8 sinais que seu corpo envia quando precisa se desintoxicar

· 29 de abril de 2017
Um dos sinais que o corpo envia quando precisa se desintoxicar é a insônia, já que o excesso de toxinas dificulta a produção das substâncias que induzem o sono.

Você costuma ajudar seu corpo a se desintoxicar? Todos os dias, inevitavelmente, nosso organismo é invadido por uma ampla variedade de toxinas que podem vir dos alimentos, do ambiente ou de alguns processos metabólicos.

Os órgãos excretores se encarregam de filtrá-los da corrente sanguínea, e evitam que interfiram na atividade das células e dos tecidos.

O problema é que, muitas vezes, sobrecarregamos suas tarefas e, mesmo que se esforcem para remover as toxinas, estes órgãos acabam apresentam alterações que impedem seu ótimo funcionamento.

Como consequência, é gerada uma série de reações negativas a nível físico e emocional que, caso não sejam controladas a tempo, podem originar graves complicações para a saúde.

E cuidado, pois como estas reações muitas vezes se confundem com algumas afecções comuns, é necessário prestar muita atenção porque podem alertar para a necessidade do organismo de se desintoxicar.

A seguir compilamos as 8 principais para que você preste atenção quando estas aparecerem em seu corpo.

Conheça-as!

Indícios de que o organismo precisa se desintoxicar

1. Dores de cabeça

dor-de-cabeca

As dores de cabeça são um sintoma que pode ser manifestado pelo desenvolvimento de muitas condições de saúde, por isso, caso a tenhamos de forma recorrente, o melhor é consultar um médico.

No entanto, quando aparecem sem uma razão aparente, sendo de maneira esporádica, é provável que tenham relação com o acúmulo excessivo de toxinas no corpo.

As partículas ambientais, os aditivos químicos de alguns alimentos e as substâncias voláteis de certos perfumes são causas comuns desta reação.

2. Gases

Os gases são comuns quando o organismo tem dificuldades para digerir certas substâncias, ou mesmo quando existem alterações na flora bacteriana do intestino.

Isso pode indicar alguma redução na produção de enzimas digestivas e cultivos vivos que são determinantes para uma ótima digestão dos alimentos.

E, ainda que seja muito comum aparecer com o avanço da idade, sofrer com gases regularmente pode ser um sinal de acúmulo de resíduos.

3. Insônia

insonia

Os transtornos de sono podem ser gerados por muito fatores, mas o acúmulo excessivo de toxinas pode ser um deles.

Estas partículas, presentes na corrente sanguíneaafetam os processos que se encarregam de liberar as substâncias que induzem o sono.

Além disso, aumentam os níveis de estresse e ansiedade, dois fatores diretamente relacionados com a incapacidade de dormir bem.

4. Intestino preguiçoso

O intestino preguiçoso é uma condição que ocorre como consequência do consumo excessivo de alimentos ricos em fibras, gorduras e açúcares refinados.

Seu sintoma principal é a prisão de ventre, e às vezes também gera inflamação, dor abdominal e acúmulo excessivo de gases.

Seu tratamento inclui o consumo de fibras naturais e água, mas também é bom realizar um completo processo de desintoxicação para remover todos os resíduos retidos.

5. Problemas de concentração

cansaco

Apesar de se tratar de um sintoma subjetivo, relacionado a vários problemas físicos e mentais, seu aparecimento está vinculado com as toxinas derivadas do álcool, do cigarro e do ar.

Estas substâncias afetam a saúde cerebral, minimizando seu funcionamento e afetando a capacidade para pensar e se concentrar.

Sofrer com este problema de forma repentina, ao trabalhar ou estudar, pode indicar que o corpo precisa de um ajuda para se desintoxicar.

6. Halitose

O mau hálito ou halitose é um sintoma que pode ser decorrente de várias doenças, incluindo a diabetes e os problemas hepáticos.

Sua aparição indica que os órgãos excretores estão com dificuldades para remover as toxinas e, por isso, o uso de enxaguantes bucais não é suficiente para combatê-lo.

Se nada parece eliminar por completo este incômodo problema, o ideal é adotar uma alimentação depurativa, rica em frutas e vegetais. 

7. Icterícia

ictericia

A icterícia é uma condição que se caracteriza pela cor amarelada da pele e das mucosas.

Aparece quando os níveis de bilirrubina aumentam no sangue, seja por alguma doença hepática ou porque o organismo não pode remover por completo as toxinas.

Além disso, costuma aparecer devido ao consumo excessivo de alguns medicamentos que alteram o funcionamento normal do fígado.

Recomendamos a leitura: 5 receitas para limpar o fígado

8. Sobrepeso

Ter sobrepeso apesar de tomar as medidas necessárias para combater o acúmulo de gordura pode ser o resultado de uma retenção de toxinas.

Os resíduos que ficam na corrente sanguínea e nos tecidos afetam o processo de absorção de nutrientes e, por outro lado, alteram as funções metabólicas que ajudam a transformá-los em energia.

A desintoxicação contribui para o reinício do funcionamento dos sistemas principais, removendo os resíduos e controlando o excesso de inflamação.

Você percebeu algum destes sinais? Caso identifique vários deles, melhore sua alimentação e adote um plano de desintoxicação baseado em ingredientes orgânicos.