6 hábitos diários que podem causar depressão

5 de fevereiro de 2019
Para que a depressão não o derrube, é importante dedicar, pelo menos, 30 minutos por dia a alguma atividade física. Assim, você poderá favorecer a produção de endorfinas e serotonina.

A depressão é um transtorno emocional que se apresenta por causa de mudanças na química cerebral, seja pelo estímulo diante de uma certa situação, ou por desequilíbrios hormonais e fatores ambientais.

Caracteriza-se pelo aparecimento de sentimentos de tristeza e irritabilidade, e, algumas vezes, perda do interesse pela vida.

Atualmente este é um problema de saúde que gera muita preocupação, já que cada vez é mais frequente na população, sobretudo entre os adolescentes.

Ainda que a maioria dos casos se apresente de maneira leve e esporádica, a falta de tratamento pode transformá-la num problema grave e difícil de controlar.

O problema é que se tornou tão comum que, na verdade, alguns ignoram que pode ser causada pela prática de alguns hábitos diários.

Por isso, a seguir queremos compartilhar em detalhes 6 práticas associadas ao seu desenvolvimento.

Descubra-as!

Costumes que podem levar à depressão

1. Alimentação pouco saudável

alimentos-pouco-saudaveis

A alimentação desempenha um papel muito importante em nossa saúde mental e, ainda que subestimemos isso, influi diretamente na atividade do sistema nervoso.

Uma dieta pouco saudável, rica em gorduras e açúcares refinados, gera alterações na atividade hormonal e aumenta os riscos de depressão e de estresse.

Seu consumo em quantidades excessivas aumenta a produção de cortisol, uma substância química que se relaciona aos desequilíbrios emocionais.

Como solucionar?

  • Limite o consumo dos alimentos pouco saudáveis e, em seu lugar, aumente as fontes de antioxidantes, ácidos graxos ômega 3 e proteínas.

Ver também: Técnica japonesa para eliminar o estresse

2. Falta de atividade física

As pessoas sedentárias não só tendem a desenvolver problemas crônicos de saúde, como também podem ter mais episódios de depressão.

O exercício físico é necessário para manter o bem-estar físico e mental, já que, com sua prática, estimula-se a produção de hormônios da felicidade.

Como solucionar?

  • Tenha uma rotina de exercícios combinados e coloque-os em prática todos os dias.
  • Dedique, pelo menos, 30 minutos de seu dia a alguma atividade esportiva.

3. Dormir pouco

mulher-com-insonia

O sono desempenha um papel muito importante em nosso bem-estar físico e mental, pois, ainda que não notemos, durante esse período são realizados alguns processos que não podem ser realizados em outros momentos do dia.

Ter interrupções durante o sono, ou sofrer com insônia por vários dias, aumenta a produção de cortisol e, por sua vez, aumenta a ansiedade.

Como consequência, a pessoa fica mais vulnerável a episódios depressivos e tem menos capacidade de enfrentar dificuldades cotidianas.

Como solucionar?

  • É fundamental dormir 8 horas diárias sem interrupções.
  • Se tiver problemas para dormir, é necessário recorrer a uma solução relaxante e natural.
  • Você não deve usar dispositivos eletrônicos antes de dormir, nem comer em excesso.

4. Passar muito tempo sozinho

Passar um tempo sozinho pode servir para refletir ou superar alguma situação difícil. No entanto, exagerar na dose é prejudicial para a saúde emocional.

A companhia e as relações sociais mantêm a mente ativa e, de maneira direta, influem no bem-estar.

Isolar-se e não dedicar tempo às amizades se torna um fato muito influente na depressão.

Como solucionar?

  • Reserve algum tempo para compartilhar com seus amigos e familiares alguma atividade de lazer.
  • Não hesite em falar com alguém próximo e de confiança quando tiver alguma dificuldade.

Recomendamos ler: Os abraços beneficiam muito a sua saúde emocional

5. Manter pensamentos negativos

estresse-no-trabalho

Os pensamentos negativos são uma das principais causas da depressão. Ainda que possam ser inconscientes, mantê-los leva a pessoa a permanecer na tristeza e na amargura.

Ver o lado ruim de cada situação, sentir que todos estão contra nós ou permanecer na zona de conforto pelos medos são fortes influências desse estado emocional.

Como solucionar?

  • Aprender a ver tudo como uma oportunidade para sermos melhores é o ideal para potencializar os pensamentos positivos.
  • Identificar e afastar as pessoas tóxicas é essencial para superar essa situação.
  • Ter atitude e capacidade para enfrentar cada desafio, sem importar-se com o risco ou com os resultados.

6. Um ambiente de trabalho estressante

Uma grande porcentagem dos pacientes afetados pela depressão chegaram a esse ponto por permanecerem em ambientes de trabalho tensos.

O excesso de trabalho, as pressões por resultados e as dificuldades em manter relações amigáveis com os colegas de trabalho geram alterações a nível psicológico, até o ponto de causar tristeza e desmotivação.

Como solucionar?

  • Evite ao máximo o excesso de trabalho e faça pausas para descansar alguns momentos.
  • Evite o contato com as pessoas com as quais você não tem afinidade.
  • Harmonize o ambiente de trabalho com música de fundo, aromatizadores relaxantes e mesas organizadas.

Você identifica algum desses hábitos? Se sim, tome as medidas a respeito para que a depressão não se instale em sua vida.

Se o problema persistir, consulte um especialista em saúde mental para evitar complicações.

  • Brieger, P., & Menzel, S. (2018). Depression. Nervenheilkunde. https://doi.org/10.1055/s-0038-1670565
  • Health, N. I. of M. (1998). National Institute of Mental Health. Depression. https://doi.org/10.1001/archinternmed.2010.261
  • Cooney, G., Dwan, K., & Mead, G. (2014). Exercise for depression. JAMA – Journal of the American Medical Association. https://doi.org/10.1001/jama.2014.4930