5 dicas para evitar que os sapatos novos machuquem

Comprou sapatos novos e eles machucam? Mostramos como solucionar este problema com simples truques para fazer em casa. 

Comprar sapatos é algo que muita gente gosta. No entanto, ao usá-los nas primeiras semanas, a sensação costuma se tornar bem menos prazerosa devido a dor e aos incômodos que estes causam. Se você deseja evitar seus sapatos novos machuquem, recomendamos seguir estes conselhos.

Com frequência acontece o seguinte: apesar de ter sapatos novos, continuamos usando os mesmos de sempre. Isso é motivado pela dor, os calos e o incômodos que o novo par pode causar.

Se você comprar algo, é para poder desfrutá-lo. De forma alguma deveria ser uma dor de cabeça querer ficar bem para trabalhar ou para um evento social.

Para solucionar este penoso conflito, oferecemos alguns conselhos para evitar que seus sapatos novos machuquem. Teste-os e fique com o mais efetivo para resolver seu problema. A rua espera você e seu sapato, que tanto gosta!

5 truques para evitar que os sapatos novos machuquem

Pè com bolha por causa de um sapato novo

A principal causa da dor que os sapatos geram é sua dureza. Provavelmente passará um tempo até que amoleçam e se amoldem ao pé do portador. No meio tempo, melhor tomar certas precauções.

1. Usar um curativo adesivo

Sim, parece uma saída fácil demais. No entanto, não quer dizer que não funcione. Cole um curativo adesivo ou esparadrapo na zona do calcanhar, que é a geralmente área afetada pelos sapatos novos.

Tente usar um curativo que seja maior do que a zona que o sapato roça no calcanhar. Do contrário, ele se perderá em poucos minutos e seu efeito será nulo.

Recomendamos ler: 7 soluções para evitar que os sapatos machuquem

2. Meias grossas com secador

É um truque muito útil e muito simples. Em casa, coloque os sapatos com as meias mais grossas que tiver, de modo que ocupem bem todo seu espaço.

Depois, passe o secador de cabelo pelas partes onde mais aperte. O ar quente fará com que se amoleçam e estiquem. Se for necessário, não hesite em repetir o processo várias vezes.

3. Talco para bebê

Colocar talco ajuda a evitar que os sapatos novos machuquem

Outra saída rápida, mas que funciona. Colocar talco para bebê nas áreas do pé onde o sapato cause dor reduzirá a fricção e, consequentemente, os calos. O desodorante em barra também pode cumprir uma função similar.

4. Tiras de silicone

Em lojas de sapatos ou de ortopedia você pode comprar tiras de silicone para colocar nos calcanhares do sapato. Desta maneira, suavizará a fricção contra a superfície dura, assim poderá evitar os machucados pelos sapatos novos.

5. Esticá-los com água em seu interior

Esta última medida é algo controverso, dado que muitos duvidam de seus possíveis benefícios. No entanto, muita gente diz que funciona. Coloque uma bolsa de água quente no interior dos sapatos. Tenha certeza de que não existam perdas na bolsa.

Depois, deixe o calçado toda a noite no congelador. Acontecerá que a água se expandirá por toda a sua superfície e até ganhará volume ao se converter em gelo. Como consequência, seus sapatos se esticarão levemente cada vez que repetir o procedimento.

Uma medida mais simples, mas também efetiva, é usar os sapatos de maneira progressiva para amolecê-los pouco a pouco. Use-os durante uma hora ou duas estando em casa, ou no trabalho se puder levar outros para mudar. Desta forma, a medida que for aumentando o tempo de uso, prevenirá machucados e se sentirá mais cômodo com eles.

Outra recomendação será levá-los a um sapateiro para colocar uma forma que os alargue. Também poderá colocar algo que acolchoe a área do atrito e assim evitará que os sapatos novos machuquem.

Como escolher um bom sapato?

Não precisamos dizer que um bom sapato tem que ser do tamanho adequado. Isso implica que deve ter pelo menos um centímetro entre o dedão e a ponta do calçado.

Logo, procure escolher aqueles de melhor qualidade, já que costumam machucar menos, e que estejam devidamente acolchoados e forrados. Se contar com uma palmilha ultra macia, que balanceia as cargas do pé, muito melhor.

Em última instância, é necessário relembrar a importância deste item final. Se você não está certo da qualidade de um calçado ou se notar que tem algo que irá doer, não compre. Certamente terão outras alternativas e se poupar da dor dos primeiros usos é motivo suficiente para tomar um tempo para buscar mais.

Recomendados para você