5 remédios naturais para baixar o colesterol

Para reduzir o colesterol, é importante aumentar o consumo de produtos ricos em fibras, além de incluir na dieta alimentos como gengibre e aveia, por exemplo.
5 remédios naturais para baixar o colesterol

Última atualização: 27 Novembro, 2019

Tomar medidas para diminuir o colesterol é uma questão essencial quando somos diagnosticados com níveis muito altos. Caso contrário, estaremos expostos a diferentes problemas de saúde e, em particular, ao risco de sofrer de doenças cardiovasculares.

O problema piora se tivermos uma predisposição genética para doenças cardíacas, assim como se sofremos de sobrepeso ou obesidade, mantemos maus hábitos (como o tabagismo e o alcoolismo), cometemos excessos e, em geral, não nos alimentamos bem.

A dieta desempenha um papel fundamental na redução do colesterol, pois por meio dela é possível obter os nutrientes necessários para o corpo funcionar corretamente.

Vamos ver alguns dos alimentos que podemos incluir para manter uma dieta equilibrada. Muitos consideram que se tratam de “remédios naturais”.

1. Alpiste

O alpiste (Phalaris canariensis) é um tipo de semente que contém amido, lipídios, resina, ácidos salicílico e oxálico e substâncias nitrogenadas. Pode ser consumido em infusões, batidas, vitaminas, sucos ou saladas.

  • Vale destacar que com o seu leite, você pode fazer uma bebida rica em cálcio e proteína.

Para preparar o leite de alpiste:

  • Deixe as sementes de alpiste de molho durante a noite.
  • No dia seguinte, bata as sementes no liquidificador.
  • Coe a bebida, e está pronto para o consumo!

2. Cenoura

A cenoura é um daqueles alimentos que sempre temos em casa. É um vegetal que, dentro de uma dieta equilibrada, pode ajudar a diminuir o colesterol por dois motivos:

  • Por um lado, é rica em betacarotenos, que estimulam a produção da vitamina A, um antioxidante que melhora a síntese do colesterol bom, ou HDL, e reduz os níveis do colesterol ruim, ou LDL.
  • Por outro lado, contém muitas fibras, que é imprescindível em uma dieta para controlar o colesterol. Essas fibras abaixam o colesterol e facilitam sua eliminação através do intestino.

3. Aveia

A aveia é um cereal excelente para a saúde, desde que você não tenha intolerância ao glúten. Sua principal característica é que contém um alto teor de fibra solúvel, que interfere na absorção de gorduras e colesterol.

Além disso, fornece vitamina E, B, proteínas e ácido linoleico, entre outros nutrientes. E também é eficaz na estabilização dos níveis de açúcar no sangue. Além disso, facilita a digestão. A recomendação é consumir entre 10 e 25 gramas de aveia por dia.

Leia também: Biscoitos de aveia, linhaça e gergelim ideais para dietas

4. Alho

De acordo com crenças populares, o alho pode ajudar a diminuir o colesterol. Nos últimos anos, várias pesquisas foram realizadas a esse respeito, mas as evidências encontradas indicaram que o alho não era um alimento que, por si só, poderia ajudar a alcançar esse objetivo. Por outro lado, isso esclareceu que o consumo de alho cru em jejum e que a cura tibetana do alho eram mitos.

5. Gengibre

O gengibre é uma raiz exótica, aromática e apimentada, e contém antioxidantes que podem ajudar a diminuir o colesterol, no contexto de uma dieta equilibrada. Além disso, favorece a saúde do sistema cardiovascular.

Outros alimentos para complementar a dieta

Para diminuir o colesterol, é claro que devemos seguir as orientações do médico e, dentro da dieta, incluir alimentos saudáveis, que nos fornecem os nutrientes de que precisamos.

Alguns que podemos incluir são:

  • Sementes de coentro: em vários estudos, verificou-se que as sementes de coentro poderiam aumentar a degradação do colesterol.
  • Amêndoas: são ricas em ácidos graxos insaturados, fibras, fitoesteróis e regulam enzimas relacionadas à síntese de colesterol.
  • Mirtilos: são ricos em antioxidantes, por isso podem ajudar a reduzir o colesterol ruim e aumentar o bom colesterol.

Nunca devemos basear a dieta em um único alimento, não importa quantos nutrientes ele possa ter. Devemos sempre manter a variedade e o equilíbrio para, assim, fornecer nutrição de qualidade ao corpo e obter bem-estar em longo prazo.

No caso de tomar qualquer tipo de medicamento para reduzir o colesterol, será necessário sempre seguir as instruções do médico e, antes de fazer alterações na rotina em relação a isso, consultar o profissional.

Pode interessar a você...
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
Descubra quais os níveis adequados de colesterol

Mantenha os seus níveis de colesterol controlados seguindo as seguintes dicas. Neste artigo, oferecemos informações valiosas sobre o assunto. Confira!



  • Niwa, R., & Niwa, Y. S. (2011). The Fruit Fly Drosophila melanogaster as a Model System to Study Cholesterol Metabolism and Homeostasis. Cholesterol. https://doi.org/10.1155/2011/176802
  • Cholesterol Binding and Cholesterol Transport Proteins: (2010). https://doi.org/10.1007/978-90-481-8622-8
  • Absorption, C. (2013). Cholesterol Absorption, Synthesis, Metabolism, and Fate. Marks’ Basic Medical Biochemistry: A Clinical Approach.
  • Orth, M., & Bellosta, S. (2012). Cholesterol: Its Regulation and Role in Central Nervous System Disorders. Cholesterol. https://doi.org/10.1155/2012/292598
  •  Gunness P., Gidley MJ., Mechanisms underlying the cholesterol lowering properties of soluble dietary fibre polysaccharides. Food Funct, 2010. 1 (2): 149-155.