5 ervas que aumentam a libido

· 20 de julho de 2017
A ausência de libido pode acontecer por múltiplas causas, por isso, além de incluir estas ervas na rotina diária, é importante determinar sua origem para tratá-la de vários ângulos.

O efeito benéfico de algumas ervas pode servir para fins muito diversos, desde melhorar um processo digestivo lento bem como prevenir doenças crônicas e o câncer. Dessa forma, neste amplo leque de benefícios, descobrimos que existem ervas que servem para aumentar a libido de forma natural.

A libido é o impulso sexual determinado pelos hormônios sexuais que geram uma resposta ao sistema nervoso.

Esta carga de energia vital ligada ao sexo não só determina o nível de desejo em relação à outra pessoa, como também, além disso, determina se você vai desfrutar ou não da atividade sexual.

O desejo sexual é natural em todos, no entanto, algumas situações como o estresse do trabalho ou certas doenças fazem com que este impulso decaia.

Apesar de ser verdade que existem alguns medicamentos para isso, queremos recomendar algumas ervas que também podem aumentar a libido. Por serem naturais, seus efeitos colaterais serão mínimos ou nulos, por outro lado, os efeitos benéficos, serão quase imediatos.

1. Asparagus racemosus

Ervas para aumentar a libido

Conhecida como shatavari, é uma planta usada pela medicina ayurveda há muito tempo.

Ela sempre foi usada para melhorar a vitalidade feminina e aumentar o desejo sexual.

Não tem um efeito instantâneo mas, quando consumida de forma regular, melhora a energia vital e nutre os órgãos reprodutivos.

Dessa forma, a longo prazo, isso se traduz em um aumento da libido.

Segundo a medicina ayurveda, para que o desejo sexual exista a mulher deve estar serena, livre de qualquer estresse e manter uma dieta rica em nutrientes.

Esta erva para aumentar a libido é de uso feminino preferencialmente, pois também lhes são atribuídos benefícios durante a gravidez:

  • Maior produção de leite materno.
  • Fortalecimento do feto no útero quando a mulher já teve antecedentes de abortos espontâneos.
  • Estimula a fertilidade.
  • Balanceia a deficiência de estrogênio na mulher durante a menopausa.

Veja também: Como melhorar a pele durante a menopausa

2. Eurycoma longifolia

Conhecida como tongkat ali, é uma raiz de uma árvore da Malásia. Também recebe o nome de longjack.

Os efeitos benéficos dessa raiz incluem não só o aumento da libido, como também o equilíbrio hormonal.

Quando os hormônios estiverem em seus níveis normais ou altos, o corpo estará mais pré-disposto a desfrutar do sexo.

No caso dos homens, eles também obtêm um rendimento melhor, já que lhes outorga uma melhor e mais prolongada ereção, pois aumenta o nível de testosterona.

Outro aspecto que será beneficiado é a qualidade do esperma e sua fertilidade.

3. Cnidium Monnieri

Ervas para aumentar a libido

A terceira das ervas que aumentam a libido é de origem chinesa e foi utilizada durante anos para tratar a saúde reprodutiva e para aumentar o desejo sexual, tanto em homens quanto em mulheres.

Suas sementes são usadas para os casos de disfunção sexual e impotência nos homens. Como consequência, ela relaxa as veias e artérias do pênis para que se dilatem e haja um fluxo melhor de sangue por mais tempo.

No caso das mulheres há um aumento do fluxo de sangue que vai para o clítoris, por isso a sensibilidade na região aumenta.

4.  Ginseng

O ginseng é uma grande fonte de energia e um vasodilatador que, desse modo, melhora a qualidade das ereções nos homens, graças ao fato de que aumenta a liberação de óxido nítrico e o fluxo sanguíneo.

Um dos componentes naturais do ginseng, chamado ginsenósido, aumenta a libido por seu efeito similar ao da testosterona. Vale mencionar que nem todos os tipos de ginseng têm este efeito, pois alguns têm propriedades sedativas.

O ginseng indicado para tratar alguma disfunção e aumentar a libido é o ginseng coreano ou vermelho. Sendo assim, a quantidade recomendada para perceber os benefícios vai de 0,5 a 3 gramas por dia.

Você pode consumi-lo em infusão, ralado ou como ingrediente de seus alimentos favoritos. Mas lembre-se que se o consumir em excesso, poderá apresentar:

  • Dores de cabeça;
  • Enjoos;
  • Aumento da pressão arterial;
  • Mudanças de humor.

Se você não é acostumado ao ginseng, talvez seja uma boa ideia incluí-lo pouco a pouco para se se acostumar.

Recomendamos também o artigo: Deliciosa bebida matinal para controlar a pressão alta

5. Canela para aumentar a libido

Canela para aumentar a libido

A canela é inegavelmente usada como afrodisíaco natural e pode ser adicionada na alimentação das pessoas que têm pouco ou baixo desejo sexual. Esta especiaria ajuda a ter uma irrigação sanguínea maior na região abdominal.

Como resultado do que foi dito antes, a canela ajuda a aumentar o fluxo sanguíneo na região genital tanto para homens quanto para mulheres.

Uma das melhores propriedades da canela é que ela não tem efeitos secundários. Entretanto, se você sofre de pressão arterial alta, é melhor consumi-la em quantidades mínimas e sempre avisando ao seu médico.

Por que é importante tratar os problemas de libido?

O desejo sexual ou libido é parte da vida de todos, não só por sua finalidade reprodutiva, como também pela felicidade pessoal. A realidade é que alcançar a plenitude sexual é necessário para se ter uma boa qualidade de vida.

Sendo assim, se você está experimentando problemas sexuais, comece por falar com seu parceiro. Na maioria das vezes, basta fazer algumas mudanças. No entanto, se não for o suficiente, experimente estas ervas e converse com o seu médico.