6 dicas para eliminar cálculos renais

Além de reduzir a ingestão de sal, para eliminar os cálculos renais é muito importante aumentar a ingestão de água para favorecer sua expulsão junto com a urina.
6 dicas para eliminar cálculos renais

Última atualização: 11 Maio, 2021

As pedras nos rins são um problema de saúde muito comum na população. São depósitos rígidos que se formam pelo acúmulo de sais, minerais e outros resíduos presentes na urina. Eles podem ser tão pequenos quanto um pequeno grão de areia ou maiores.

Seu processo de expulsão pode ser mais ou menos incômodo, dependendo do seu tamanho, e pode produzir vários sintomas de intensidade variável. Nos casos mais graves, eles podem causar obstruções no trato urinário e causar complicações graves.

É muito importante consultar o seu médico se suspeitar de pedras nos rins. Quanto mais cedo você for diagnosticado, mais provável será o sucesso do seu tratamento.

A seguir, revisaremos alguns dos seus principais sintomas e várias dicas que podem ser fundamentais para combatê-los.

Por que as pedras se formam nos rins?

Os cálculos renais não têm uma causa única e definida. Vários são os fatores relacionados ao risco de desenvolvê-los. Seu aparecimento ocorre quando a urina fica concentrada e ocorre a cristalização de substâncias como cálcio, oxalato e ácido úrico. Isso, por sua vez, pode ser o resultado de:

  • Sobrepeso ou obesidade
  • Antecedentes familiares.
  • Infecções do trato urinário.
  • Doenças do sistema digestivo.
  • Dietas ricas em proteínas, sódio ou açúcar.
  • Baixo consumo de água (ou desidratação).
  • Uso prolongado de alguns medicamentos.

Sintomas dos cálculos renais

Mulher sentindo dor por cálculos renais
As pedras nos rins costumam ser dolorosas.

As manifestações clínicas dos cálculos renais podem variar em cada paciente. Alguns não percebem o desconforto nos estágios iniciais. Normalmente, as dores aparecem quando os cristais aumentam de tamanho.

Os sintomas podem incluir:

  • Sensação de queimação ao urinar.
  • Náusea e vômito.
  • Desejo constante de urinar.
  • Febre e calafrios (se houver infecção).
  • Dor no abdômen inferior e na virilha.
  • Dor intensa nas laterais do corpo, sob as costelas.
  • Urina com cheiro desagradável e cor rosa, vermelha ou marrom.

Dicas para eliminar cálculos renais

Quando há uma detecção rápida dos cálculos renais, é possível tomar algumas medidas naturais para acelerar o processo de eliminação.

Embora seja essencial atender às recomendações médicas, seguir alguns conselhos pode ser muito útil para o tratamento.

1. Aumente o consumo de água

O consumo diário de água é um dos hábitos essenciais para uma boa saúde renal.

Os líquidos ajudam a manter uma boa produção de urina, facilitando a eliminação dos resíduos que se acumulam no corpo.

  • Para combater os cálculos, consuma 2 litros de água por dia.

2. Consuma limonada

Devido às suas propriedades alcalinas e hidratantes, a limonada é uma das bebidas saudáveis ​​mais adequadas para melhorar o processo de decomposição das pedras nos rins. Seu efeito diurético ajuda a eliminar os líquidos retidos nos tecidos e, por sua vez, promove a limpeza dos dutos urinários.

  • Prepare uma jarra de limonada e consuma ao longo do dia com moderação. Você também pode tomar meio copo por dia, se não gosta muito de limonada.
  • Junto com isso, lembre-se de manter uma alimentação balanceada e evitar o consumo de açúcar ultraprocessado, refinado, gorduras saturadas e outros que o médico indicar.
  • Evite o consumo de bebidas industriais (mesmo que tenham o rótulo light), pois não contribuirão para a melhora.

3. Tome vinagre de maçã

O vinagre de maçã orgânico é um dos remédios propostos pela sabedoria popular para doenças do trato urinário, pois é considerado como tendo propriedades que auxiliam na dissolução dos cálculos e facilitam sua expulsão pela urina. No entanto, isso ainda não foi confirmado pela ciência.

  • Se você quiser experimentar este remédio, verifique primeiro com seu médico.
  • Se o seu médico autorizar, consuma como o indicado.

4. Melhore sua alimentação

Todos os pacientes com esse problema renal devem modificar sua dieta alimentar para se recuperar e ganhar bem-estar de maneira abrangente. Nesse sentido, o médico indicará que, embora existam muitos alimentos de consumo regular que podem ser benéficos, outros podem piorar o quadro.

Entre as recomendações mais comuns estão:

  • Aumente o consumo de vegetais, frutas e grãos integrais.
  • Limite o consumo de refrigerantes, bebidas energéticas e alimentos processados.
  • Limite o consumo de produtos ricos em açúcar refinado, gordura e sal.

5. Limite o consumo de sal

Excesso de sal
O excesso de sal também pode causar hipertensão.

Para não complicar os cálculos, é essencial limitar o consumo de sal tanto quanto possível. Esta substância não só influencia a formação de cristais, mas também causa retenção de líquidos e inflamação.

  • Evite adicionar sal às suas refeições principais.
  • Limite o consumo de alimentos ricos em sódio: molhos, comida chinesa, enlatados, entre outros.
  • Substitua o sal por ervas aromáticas e especiarias para adicionar sabor aos seus pratos.

6. Beba suco de romã

Outro suplemento natural que pode facilitar a eliminação das pedras é o suco de romã. Esta fruta é considerada rica em compostos antioxidantes, vitaminas e fibras, é ideal para melhorar o funcionamento dos rins.

Claro, esse suco só pode trazer benefícios se for incluído em um estilo de vida saudável, que também segue as recomendações do médico.

Se for consumido, mas ao mesmo tempo não se mantêm os bons hábitos de vida, o tratamento prescrito pelo profissional não for seguido e os excessos também forem cometidos (de alimentos, bebidas industrializadas, etc.), a melhora não ocorrerá, podendo surgir ainda mais complicações.

O desconforto causado por uma pedra nos rins pode variar à medida que viaja pelo trato urinário, por isso é necessária atenção médica.

Por outro lado, não se deve esquecer que, em caso de alguma complicação, o melhor é procurar ajuda profissional o mais rápido possível. Isso, por sua vez, aumentará as chances de um tratamento bem-sucedido e encurtará o período de recuperação.

 

Pode interessar a você...
6 cuidados básicos para proteger a saúde dos rins
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
6 cuidados básicos para proteger a saúde dos rins

Além de evitar substâncias prejudiciais, como álcool e tabaco, para proteger a saúde dos rins é importante consumir bastante água.



  • Coe, F. L., Evan, A., & Worcester, E. (2005). Kidney stone disease. Journal of Clinical Investigation. https://doi.org/10.1172/JCI26662
  • Manoj Kumar, K. R. (2015). Weight gain and the risk of kidney stones. Journal of Pharmaceutical Sciences and Research.
  • Han, H., Segal, A. M., Seifter, J. L., & Dwyer, J. T. (2015). Nutritional Management of Kidney Stones (Nephrolithiasis). Clinical Nutrition Research. https://doi.org/10.7762/cnr.2015.4.3.137