7 benefícios da tilápia que você não conhecia

A tilápia é um peixe rico em ácidos graxos essenciais ômega 3 e proteínas. Pode ser um grande aliado da nossa saúde cardiovascular e um complemento ideal para a dieta das grávidas.
7 benefícios da tilápia que você não conhecia

Última atualização: 31 Dezembro, 2019

A tilápia é o nome genérico de um grupo de peixes de origem africana, entre os quais várias espécies são encontradas, como a tilápia azul, a tilápia do Nilo ou a tilápia de Moçambique.

Habitam águas doces e salgadas e se destacam na gastronomia pelo seu sabor neutro e pela facilidade de preparo com qualquer acompanhamento.

É um peixe branco, com poucas calorias e gorduras e, devido à sua riqueza de nutrientes essenciais, é ideal para qualquer plano de alimentação saudável. De fato, é uma fonte importante de vitamina D e proteínas de alto valor biológico.

A seguir veremos as 7 principais propriedades da tilápia.

1. Pode ser consumida por mulheres grávidas?

A tilápia geralmente é recomendada por seu baixo teor de mercúrio e seu fornecimento de ácidos graxos ômega 3, mas sua suposta capacidade benéfica foi recentemente questionada.

  • O mercúrio é um metal tóxico encontrado em quantidades perigosas em peixes como espadarte, atum vermelho ou cação.
  • Da mesma forma, a Agência Espanhola de Segurança Alimentar e Nutrição (AESAN) recomendou em 2010 evitar o consumo desses peixes, principalmente em crianças menores de 3 anos e mulheres grávidas.

2. Contém ácido DHA

O teor de DHA da tilápia é outro motivo pelo qual o seu consumo é recomendado.

Esse ácido docosa-hexaenóico faz parte dos ácidos graxos ômega 3. Favorece o desenvolvimento do sistema nervoso central, e desacelera a deterioração cognitiva; da mesma forma, possui propriedades neuroprotetoras altamente recomendadas, conforme afirma este estudo da Universidade do Chile.

3. Oferece proteínas

Se você observar as informações nutricionais da tilápia, poderá comprovar que é um alimento com uma quantidade importante de proteínas de alto valor biológico, nutrientes essenciais, que participam dos processos cognitivos e de saúde metabólica.

  • Cada porção de 100 gramas oferece até 20 gramas de proteína, ou seja, uma quantidade similar a que o frango contém.
  • As proteínas de alto valor biológico são aquelas que contêm mais aminoácidos e, portanto, são necessárias para manter uma dieta equilibrada.

4. Protege a saúde cardiovascular

Incluir a tilápia na alimentação é uma forma simples e deliciosa de oferecer importantes benefícios ao sistema cardiovascular, conforme afirma este estudo realizado pela Universidade Nihon (Japão).  O DHA não é produzido naturalmente no corpo, por isso é necessário obtê-lo através dos alimentos.

  • O DHA contribui para uma melhor circulação sanguínea, um fator chave para evitar a pressão alta e problemas de coração.
  • Os ácidos graxos podem diminuir os níveis de colesterol ruim nas artérias, uma das principais causas de aterosclerose e doenças cardíacas e vasculares.

5. Melhora a digestão

Diferentemente dos outros tipos de peixe, a tilápia contribui para a melhora do processo de digestão.

  • Como é um pescado branco pobre em gorduras, não é pesada para o sistema digestivo, o que impede a inflamação e a prisão de ventre.
  • Pode ser combinada com vegetais para obter pratos completos e leves.

6. Previne a anemia

Embora o teor de ferro da tilápia seja mínimo, ela conta com outros nutrientes que podem ajudar a prevenir a anemia.

  • Vitaminas do complexo B (B3, B6, B9 e B12)
  • Magnésio
  • Zinco

Esses nutrientes, por sua vez, ajudam a manter a pele, o cabelo e as unhas saudáveis.

7. Ajuda a manter um peso saudável

Por seu índice de proteínas de alto valor biológico e nutrientes essenciais, a tilápia é uma excelente opção para cuidar do peso sem descuidar da alimentação.

As proteínas ajudam no processo de formação de massa muscular, o que permite melhorar a atividade do metabolismo.

  • Melhora o rendimento físico e mental, favorecendo a resistência durante as atividades esportivas.
  • É um alimento que prolonga a sensação de saciedade, diminuindo a ansiedade, que nos leva a “beliscar”.

Está pronto para incluir a tilápia em sua dieta regular? Seu sabor e cheiro não são tão fortes como os de outros peixes, e ela pode ser preparada na churrasqueira, no forno ou a vapor. De qualquer forma ficará deliciosa.

Pode interessar a você...
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
7 tipos de peixes que podem ser prejudiciais à saúde

O peixe é um alimento maravilhoso, mas a poluição tem tornado seu consumo perigoso. Conheça os 7 tipos de peixes que podem ser prejudiciais para a saúde.



  • Bushkin-Bedient, S., & Carpenter, D. O. (2010). Benefits versus risks associated with consumption of fish and other seafood. Reviews on Environmental Health. Walter de Gruyter GmbH. https://doi.org/10.1515/REVEH.2010.25.3.161
  • Young, K. (2009, September). Omega-6 (n-6) and omega-3 (n-3) fatty acids in tilapia and human health: A review. International Journal of Food Sciences and Nutrition. https://doi.org/10.1080/09637480903140503
  • Stoneham TR, Kuhn DD, Taylor DP, et al. Production of omega-3 enriched tilapia through the dietary use of algae meal or fish oil: Improved nutrient value of fillet and offal. PLoS One. 2018;13(4):e0194241. Published 2018 Apr 11. doi:10.1371/journal.pone.0194241
  • Yamamoto K, Igawa K, Sugimoto K, et al. Biological safety of fish (tilapia) collagen. Biomed Res Int. 2014;2014:630757. doi:10.1155/2014/630757