5 vantagens de ser mãe depois dos 40 anos

A maturidade mental e a estabilidade financeira, profissional e sentimental são fatores que têm um impacto positivo ao ser mãe após os 40 anos. A seguir, contaremos todas as suas vantagens e alguns de seus riscos.

Escolher ser mãe depois dos 40 anos é um assunto que gera dúvidas e controvérsias. Embora muito tenha sido dito sobre seus riscos, mais e mais mulheres preferem viver a maternidade quando atingem essa idade. Por que isso acontece?

As chamadas “mães atrasadas” ou “mães-avós” geralmente são mulheres adaptadas ao estilo de vida atual. Devido às suas circunstâncias pessoais e principalmente profissionais, elas desistem da ideia de ter um filho em idade precoce.

É verdade que as chances de conceber diminuem significativamente após os 35 anos de idade. No entanto, graças aos avanços e técnicas médicas, como a reprodução assistida, é cada vez mais provável que se consiga uma gravidez saudável após os 40 anos.

Por outro lado, os controles atuais permitem diminuir os riscos para o bebê e para a mãe. Além disso, visto que é um estágio em que já existe maturidade mental e estabilidade financeira e profissional suficientes, podemos falar sobre outros benefícios de ser mãe depois dos 40.

Vantagens de ser mãe depois dos 40 anos

Por muitos anos, tem sido sugerido que a idade ideal para ter filhos é entre os 20 e 30 anos. No entanto, com o devido cuidado e com o acompanhamento pré-natal mensal, ser mãe depois dos 40 anos não precisa ser um problema.

Embora a ovulação seja reduzida com a idade, e existam certos riscos em comparação com a gravidez em idades mais jovens, é possível conceber sem sofrer complicações. Além disso, é um estágio que também conta com uma série de vantagens tanto para a mãe quanto para o filho.

1. Melhora as habilidades mentais

Conexões neuronais

De acordo com uma pesquisa publicada no Journal of American Geriatrics Society, ser mãe depois dos 40 anos tem benefícios em relação às habilidades mentais. Devido aos hormônios envolvidos na gravidez, a acuidade mental aumenta e as habilidades verbais melhoram.

  • Um deles é a progesterona, responsável pelo desenvolvimento do tecido cerebral. O outro é o estrogênio, que intervém de forma benéfica na estrutura do cérebro.

2. Melhores hábitos alimentares

Quando as mulheres estão em uma idade mais madura, elas estão mais cientes dos efeitos da manutenção dos bons hábitos alimentares. Embora isso deva ser conhecido desde o início, as mulheres jovens não costumam dar tanta importância a alimentos de qualidade.

Portanto, outra vantagem de ser mãe depois dos 40 é que isso aumenta a atenção com a nutrição. Além disso, considerando os riscos que a idade traz, a mãe está mais preocupada em se alimentar bem e cuidar do corpo.

3. A maturidade mental e emocional é maior

Mãe com sua filha pequena

As mulheres que decidem ser mães depois dos 40 anos podem estar mais preparadas para assumir uma gravidez e as mudanças que esse novo estágio implica. A maturidade mental atingiu um grau mais alto e, portanto, fica mais fácil se adaptar e assumir os desafios.

Da mesma forma, a sabedoria da idade fornece a paciência que as mães mais jovens geralmente não possuem. Visto que ela já passou por outras situações da vida, é capaz de evitar ser dominada pelo estresse.

Leia também: 3 práticas de Ioga para lidar com o estresse

4. As crianças recebem mais apoio emocional

Ser mãe depois dos 40 anos aumenta as chances das mães terem mais tempo para as crianças. Da mesma forma, as mulheres tendem a ser menos estressadas devido à sua situação econômica e de trabalho, então elas têm mais paciência para proporcionar apoio aos filhos.

Além disso, devemos citar que também  mais estimulação precoce e melhor educação para as crianças. Não só o poder de estar presente, mas a qualidade de vida que é fornecida quando há um melhor rendimento. Pelo menos é o que mostra um estudo publicado no Journal of Family Psychology.

5. Há plena consciência da decisão tomada

Consulta de pré-natal

As mulheres que decidem ter um filho nessa idade estão cientes da decisão que estão tomando. A maioria já está bem informada sobre o assunto e planeja a gravidez na companhia de seu parceiro e de um médico. A gestante está ciente do estágio em que está e dos riscos que deve enfrentar.

Desvantagens de ser mãe depois dos 40 anos

Hoje, muitos dos riscos de ser mãe depois dos 40 anos foram reduzidos devido aos avanços da medicina. No entanto, eles não devem ser negligenciados. A idade implica uma gravidez mais cuidadosa, principalmente para a saúde do bebê. Suas desvantagens incluem:

  • Maior risco de anomalias cromossômicas
  • Até 50% de chance de parto realizado por cesariana
  • Riscos de um aborto espontâneo
  • Problemas na mãe, como hipertensão e diabetes gestacional
  • Prematuridade e bebês com baixo peso ao nascer são mais comuns

Você está planejando ser mãe depois dos 40? Não é impossível. Embora os riscos possam causar um pouco de medo, atualmente existem muitas possibilidades de ter uma gravidez saudável. Portanto, consulte o ginecologista e o obstetra para avaliar seu caso particular.

Recomendados para você