivo com 6 das melhores técnicas de autocontrole.

Mulher sem autocontrole pelas compras

1. Prestar atenção ao próprio comportamento

Ao reservar alguns momentos para analisar bem as situações, será mais fácil perceber certos sinais que muitas vezes se repetem em nosso comportamento.

Por exemplo, quando você vê uma linda bolsa na vitrine de uma loja, o primeiro impulso é entrar e comprá-la, pode ser útil estar alerta em circunstâncias como essa.

Se tentarmos detectar quais são os hábitos e as rotinas presentes em nosso dia a dia, teremos dado mais um passo no controle dos comportamentos que queremos mudar.

2. Não pensar no que nos preocupa

Mulher preocupada sem autocontrole

Embora uma das dicas seja tentar explorar os atos cotidianos, cuidado com a obsessão.

A mente costuma ser bastante caprichosa nesses casos. Às vezes, quanto mais você se empenha em evitar um pensamento, mais aparecerá em sua imaginação.

As técnicas de autocontrole são adequadas apenas em determinados momentos. Portanto, dedicar o resto do tempo a outras atividades também é saudável.

3. Modificar os hábitos também é uma das melhores técnicas de autocontrole

Qualquer mudança de hábito requer firmeza e compromisso. Desde ir à academia até fazer dieta, passando por parar de fumar ou não gastar excessivamente.

No entanto, à medida que o esforço continua por um período de tempo, os novos comportamentos começarão a se tornar mais automáticos.

É importante se lembrar desse aspecto para não desistir. Se persistirmos, conseguiremos estabelecer o hábito.

Descubra: Melhores benefícios de ter hábitos saudáveis.

4. Dedicar um tempo para relaxar

Mulher ouvindo música para melhorar seu autocontrole

Respirar fundo, contar até 10 e fechar os olhos pode ser uma excelente técnica para se acalmar e aumentar o autocontrole. A meditação também pode nos ajudar nessa tarefa.

Assim como é fundamental identificar certos comportamentos, também é essencial atentar para as informações fornecidas pelas diferentes emoções que sentimos.

Assim, na presença de nervosismo, raiva ou dúvida, pode ser mais prudente parar por um momento para recuperar a calma. O objetivo é evitar decisões precipitadas e irracionais.

5. Prestar atenção ao seu ambiente

É possível que o ambiente ao redor nos incite a agir de determinada maneira. Como geralmente é difícil mudar, uma estratégia viável é se afastar disso.

Por exemplo, pode ser que você esteja tentando parar de beber. Portanto, se seus colegas de trabalho forem ao bar no final do dia, uma forma de controlar a tentação é, de fato, se afastar dos locais onde ela está presente.

Ou se o problema for as compras compulsivas, evitar ir ao shopping em momentos de tristeza ou tédio também é uma opção relevante.

Continue lendo: Sistema de recompensa cerebral: como funciona?

6. Liberar as tensões

Mulher praticando ioga para melhorar seu autocontrole

Existem muitas atividades que podem ajudar a canalizar esses impulsos ou as preocupações que nos perturbam.

Isso inclui a capacidade de fazer exercícios, caminhar ou até mesmo tomar um banho de espuma. Todas são alternativas válidas para dissipar tensões e aumentar o autocontrole.

Está em suas mãos

Com essas dicas, revisamos algumas das melhores técnicas de autocontrole que podem ser aplicadas em situações complexas nas quais nos sentimos sobrecarregados.

Prestar atenção a aspectos específicos e se esforçar para mudar hábitos, relaxar ou aliviar desconfortos são ideias a se considerar.

Com qual delas você vai começar?

  • Allemand, M., Job, V., & Mroczek, D. K. (2019). Self-control development in adolescence predicts love and work in adulthood. Journal of Personality and Social Psychology, 117(3), 621–634. https://doi.org/10.1037/pspp0000229
  • Duckworth, A. L., Gendler, T. S., & Gross, J. J. (2016). Situational Strategies for Self-Control. Perspectives on Psychological Science, 11(1), 35–55. https://doi.org/10.1177/1745691615623247
  • Grass, J., Krieger, F., Paulus, P., Greiff, S., Strobel, A., & Strobel, A. (2019). Thinking in action: Need for Cognition predicts Self-Control together with Action Orientation. PLoS One, 14(8), e0220282. https://doi.org/10.1371/journal.pone.0220282
  • Galla, B. M., & Duckworth, A. L. (2015). More than resisting temptation: Beneficial habits mediate the relationship between self-control and positive life outcomes. Journal of Personality and Social Psychology, 109(3), 508–525. https://doi.org/10.1037/pspp0000026