6 erros cruciais pelos quais os medicamentos não funcionam

· 10 de fevereiro de 2018
Nossa saúde não é um jogo, por isso devemos cumprir com o tratamento médico ao pé da letra, e sob nenhum motivo devemos nos automedicar.

Em ocasiões tomamos medicamentos e o efeito que nos causam não é o esperado. Se isso já aconteceu com você e não sabe a razão, então anote estes erros que impedem o funcionamento adequado dos medicamentos.

Geralmente, quando estamos doentes acreditamos o poder milagroso dos medicamentos e que o efeito dos mesmos não demorará. Porém, a realidade é que a cura depois de consumir comprimidos não é tão rápida quanto gostaríamos; muitas vezes este problema acontece por nossos próprios erros.

Anote, porque foi descoberto quais são os fatores que influenciam na eficiência dos medicamentos e foram determinados alguns erros que todos cometemos durante os tratamentos.

1. Cuidado com a bebida com a qual você toma o medicamento

A mistura de leite com medicamentos não funciona

Não se pode tomar o medicamento com todo o tipo de bebidas. Em ocasiões caímos no erro de tomar os comprimidos com o líquido que temos na mão, mas o certo é que certas bebidas podem diminuir o efeito curativo notavelmente.

Por exemplo, o café e a Coca-cola fazem com que o medicamento se desintegre rapidamente. O chá também não é aconselhável, pois tende a desacelerar a absorção dos fármacos.

Não se deve misturar os medicamentos com leite; este lácteo enfraquece o efeito do medicamento. Ainda, o suco de laranja também não é aconselhável.

Definitivamente, se no prospecto não se indica o contrário, é melhor tomar todos os medicamentos com água à temperatura ambiente.

2. Misturar com a comida errada

Também não é conveniente tomar determinados medicamentos com certos alimentos. Por exemplo, não se deve tomar o comprimido na hora de comer, mas principalmente é importante que não o misture com alimentos ricos em fibras.

Como acontece com a menta, esta família de alimentos pode eliminar uma parte dos componentes positivos que o medicamento possui no organismo. Dentre estes itens estariam: a aveia, a couve-flor, as frutas do bosque, as verduras de folha verde, a abóbora, os legumes, os cogumelos e os alimentos com farinha integral.

Além disso, em muitas ocasiões ao tomar certos medicamentos se deve manter uma dieta específica, assim que o melhor será seguir estas diretrizes.

3. Não respeitar os horários do medicamento

Misturar medicamentos não funciona

Também é importante respeitar os horários nos quais se toma a medicação. Este aspecto deve ser seguido ao pé da letra, especialmente se se trata de antibióticos.

Deve-se ter em conta que para que sejam realmente eficazes é vital manter a concentração adequada dos medicamentos no organismo, do contrário não terão o efeito desejado.

Caso não tenha uma memória muito boa, anote em um lugar que o faça se lembrar, mas não deixe passar.

4. Misturar comprimidos

Se receitaram a você vários medicamentos ao mesmo tempo, mas você não sabe se pode consumi-los juntos ou não, é melhor fazer uma pausa entre o consumo. As pausas devem ser de pelo menos meia hora entre um comprimido e outro.

5. Não abandone o tratamento pela metade

Medicamentos que não funcionam

Ainda que você acredite que seu quadro apresentou melhora, não abandone o tratamento pela metade. Muitas vezes abandonamos o medicamento por nossa própria conta, mas isso é um erro grave que provavelmente causará uma recaída.

Assim, ainda que se sinta melhor, faça o tratamento pelo tempo indicado pelo médico, assim conseguirá curar e se assegurar de que não recairá de novo.

6. Evite se automedicar

Se você for ao médico e o profissional considerar que você precisa de uma medicação, tome-a e siga os passos que ele indicar. Há soluções homeopáticas que nem sempre serão eficazes ou não como deveriam.

Caso tenha uma medicação receitada, deve tomá-la e nunca substituí-la por sua própria conta, por outro tipo de produto alternativo ou por produtos do tipo homeopáticos.