Mejor con Salud
 

5 remédios caseiros para o alívio das úlceras estomacais

Além de recorrer a esses remédios naturais, é importante reduzir o consumo de alimentos que podem irritar a mucosa gástrica e piorar a condição das úlceras
5 remédios caseiros para o alívio das úlceras estomacais

As úlceras estomacais são lesões que o revestimento mucoso do estômago sofre devido à produção excessiva de sucos gástricos.

É uma condição que causa uma forte sensação de queimação no abdômen, assim como inflamação, refluxo e outros sintomas digestivos irritantes.

A maior parte do tempo isso é causado por uma infecção da bactéria H. Pylori, embora também esteja relacionado ao consumo excessivo de tabaco, álcool e alguns alimentos irritantes.

Embora nem todos os casos sejam sérios, é essencial tomar alguns cuidados para que eles não gerem outras complicações no corpo.

Felizmente, além de tratamentos farmacêuticos, existem alguns remédios naturais que ajudam a acelerar o processo de cura.

No próximo espaço, queremos compartilhar em detalhes os melhores 5 remédios caseiros para que você possa prepará-los quando enfrentar esse problema.

Anote aí!

1. Água quente com mel contribui para o alívio das úlceras estomacais

Água com mel contribui para o alívio das úlceras estomacais

O mel contém uma enzima conhecida como glicose oxidase, que ajuda a combater a infecção bacteriana que causa úlceras no estômago.

Ingredientes

  • 1 xícara de água (250 ml)
  • 2 colheres de sopa de mel orgânico (50 g)

Preparação

  • Aqueça o copo de água e adicione algumas colheres de sopa de mel orgânico.

Modo de consumo

  • Tome a bebida de estômago vazio, no mínimo por 2 semanas.

2. Chá de camomila e bálsamo de limão

Ao combinar as propriedades da camomila com o poder de cura do bálsamo de limão, podemos obter uma bebida natural contra os sintomas das úlceras estomacais.

Essas plantas concentram ingredientes ativos anti-inflamatórios e antibacterianos que, depois de serem assimilados no organismo, ajudam a acalmar a irritação causada por estas feridas.

Ingredientes

  • 1 xícara de água (250 ml)
  • ½ colher de chá de flores de camomila (2 g)
  • ½ colher de chá de melissa (2 g)

Preparação

  • Ferva um copo de água, depois adicione as plantas.
  • Deixe a bebida descansar por 15 minutos e coe.

Modo de consumo

  • Tome uma xícara de chá todas as noites após o jantar.
  • Repita o tratamento por 2 ou 3 semanas.

3. Suco de aloe vera

Suco de aloe vera contribui para o alívio das úlceras estomacais

O suco natural obtido a partir dos cristais de aloe vera é um dos aliados digestivos mais recomendados para o excesso de acidez e úlceras.

Seus compostos de cura, anti-inflamatórios e regenerativos ajudam a reparar a mucosa intestinal, acalmando a queimação e a irritação.

Ingredientes

  • 3 colheres de sopa de gel de aloe vera (45 g)
  • 1 colher de sopa de mel (25 g)
  • ½ xícara de água (125 ml)

Preparação

  • Adicione todos os ingredientes ao copo do liquidificador e processe por alguns minutos.

Modo de consumo

  • Tome a bebida depois de comer, no máximo 2 vezes ao dia.
  • Repita o tratamento uma vez por semana.

4. Suco de batata

Enquanto uma colher de sopa de suco de batata natural pode reduzir a queimação no estômago, o consumo diário de seu suco na água pode contribuir para curar úlceras em pouco tempo.

Este ingrediente reduz a inflamação no estômago e ajuda a regular o pH para interromper os efeitos negativos da acidez.

Ingredientes

  • 1 batata pequena
  • ½ xícara de água (125 ml)

Preparação

  • Pique uma batata pequena e misture no liquidificador com meia xícara de água.

Modo de consumo

  • Tome a bebida no primeiro sinal de queimação.
  • Tome pela manhã, por 10 ou 12 dias.

5. Água de sementes de linho

Sementes de linho contribuem para o alívio das úlceras estomacais

Conhecidas por suas propriedades de emagrecimento e digestivas, as sementes de linho são um bom complemento para o alívio das úlceras.

Suas fibras naturais impedem a constipação, enquanto seus ácidos graxos e aminoácidos ajudam a reparar o revestimento do estômago.

Elas são ideais para alimentar as bactérias saudáveis do intestino e, como se não fosse suficiente, ajudam a neutralizar os ácidos.

Ingredientes

  • 1 colher de sopa de sementes de linho (10 g)
  • ½ xícara de água (125 ml)

Preparação

  • Mergulhe as sementes de linho em meia xícara de água morna e deixe de molho durante a noite.

Modo de consumo

  • Na manhã seguinte, quando o ingrediente tiver liberado uma substância gelatinosa, coe a bebida e tome de estômago vazio.
  • Repita o tratamento todos os dias, no mínimo por 3 semanas.

Lembre-se de que, além de tomar esses remédios naturais, é essencial manter bons hábitos alimentares, evitando fontes de alimentos saturados de gordura, picante e outros alimentos irritantes.

É conveniente aumentar o consumo de água e distribuir as refeições em cinco ou seis porções por dia.

Tratamento natural para úlceras no estômago

Tratamento natural para úlceras no estômago

As úlceras no estômago, também denominadas “úlceras gástricas” são lesões na mucosa que recobre o estômago. Continue lendo para saber mais.



  • Čanadanović-Brunet J, Ćetković G, Djilas S, Tumbas V, Bogdanović G, Mandić A, Čanadanović V. Radical scavenging, antibacterial, and antiproliferative activities of Melissa officinalis L. extracts. Journal of Medicinal Food 2008; 11 (1): 133-143. Available at: https://doi.org/10.1089/jmf.2007.580. Accessed 01/26, 2019.
  • González Gascón R, del Dedo Torre P (2004). Actualización sobre el uso de miel en el tratamiento de úlceras y heridas. Caso clínico. Enfermería Global 2004; 4. Available at: https://revistas.um.es/eglobal/article/download/577/599/0. Accessed 01/26, 2019.
  • Hunt RH, Camilleri M, Crowe SE, El-Omar EM, Fox JG, Kuipers EJ, Tack J. The stomach in health and disease. Gut 2015. Available at: https://doi.org/10.1136/gutjnl-2014-307595. Accessed 01/26, 2019.
  • Kaithwas G, Majumdar DK. Evaluation of antiulcer and antisecretory potential of Linum usitatissimum fixed oil and possible mechanism of action. Inflammopharmacology 2010; 18 (3): 137-145. Available at: https://link.springer.com/article/10.1007/s10787-010-0037-5. Accessed 01/26, 2019.
  • Quintero Díaz M, Behar Hasday R, García Lima CE, Pupo Olivero D, Hernández Domínguez M, Díaz Elías J, Pérez Suárez F. Aloe gel viscoso® en el tratamiento de pacientes con úlcera duodenal y Helicobacter pylori positivo. Revista cubana de plantas medicinales 2009; 14 (4). Available at: http://scielo.sld.cu/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1028-47962009000400002. Accessed 01/26, 2019.