6 benefícios da alfafa pelos quais vale a pena incluí-la na dieta

A alfafa pode nos ajudar a melhorar nossa saúde geral. É rica em ferro, por isso é ideal em casos de anemia e estados de deficiência desse mineral.

Você já conhece os benefícios da alfafa? Trata-se de uma planta da família das ervilhas que é frequentemente usada como forragem.

No entanto, também é usada medicinalmente e, ultimamente, ganhou popularidade como alimento graças às suas múltiplas propriedades nutricionais.

Todas as partes da planta são utilizáveis ​​para o consumo humano:

  • As flores são usadas para o chá.
  • As folhas são usadas para preparar, entre outras coisas, água de alfafa.
  • Os brotos são um ingrediente delicioso em saladas.
  • Na medicina tradicional chinesa, as raízes são usadas para controlar a febre.
  • As sementes, molhadas com um pouco de água, são usadas para mitigar o inconveniente das picadas de insetos.

Quais são as propriedades da alfafa?

Pode-se dizer que a alfafa é um alimento completo, uma vez que contém:

  • Vitamina A, que ajuda no bom funcionamento do pulmão e do coração.
  • Vitamina C, que tem um efeito antioxidante e é necessária para a fabricação de colágeno.
  • Vitamina K, indispensável para a coagulação do sangue.
  • Proteínas que alguns estudos sugerem que podem ser úteis para combater alguns tipos de câncer.
  • Minerais (magnésio, cálcio, ferro e selênio) essenciais para as funções vitais do organismo.

Quais são os benefícios da alfafa?

Ao incluir a alfafa em nossa dieta, além de garantir a ingestão de uma grande quantidade de componentes nutricionais, obtemos esses seis benefícios para a nossa saúde:

1. Fortalece o sistema imunológico

Sistema imunológico forte

Este alimento estimula o sistema imunológico e otimiza sua reação a vírus e bactérias.

A melhor maneira de obter esse benefício é consumi-la germinada, porque dessa forma você também consome glucosinolatos, compostos com propriedades anticancerígenas.

2. Desintoxica o corpo

Graças às suas propriedades reguladoras do sistema urinário e do sistema digestivo, a alfafa é ideal para limpar o corpo das toxinas. Também ajuda no tratamento de insuficiência renal e úlceras gástricas.

3. Previne a anemia

Mulher cansada

Devido ao seu alto teor de ferro, em adição às suas propriedades nutricionais, a alfafa ajuda não só a prevenir, mas também a combater a anemia por deficiência de ferro.

4. Mitigar os sintomas da menopausa

Isto é possível devido aos fitoestrogênios contidos na alfafa. Eles aumentam os níveis de estrogênio no corpo.

Seu consumo também é recomendado para evitar cólicas menstruais.

5. Redução do risco de doenças cardiovasculares

Mãos segurando coração

De acordo com um estudo realizado em 2008, uma dieta em que a alfalfa está incluída regularmente pode ajudar a reduzir os níveis de colesterol ruim (LDL) nas artérias .

6. Melhora a saúde da pele

Devido ao seu elevado teor de antioxidantes e cumarinas, este alimento é perfeito para uma pele bonita e radiante.

Além disso, outro dos benefícios da alfafa é que ela também nos ajuda a combater a celulite.

Como incluir a alfafa em sua dieta?

Prato saudável e natural

As folhas de alfafa podem ser consumidas junto com as folhas verdes, como espinafre e acelga, e podem ser cozidas da mesma forma.

Você também pode preparar uma deliciosa água refrescante.

Ingredientes

  • ½ xícara de folhas de alfafa (75 g)
  • Suco de ½ limão
  • 4 xícaras de água (1 litro)
  • Mel (a gosto).

Preparação

  • Coloque as folhas de alfafa, o suco de limão e a água no liquidificador.
  • Bata por alguns segundos. Adicione o mel e bata novamente.
  • Sirva e aproveite.

As sementes de alfalfa também são uma ótima opção para preparar saladas ou como ingrediente em sanduíches.

Se não conseguir comprar em seu mercado local, você pode plantá-las em casa.

O que você precisa?

  • Um recipiente com ao menos 9 cm de diâmetro e 15 cm de altura.
  • Um pedaço de tecido fino para cobrir o recipiente.
  • Um elástico.
  • 1 xícara de água (250 ml).
  • 1 colher de sopa de sementes de alfafa (10 g)

O que fazer?

  • Mergulhe as sementes na água do recipiente por três horas.
  • Cubra o recipiente com o tecido e o elástico.
  • Drene a água e coloque sob o sol.
  • Repita por uma semana. Ocasionalmente, lembre-se de mover o recipiente para evitar que os sementes se enrolem.
  • Para consumir, basta enxaguar e higienizar.

Quando não se deve consumir alfafa

Apesar de todos os seus benefícios, existem casos em que é melhor evitar comer a alfafa:

  • Durante a gravidez e a amamentação, ela não deve ser consumida devido à ação exercida sobre o estrogênio.
  • Também não é recomendada caso você tome medicamentos anticoagulantes.
  • A ingestão é desencorajada em pacientes com transtornos autoimunes.
  • Devido ao seu elevado teor de purina, as pessoas com gota ou ácido úrico alto devem evitar comer alfafa.

Se você tiver alguma doença e tem dúvidas sobre o consumo deste ou de qualquer outro alimento, lembre-se sempre de consultar um especialista antes de consumir ou aplicar qualquer remédio.

Gostou de conhecer estes benefícios da alfafa? Não deixe de incluí-la em seu dia a dia para aproveitar todas as suas propriedades!

Recomendados para você