5 soluções de origem natural para curar terçol

6 de março de 2018
Embora não sejam graves, o terçol por aparecer de forma recorrente e ser incômodo e doloroso, por isso é bom contar com tratamentos naturais para aliviar seus sintomas

Um terçol é um pequeno caroço que aparece na borda da pálpebra, parecido com uma espinha. É sensível ao tato, pode ter pus e é provocado por uma infecção da bactéria Staphylococcus aureus (estafilococo).

Não representa um problema grave, posto que se cura de maneira espontânea em dois ou três dias, inclusive sem a necessidade de se fazer um tratamento.

No entanto, devido aos incômodos que gera, algumas pessoas preferem aplicar certos remédios para aliviar o inchaço e a dor.

Felizmente, há várias soluções de origem natural cujas propriedades ajudam a promover a sensação de alívio sem causar reações adversas.

Nessa oportunidade, queremos compartilhar os principais fatores associados com a infecção e vários remédios caseiros que podem ser considerados no seu tratamento.

Quais são as causas do terçol?

Olho com terçol

O terçol é causado por um bloqueio da glândula sebácea que se encontra na pálpebra. Essa situação facilita a multiplicação das bactérias (estafilococo) e desencadeia uma pequena inflamação.

Fatores de risco

As probabilidades de ter um terçol aumentam por:

  • Tocar os olhos com as mãos sujas
  • Usar lentes de contato sem desinfetá-las ou sem lavar as mãos previamente
  • Dormir com maquiagem
  • Usar produtos cosméticos vencidos
  • Ter blefarite, uma inflamação crônica na borda da pálpebra
  • Ter rosácea, uma doença da pele que provoca a vermelhidão facial

 

Como identificar um terçol?

Todo terçol tem uma forma similar à da acne, mas não tem nada a ver com ela. Em certos casos, pode-se ter vários ao mesmo tempo.

Os sintomas incluem:

  • Um caroço vermelho na parte externa da pálpebra
  • Dor ou sensibilidade na pálpebra
  • Inflamação da pálpebra
  • Lacrimação do olho
  • Sensação irritante e arenosa no olho
  • Sensibilidade à luz

Soluções naturais para curar o terçol

Na maioria das vezes não é necessário usar remédios específicos para curar o terçol. Embora desapareçam por si sós, alguns tratamentos naturais podem ajudar a aliviar seus sintomas.

1. Aloe vera

Aloe vera  pode curar terçol

Os cristais na planta de aloe vera contêm princípios ativos com ação antibacteriana e anti-inflamatória que favorece o alivio do terçol.

Como utilizá-la?

  • Massageie uma pequena quantidade de aloe vera na área afetada.
  • Deixe agir por 5 minutos e enxágue com água fria.
  • Use 2 ou 3 vezes ao dia até curar a infecção.

 

2. Pepino

Esse refrescante natural tem um leve efeito anti-inflamatório que pode ajudar a diminuir o tamanho do caroço vermelho que caracteriza o terçol.

Como utilizá-lo?

  • Corte várias rodelas de pepino, coloque para esfriar no congelador e, quando estiverem bem geladas, coloque-as sobre as pálpebras.
  • Deixe agir por 10 minutos e repita o tratamento 2 vezes ao dia.

3. Hortelã

Hortelã pode curar terçol

O efeito refrescante das folhas de hortelã pode diminuir a coceira, a dor e a vermelhidão decorrentes dessa infecção.

Como utilizá-la?

  • Triture várias folhas de hortelã em um recipiente e aplique a massa sobre a pálpebra afetada.
  • Espere fazer efeito durante 5 minutos e enxágue.
  • Use 2 vezes ao dia.

4. Batata crua

O sumo que sai da batata crua é um remédio conhecido para a inflamação e os incômodos ocasionados pelas infecções nos olhos.

Sua aplicação sobre as pálpebras alivia a ardência e favorece a diminuição da protuberância ou caroço.

Como utilizá-la?

  • Corte várias rodelas de batatas, lave bem e coloque para esfriar na geladeira.
  • Quando estiverem bem frias, aplique sobre as pálpebras e deixe agir por 5 minutos.
  • Faça o tratamento 2 vezes ao dia.

5. Folhas de goiaba

Folhas de goiaba podem curar terçol

As folhas de goiaba têm se tornado populares como um remédio alternativo efetivo para promover a eliminação desses caroços incômodos nas pálpebras.

Têm propriedades antissépticas, antimicrobianas e anti-inflamatórias que ajudam a proteger a área afetada, impedindo o crescimento das bactérias.

Como utilizá-las?

  • Esquente várias folhas de goiaba e, quando estiverem em uma temperatura apta para o uso, aplique sobre o olho afetado.
  • Você também pode prepará-la em infusão e usar o líquido para fazer compressas mornas.
  • Repita a aplicação 2 ou 3 vezes por dia.

Além de utilizar esses remédios caseiros, você deve evitar compartilhar elementos de uso pessoal como toalhas, cosméticos ou pincéis para não contagiar outra pessoa com a infecção.

Procure manter os olhos sem maquiagem e evite se expor de forma prolongada às luzes das telas.

1. Cheng K, Law A, Guo M, Wieland LS, Shen X, Lao L. Acupuncture for acute hordeolum. Cochrane Database of Systematic Reviews. 2017. 2. Lindsley K, Nichols JJ, Dickersin K. Interventions for acute internal hordeolum. Cochrane Database of Systematic Reviews. 2013. 3. Denk L. Hordeolum. In: Pediatric Clinical Advisor. 2007. 4. Lindsley K, Nichols JJ, Dickersin K. Non-surgical interventions for acute internal hordeolum. Cochrane Database of Systematic Reviews. 2017. 5. Mueller JB, McStay CM. Ocular Infection and Inflammation. Emergency Medicine Clinics of North America. 2008. 6. McAlinden C, González-Andrades M, Skiadaresi E. Hordeolum: Acute abscess within an eyelid sebaceous gland. Cleve Clin J Med. 2016;