8 razões pelas quais as omoplatas doem e como tratá-las

As costas incluem ossos, ligamentos, nervos, músculos e articulações. Por isso, é muito comum que apresente dor.

Você sabe quais são algumas das razões pelas quais as omoplatas doem? Assim são chamados os ossos largos que estão localizados nas costas na altura dos ombros. As omoplatas atuam como um ponto intermediário, através do qual os músculos e os tendões passam.

Embora não seja normal, é muito comum que sintamos dor nessa área. Em alguns casos, elas podem ser um indicativo de fadiga simples, mas também existe a possibilidade de ser algo mais sério.

Trabalho, escola, obrigações e responsabilidades em casa são encargos que recaem sobre as nossas costas. Sem mencionar que qualquer tipo de atividade física exige um esforço das omoplatas.

Possíveis razões pelas quais as omoplatas doem

1. Má postura 

Dor nas costas devido à má postura

É muito importante manter uma boa postura, porque os ombros estão ligados aos tendões. Dormir mal e ficar longas horas em pé são posturas nocivas para as costas. Como saber que tenho a postura certa?

  • Levante-se e incline suas costas contra a parede.
  • Certifique-se de que sua cabeça, extremidade, e especialmente os ombros estão presos à superfície.
  • Você saberá que você se sentou corretamente quando puder passar a mão pela curva que se forma na parte inferior das costas.

2. Alimentação pobre

Uma dieta desequilibrada enfraquece os músculos, seja porque ingerimos quantidades excessivas de gordura, ou porque não consumimos os nutrientes e vitaminas necessários. Como resultado disso, vamos acabar com uma dor terrível nas costas, especialmente nas omoplatas.

3. Tensão muscular

Mulher sentindo tensão muscular

É muito comum que haja dor nos ombros devido à tensão nos músculos. Isso pode ser causado por excesso de esforço, por ter carregado algo pesado, ou executado incorretamente um movimento.

As omoplatas estão unidas a todo o aparelho locomotor. Por isso, quando ocorre qualquer tensão, sentimos dor acima, sobre, entre, ou abaixo das omoplatas.

4. Problemas no coração

Entre as causas graves da dor nas omoplatas está a dissecção aórtica. Há uma ruptura na artéria que transporta o sangue para o coração, e esta é uma doença grave.

Isso causa dor, tanto na parte inferior quanto na parte superior das costas. É muito importante que você não deixe este sintoma passar despercebido, porque pode ser o aviso de uma possível parada cardíaca.

5. Fraturas

Fraturas

Ter uma fratura na área das omoplatas requer um forte impacto, ou cair com o resto do corpo sobre o braço.

A lesão no osso ou nos ligamentos causará dor intensa no momento, e é essencial consultar um médico, porque um acidente dessa magnitude pode causar até a morte.

6. Artrite

Este tipo de caso é muito comum em pessoas mais velhas, pois afeta principalmente as articulações.

A artrite causa dor e inflamação, que aumenta com a passagem do tempo e de acordo com as atividades realizadas pelo paciente. Ocasionalmente, surgem nós na parte superior das omoplatas, e podem até ocorrer deformações.

7. Osteoporose

Osteoporose

A osteoporose é a responsável pelos ossos perderem a densidade óssea; ou seja, enfraquece os ossos e causa dor, principalmente na parte dos braços e da coluna vertebral. Os ossos tornam-se tão frágeis que a fratura dos ombros é possível.

8. Câncer

Existem poucos casos em que dor na omoplata esquerda ou direita é provocada pela presença de um tumor. Por ter crescido na parte superior dos pulmões, a dor é sentida em uma das omoplatas.

O tumor de câncer é intenso e constante, intensifica-se à noite e quando chega a hora do descanso. Se assim for, é importante que você vá ao médico para descartar a possibilidade de um tumor maligno.

Tratamento das omoplatas

Independentemente da situação da dor, seja grave ou leve, podemos contar com tratamentos à base de medicação, fisioterapia ou mudança de hábitos. Somente em situações realmente graves é utilizada a cirurgia.

Recomendações

  • Cuide da sua dieta
  • Faça atividade física e tente experimentar a ioga.
  • Experimente fisioterapia e massagem nas costas.
  • Evite situações em que o estresse seja o principal protagonista.
  • Faça breves movimentos durante o trabalho para mudar de posição.
Recomendados para você