5 remédios naturais para a pressão alta

16 Setembro, 2020
Para detectar se temos pressão alta, é essencial ir ao especialista para fazer as medições relevantes. Mais tarde, uma melhora em nossa dieta nos ajudará a controlá-la
 

A pressão arterial elevada geralmente afeta pessoas idosas. Suas causas são o resultado de hábitos nocivos ou comportamentos prejudiciais, como:

  • Estresse.
  • Sobrepeso.
  • Alto consumo de álcool e sal.

Embora possa ser evitado, sempre se corre o risco de sofrer desse problema. Para tratá-lo, remédios naturais ou caseiros são uma opção que estão disponíveis em caso de qualquer sintoma.

O que é a pressão alta?

Também é conhecida como hipertensão. Segundo informações da Clínica Mayo, é o aumento do nível de força na circulação do sangue através dos vasos sanguíneos.

  • A velocidade do sangue é maior que o normal, o que causa problemas circulatórios importantes.

A hipertensão arterial está relacionada ao chamado colesterol ruim (LDL). Geralmente, começa a ser um problema após os 55 anos de idade.

Para evitar o problema, é aconselhável verificar seu histórico familiar, já que a genética desempenha um papel determinante no surgimento dessa doença. É isso que afirma este estudo realizado pelo Instituto Nacional de Medicina Genômica de oMéxico.

Quais são os sintomas da pressão alta?

Os sintomas mais comuns da hipertensão incluem, de acordo com esta pesquisa realizada pela Universidade de Concepción (Chile)::

 
  • Náusea e vômito
  • Tontura
  • Vermelhidão do rosto e dos olhos
  • Visão turva
  • Dor no peito
  • Dor de cabeça

A melhor alternativa sempre será tomar medidas para se livrar das dúvidas sobre quaisquer sintomas estranhos. O aparelho usado para medir a pressão é conhecido como medidor de pressão.

  • Ele determina o número da pressão arterial sistólica (a pressão sanguínea nas artérias).
  • E também da pressão diastólica (que é medida no número de bombeamento cardíaco).

Os números obtidos devem ser consultados com o médico para analisar os resultados e indicar o que melhor se adequa ao seu caso.

Como prevenir a pressão alta?

A hipertensão não tem cura, então a prevenção é essencial nessas situações. Para evitar sofrer de hipertensão, recomenda-se

  • Reduzir a ingestão de sal e se exercitar com frequência. Este estudo da Pontifícia Universidade Católica do Chile destaca este primeiro ponto, por ser de especial relevância.
  • Essas práticas melhoram significativamente a capacidade cardiovascular.
  • A Universidade Complutense de Madrid recomenda, neste estudo, adotar uma dieta balanceada rica em vegetais e frutas.
  • Por outro lado, o consumo de tabaco e álcool deve ser eliminado ou pelo menos diminuído.
 

Remédios naturais para tratar a pressão alta

Os remédios naturais são sempre uma boa opção para tratar a pressão alta. Isso é de grande importância, pois os sintomas, às vezes, geralmente ocorrem sem aviso prévio.

  • Uma pessoa hipertensa deve sempre ter algo à mão para tratá-la. Alguns desses remédios são:

1. Alho

O alho pode reduzir a pressão arterial, segundo este estudo realizado pela Universidade peruana Cayetano Heredia (Peru). Tem propriedades antioxidantes e é um potente antimicrobiano, de acordo com este estudo realizado pelo Instituto Tecnológico de Oaxaca (México). Com ele, você pode preparar vários remédios caseiros.

  • Recomenda-se consumir um alho diariamente. Por isso, é ideal ter um recipiente com alho descascado na geladeira.
  • Em vez de engolir ou mastigar o dente de alho, ele pode ser colocado em um copo de água e deixado lá durante a noite.
  • Essa água pode ser misturada com suco de limão, para beber em jejum.

2. Salsa e limão liquefeitos

Acredita-se que esse remédio previna a hipertensão. No entanto, não há evidências científicas que respaldem essa afirmação. Se mesmo assim você quiser experimentar:

  • Deve misturar um limão inteiro com salsa e tomar em jejum.
  • Outro método é beber suco de limão com água morna pela manhã.

3. Farinha de aveia                 

 

Comer aveia pode reduzir o colesterol segundo este estudo realizado por Quadram Institute Bioscience. Além de combater a hipertensão, contribui para a regulação do fluxo sanguíneo.

  • Para usá-la, você deve ferver a água, adicionar a aveia e deixar a mistura descansar.
  • Pelo menos um litro dessa água deve ser tomado diariamente.

4. Magnésio

O cloreto de magnésio pode ser obtido em alimentos como beterraba ou nozes e é usado como um tratamento específico para a pressão.

Você também pode obtê-lo em farmácias e lojas de alimentos saudáveis.

  • Ao preparar, use 1 litro de água fervida e adicione 33 gramas de cloreto de magnésio (2 colheres de sopa) e depois misture.
  • Recomenda-se tomar um copo pequeno em jejum diariamente.
  • Esse método funciona como uma prevenção, visto que, de acordo com este estudo realizado pela Clínica Las Condes (Chile), a deficiência desse mineral no corpo aumenta o risco de hipertensão.

5. Beterraba

Este estudo realizado pela Universidade Rovira y Virgili afirma que a beterraba é benéfica para o tratamento da hipertensão. Além do magnésio, esse vegetal contém potássio, ferro, sódio, cálcio, fósforo e zinco. Consumi-la frequentemente traz muitos benefícios para o corpo.

 

Graças às suas características e ao seu sabor, seu consumo é simples. Desde adicioná-la a uma salada até preparar uma batida, existem várias maneiras de incluí-la na sua alimentação para tirar proveito de suas propriedades.

  • Na luta contra a hipertensão, melhores resultados podem ser obtidos através do consumo de um suco de beterraba.
  • Você só tem que ferver, bater no liquidificador e beber a mistura.

A hipertensão arterial pode causar muitas complicações na sua saúde, por isso tome medidas para prevenir esse problema.

Não esqueça que você também deve consultar um especialista para receber um diagnóstico adequado.

 
  • Organizacion Mundial de Salud. (2015). OMS | Preguntas y respuestas sobre la hipertensión. Preguntas y Respuestas Sobre La Hipertensión.
  • Piskorz, D. (2011). Hipertensión arterial. Salud(i)Ciencia. https://doi.org/10.2319/111211-702.1
  • OMS, O. M. de la S. (2013). Información general sobre la hipertension en el mundo. Oms. https://doi.org/WHO/DCO/WHD/2013.2
  • Consenso Latinoamericano sobre Hipertensión Arterial. (2000). Consenso Latinoamericano sobre Hipertensión Arterial. Journal of Hypertension. https://doi.org/10.1002/dta.1860
  • CINGOLANI, H. D., GIRONACI, M., VICARIO, A., MIATELLO, R., COSTA, M. de los A., BRANDANI, L., … PIZORNO, J. (2012). Hipertensión Arterial. Revista de Difusión de La Sociedad Argentina de Hipertensión ARterial. https://doi.org/10.1080/03067310802398872