Alimentos para ativar a memória

9 de março de 2019
Os radicais livres, com o passar dos anos, acabam deteriorando neurônios e afetando nossa memória. Para retardar este efeito, é importante que nos preocupemos desde já em adicionar a nossa alimentação itens que ativem nossa memória. Saiba mais.

Ativar a memória é de extrema importância. Afinal, com o passar dos anos as células cerebrais ficam expostas aos radicais livres e devido a esta exposição os neurônios acabam sendo prejudicados. Consequentemente, o funcionamento mental no geral também.

Assim, isto pode acarretar em sérios problemas de degeneração cerebral, como Parkinson e Alzheimer.

A forma de prevenir tais problemas é oferecer ao cérebro oxidantes que são capazes de combater os radicais livres. Além disso, é preciso ter alguns hábitos que são essenciais para esta proteção.

Mantenha hábitos saudáveis

  • Dê ao seu bebê, desde sempre, o direito do aleitamento materno. Assim, o ideal é que isto ocorra mais ou menos até o segundo ano de vida da criança;
  • Sempre que possível, realize exercícios para o raciocínio. Faça, por exemplo, caça palavras, palavras cruzadas, entre outros;
  • Não deixe e realizar exercícios físicos. Além de fazer bem para o corpo, também são ótimos para a mente;
  • Alimente-se a cada três horas, pois isso ajudar a manter o aproveitamento do nível de glicose no cérebro.

Leia também: Como estimular a memória do bebê

infant baby girl is suckling

Alimentos para ativar a memória

Outra opção que auxilia na hora de ativar a memória é o consumo de determinados alimentos. Veja em seguida alimentos que podem te auxiliar a ativar a memória:

  • Peixes de agua fria: salmão, atum, sardinha e anchova, por exemplo, são fontes de um importante oxidante, o ácido graxo ômega 3.
  • Frutas vermelhas: estas frutas possuem pigmentos oxidantes que são essenciais ao combate aos radicais livres. Consuma melancia, morango, amora e cereja.

MOSAICO FRUTAS FRESAS

Saiba mais: Por que devemos consumir frutos secos?

  • Oleaginosas: nozes, amêndoas, amendoim, castanhas e avelãs, por exemplo, são ricos em selênio e vitamina E. Além disso, são alimentos ricos em oxidantes.
  • Gema de ovo: este alimento apresenta em sua composição colina, que é essencial para memória.
  • Carnes, aves, legumes e grãos: estes tipos de alimentos apresentam um considerável nível de complexo B. Isso ajuda a regular o funcionamento dos neurônios.
  • Vale ressaltar que carnes vermelhas são importantes fontes de ferro. Elas também auxiliam no bom funcionamento da sua memória, mas devem ser consumidas com cautela.
  • Frutas e vegetais de cor amarelada: alimentos desta origem apresentam um ótimo oxidante que é o betacaroteno. Este atua diretamente  no combate ao envelhecimento das células. Coma pêssegos, mangas, mamão e cenoura.

O que evitar?

Evite gorduras saturadas, açúcar e o consumo de álcool, já que são grandes inimigos do cérebro.

As gorduras saturadas são normalmente encontradas em produtos industrializados. Elas podem ajudar na perda de memória a partir de um processo inflamatório e automaticamente afetar o funcionamento das células nervosas.

O consumo exagerado de açúcar torna-se prejudicial por aumentar os níveis de insulina. Isto pode causar reações que agridam as células do nosso cérebro.

O álcool acarreta em problemas temporários na memória. Pode levar à morte de neurônios e a dificuldade na formação de novas células.

Different types of sugar in spoons on table close-up

Em suma, consulte um medico sempre que notar alguma diferença em seu organismo.