Anorexia em homens

A anorexia é um distúrbio alimentar comum. Mas, você sabia que os homens também sofrem com isso? Saiba mais aqui.
Anorexia em homens

Última atualização: 03 maio, 2022

A anorexia nos homens tem sido, até recentemente, um distúrbio ignorado. A maioria das pessoas atribui este problema alimentar ao sexo feminino, mas a verdade é que pode afetar ambos os sexos.

A prevalência da patologia tem aumentado nos últimos anos. Estima-se que um em cada 2.000 homens em países como Reino Unido e Espanha sofram com isso.

O fato de ignorar que os homens também podem sofrer desse transtorno faz com que muitos casos nem sejam diagnosticados. Portanto, neste artigo explicamos tudo o que você precisa saber sobre a anorexia nos homens e como detectá-la.

Qual é a relevância da anorexia nos homens?

Durante décadas, houve uma tendência a acreditar que a anorexia, como outros transtornos alimentares, como a bulimia, existia apenas em mulheres. Na verdade, eles foram associados a um padrão típico de uma pessoa feminina, por exemplo, com adolescentes com baixa autoestima.

Os novos perfis psicológicos têm contribuído para afastar esse preconceito. A anorexia nos homens existe e, infelizmente, sua incidência está aumentando. É verdade que os novos recursos de diagnóstico melhoram a detecção, mas deve continuar a aumentar de qualquer maneira.

Ao longo da história, as mulheres estiveram sob pressão para serem atraentes fisicamente. Os cânones da beleza foram mudando de acordo com o tempo e, no século passado, prevaleceu a ideia de que magreza é sinônimo de sucesso.

No entanto, o mundo de hoje também aplica essa pressão sobre os homens. Há muitas razões pelas quais podemos entender que a anorexia nos homens aumentou. Por exemplo, redes sociais e revistas em que certos tipos de corpos considerados perfeitos são reverenciados.

O problema subjacente é que, num modo de pensar geral e coletivo, os homens ainda têm que cumprir o papel de força, decisão e virilidade. Isso leva à crença de que os homens não são vulneráveis a esse tipo de transtorno quando, na verdade, acontece o contrário.

Homem de terno na frente do espelho
A imagem ideal e perfeita é uma construção social que afeta também os homens e não apenas as mulheres.

Como identificar a anorexia nos homens?

A anorexia nos homens, assim como nas mulheres, é caracterizada por peso muito baixo e medo intenso de ganhar peso. Além disso, muitas vezes há uma imagem corporal distorcida de si mesmo. Ou seja, são pessoas muito magras que se consideram gordas e, além disso, têm medo de engordar.

Isso os leva a ter certos comportamentos característicos que os impedem de ganhar peso. Pouco a pouco, eles reduzem a quantidade de alimentos a um mínimo que não é nada saudável. Eles podem até ficar sem se alimentar por dias.

A anorexia nos homens também pode se manifestar no exercício físico excessivo, buscando queimar as calorias ingeridas. Da mesma forma, é comum contar as calorias de todos os alimentos e se pesar repetidamente, várias vezes no mesmo dia.

Em outros casos, para evitar ganho de peso, essas pessoas induzem o vômito após as refeições ou usam laxantes e enemas para defecar. A prática de se esconder para comer também é outro sinal clássico que se combina com o ato de jogar fora o alimento que é oferecido para evitar consumi-lo. 

Quais são as consequências desse transtorno?

A anorexia em homens e mulheres não só leva à perda de peso. As consequências deste transtorno são gravíssimas a médio e longo prazo, tendo, muitas vezes, um resultado fatal.

O fato de reduzir progressivamente a alimentação faz com que se estabeleça um estado de desnutrição. O homem anoréxico é identificado visualmente porque tem uma aparência magra, costuma estar sempre cansado e pode até sofre desmaios e quedas decorrentes de sua fraqueza muscular.

É muito comum que essas pessoas sofram de anemia, pressão baixa e pele seca. Tendo um percentual de gordura corporal muito baixo, eles têm uma maior sensibilidade ao frio. Em alguns casos, os pêlos do corpo tornam-se finos, quebradiços e fracos.

Além disso, sofrem de insônia, irritabilidade e distúrbios do humor. O impacto desse transtorno se manifesta em todas as áreas da vida. Em particular, as relações sociais são afetadas, uma vez que os homens anoréxicos não aceitam conselhos ou críticas de outras pessoas que os fazem notar sua magreza ou má condição física.

Anorexia nervosa e peso
Pesar-se várias vezes no mesmo dia é um sintoma de anorexia em homens e mulheres.

Considerações finais

A anorexia nos homens é um distúrbio muito mais frequente do que imaginamos. Precisamos parar de associar um estereótipo de pessoa a cada transtorno alimentar. Qualquer ser humano pode sofrer com eles, independentemente do sexo.

De fato, ao contrário do que muitos pensam como preconceito, é importante notar que nenhuma associação entre homossexualidade e anorexia em homens foi demonstrada. O que se viu é que certos fatores, como abuso sexual infantil ou maus-tratos, podem estar relacionados.

Devemos entender que existem muitos fatores capazes de desencadear um transtorno alimentar. É preciso avançar como sociedade para a eliminação dos estigmas e fortalecer o apoio das relações sociais, como família e amigos.

O primeiro passo antes de qualquer sinal é entrar em contato com um especialista. As consequências da anorexia nos homens podem ser muito negativas e é necessária uma abordagem multidisciplinar. Como os pacientes se resistem em consultar, fará parte da estratégia do grupo próximo apoiar a busca por um profissional.

This might interest you...
As consequências físicas da anorexia
Melhor Com Saúde
Leia em Melhor Com Saúde
As consequências físicas da anorexia

A anorexia é um transtorno alimentar que prejudica a saúde mental e física de quem a sofre. Explicaremos suas principais consequências.



  • Lorenzo Pérez, Tamara. “Anorexia nerviosa: una revisión actualizada del trastorno.” (2018).
  • Véliz Sánchez, Mercedes, Carlos Aguiar Mota, and Marileé Graciela Infante Aguirre. “Anorexia nerviosa: trastorno poco frecuente en adolescentes varones.” Medicentro Electrónica 23.1 (2019): 64-68.
  • Ruiz, María Belén López, and Laura Presmanes Roqueñi. “Depresión en hombres y su relación con la ideología masculina tradicional y la alexitimia.” MLS Psychology Research 1.1 (2018).
  • Lora, Rocío Fernández, and María Valdés-Díaz. “Imagen corporal en anorexia y bulimia nerviosa. Variables asociadas: autoestima, impulsividad, culpa y miedo a la madurez.” Journal of Negative and No Positive Results 4.9 (2019): 887-909.
  • Barrezueta Peña, Ronald Paul. “Etiopatología de la anorexia nerviosa fundamentada desde el psicoanálisis.” (2019).
  • Kaye, Walter H., Julie L. Fudge, and Martin Paulus. “New insights into symptoms and neurocircuit function of anorexia nervosa.” Nature Reviews Neuroscience 10.8 (2009): 573-584.
  • El Ghoch, Marwan, et al. “Body composition in men with anorexia nervosa: Longitudinal study.” International Journal of Eating Disorders 50.7 (2017): 856-860.
  • Voderholzer, Ulrich, et al. “Are there differences between men and women in outcome of intensive inpatient treatment for anorexia nervosa? An analysis of routine data.” European Eating Disorders Review 27.1 (2019): 59-66.