Um grupo de artistas devolve a feminilidade a estas mulheres

· 19 de novembro de 2016
Para que as mulheres que superaram o câncer de mama recuperem sua autoestima, existem tatuadores que se oferecem para tatuar seus mamilos e auréolas gratuitamente, para todas as mulheres que precisarem.

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), a cada ano surgem cerca de 1,38 milhões de novos casos de câncer de mama.

Felizmente, os índices de mortalidade dessa doença diminuíram muito. Um diagnóstico precoce, somado a tratamentos cada vez mais eficazes, fazem com que, pouco a pouco, a expectativa de vida seja bem maior.

No entanto, como já sabemos, o câncer de mama deixa sequelas. Um impacto psicológico, emocional e também físico.

A mastectomia simples ou total, por exemplo, obriga a mulher a ter que assumir um novo corpo e cicatrizes que demora muito a assimilar.

Porque perder os seios, ou passar por uma mastectomia em que se extirpam o mamilo e a auréola, é uma realidade que muitas pacientes precisam enfrentar.

Mas iniciativas como a “Tatuagem solidária câncer de mama” oferecem a essas mulheres corajosas o poder de retomar sua feminilidade.

Explicaremos como a seguir.

Ser mulher e retomar a autoestima e a feminilidade graças a uma tatuagem muito especial

tatuagem_seios_mamilo

Algumas pessoas não gostam muito de tatuagens; não se sentem bem em deixar uma marca impressa em sua pele, um desenho que as acompanhará por toda a vida.

No entanto, muito além de se nos agrada ou não, são muitas as histórias que nos revelam como uma simples tatuagem pode nos ajudar em casos como o que explicaremos agora.

Este homem realiza tatuagens solidárias em crianças com câncer

Estefanía M. superou um câncer de mama há pouco tempo. Após passar pela mastectomia, submeteu-se a uma reconstrução.

No entanto, com a reconstrução dos seios, há uma parte importantíssima que não pode ser substituída: os mamilos.

É comum que se realize uma “coloração”. Uma técnica similar a uma tatuagem que, lamentavelmente, se realiza em muito poucos centros hospitalares ou clínicas médicas. Além disso, existe outro fator que precisamos levar em conta: não é permanente.

Há alguns anos, Jero Velasco, um tatuador de Collado Villalba (Madri) lançou seu novo projeto nas redes sociais: oferecia seus serviços e sua loja para tatuar “mamilos” de maneira gratuita naquelas mulheres que necessitassem.

Graças a essa iniciativa, Estefanía M. tem agora dois seios completos. Como anedota, explicou que, no último verão, enquanto estava na praia, sua filha lhe disse: “Mamãe, seu biquini caiu, cubra-se, porque dá para ver um peito”.

Pode parecer muito simples, mas essa frase a deixou imensamente feliz. “Voltei a ter peitos”.

Uma tatuagem muito especial

tatuagem_mamilo

As pacientes de câncer que passaram por uma mastectomia sabem que esta não é uma tatuagem qualquer. Um mamilo, a auréola… É parte da feminilidade da mulher.

Não importa que ninguém mais a veja e que fique na própria intimidade da mulher e de seu parceiro.

É uma parte preciosa e delicada do corpo feminino. Perdê-lo, experimentar a extirpação de um dos seios é, queiramos ou não, algo muito traumático e delicado.

  • Jero Soriano, o artista tatuador, sabe bem disso. Por isso ele cuida atentamente da mistura das cores.
  • Tons alaranjados e marrons formam a textura da auréola e do mamilo para devolver a autoestima a essas mulheres que, sem dúvida, a merecem muito.
  • Não podemos esquecer que, após a reconstrução dos seios, a mulher se encontra com duas massas de carne que não lembram muito os seios autênticos.

Consegue-se perfeitamente que a roupa vista bem, mas falta algo…

No entanto, em privado, a ausência do mamilo continua sendo o foco de uma baixa autoestima para muitas mulheres (nem todas, já que, como sabemos, cada pessoa enfrenta essas realidades de uma maneira diferente).

Cirurgiões e tatuadores

mulher_seios_lenco_rosa

É um trabalho em conjunto. Para que essas mulheres recuperem por completo a imagem de um seio perfeito, é necessário o trabalho de um cirurgião e de um tatuador.

Recomendamos ler também: “Dicas para prevenir e detectar a tempo os cistos nos seios

  • Enquanto o artista solidário realiza sua delicada tarefa, é quase impossível não se questionar, não se sensibilizar com cada história pessoal dessas mulheres. Exemplos de superação que nos oferecem esperança.
  • Assim como o próprio Jero Velasco explica, este tipo de tatuagem pode ser realizado em clínicas privadas. Em média, têm um custo de 300 a 400 euros por seio. É um abuso.
  • Esses preços não deveriam ser tão altos, levando em conta a realidade pessoal de cada mulher. Muitas delas já tiveram que assumir o custo, por exemplo, das perucas.
  • São detalhes que têm como finalidade devolver não apenas a dignidade da mulher. Porque perder os cabelos e os seios é como apagar de uma só vez aquilo em que consiste a feminilidade.

Ainda que sempre sejam lindas a nossos olhos.

No entanto, a realidade privada de cada pessoa é única e excepcional. Há quem, efetivamente, sofra enormemente diante das sequelas que o câncer deixa.

Assim, ideias solidárias como as deste tatuador nos enchem de alegria.