10 costumes dos casais felizes

16 de janeiro de 2019
Ainda que muitas vezes não o levemos em conta, o contato das mãos produz sensações prazerosas que ajudam a conservar a felicidade e a essência dos casais.

Ouvimos dizer que os casais são felizes quando conseguem manter a essência, o amor e os bons costumes apesar de passar por dificuldades. As relações nunca são fáceis e requerem mais do que amor para ser algo duradouro ou para toda a vida.

Embora não exista uma fórmula mágica para conservar a felicidade em um casal, Mark Goulston, psiquiatra, consultor e conferencista internacional, revelou para a revista científica Psychology Today os 10 bons costumes que os casais felizes mantêm, e que de uma forma ou de outra ajudam a fortalecer os laços sentimentais entre eles.

10 costumes dos casais felizes

Ir dormir na mesma hora

Quando a relação está começando, é muito normal que ambos sintam ansiedade para ir dormir juntos e compartilhar este momento especial. Conservar este hábito apesar do passar dos anos é um dos segredos para fortalecer a relação e manter a felicidade.

Goulston sugere que o diálogo e o toque da pele que se produz quando ambos vão dormir juntos contribui para melhorar a comunicação entre o casal e ajuda a não perder o desejo sexual.

Leia também: O amor segundo o seu tipo de personalidade

casais-felizes

Cultivar interesses em comum

Na medida em que o casal se conhece mutuamente, vai percebendo de que pode ter poucos interesses em comum. Isso não quer dizer que os casais não possam ser feitos um para o outro, muito pelo contrário, pode ser uma oportunidade para começar a fazer atividades juntos e sair da rotina.

Além disso, para que a relação não se torne algo dependente para os dois, é muito importante respeitar os espaços e conservar aquelas atividades que cada um faz por conta própria.

Recomendamos a leitura: Você sabia que a posição em que um casal dorme diz muito sobre a relação?

Caminhar de mãos dadas

Ainda que muitas vezes não nos demos conta, através das mãos podemos estabelecer uma conexão única com a outra pessoa. O contato das mãos produz sensações prazerosas que ajudam a conservar a felicidade e a essência dos casais.

A recomendação de Goulston é andar sempre de mãos dadas, em vez de ficar um atrás do outro, seja porque caminha mais devagar ou porque para sempre para olhar algo.

casais-felizes

Confiar e perdoar

A união dos casais pode ser afetada por desacordos, discussões, brigas, desentendimentos, irritações e todas estas coisas que momentaneamente parecem não ter solução.

Para não deixar que isso afete a felicidade de ambos, é muito importante aprender a dialogar e controlar os sentimentos negativos antes de lançar palavras ofensivas ou fazer algo que na realidade não se quer.

Focar nas qualidades do parceiro

Ressaltar os defeitos do parceiro não é nada saudável e só irá destruir a relação. É muito importante focar nas qualidades e tratar se ressaltá-las sempre que for possível.

Ao buscar somente coisas boas, a relação se enche de energias positivas e afasta as brigas.

Abraçar ao se reencontrar

O poder dos abraços é incrível, e mais ainda quando se trata de um casal. Segundo o especialista, “a pele tem memória de boas carícias (amor), carícias ruins (abuso) e ‘sem carícias’ (descuido)”.

Obviamente, nas relações felizes predominam as boas carícias e estão presentes, por exemplo, depois de um dia exaustivo de trabalho, alguns dias de ausência ou em um momento repentino.

Dizer “te amo” e “bom dia” todas as manhãs

Para começar o dia da melhor maneira e cultivar valores como a paciência, o respeito e o afeto, nada melhor que repetir estas duas frases todas as manhãs.

Embora tudo deva ser demonstrado com atitudes, o poder da palavra também fortalece, dá ânimo e renova os votos uma e outra vez.

Dar boa noite

Dizer “boa noite” é uma ótima forma de terminar o dia, demonstrando que se deseja o melhor para o outro, apesar das dificuldades de cada dia, do cansaço ou dos possíveis problemas que tenham surgido durante a jornada.

Ligar durante o dia

As chamadas ou as mensagens de texto não devem ser uma forma de controle sobre o parceiro. O especialista afirma que este é um hábito que mantém a cumplicidade e conexão quando ambos não podem se ver fisicamente.

Casais-felizes

Sentir orgulho de serem vistos como casal

Os casais felizes costumam demonstrar seu amor no âmbito social e quando se encontram em público.

Sem chegar a incomodar as pessoas que os rodeiam, os casais costumam ficar de mãos dadas, dar um beijo, compartilhar um abraço ou dedicar-se a qualquer outra demonstração de carinho para demonstrar que há uma conexão muito especial entre ambos.