Remédios naturais para a clamídia

15 de janeiro de 2020
No caso de ter clamídia, é essencial seguir as instruções do médico e evitar o uso de remédios caseiros, pois podem interferir na estratégia do profissional e causar reações adversas e complicações.

Por isso  é difícil que nos proponhamos a uma consulta ao médico, a menos que percebamos algumas das características desse distúrbio, como desconforto ou dor na área genital.

O que é clamídia?

Bactérias de clamídia

A clamídia é uma das doenças sexualmente transmissíveis mais comuns nos países industrializados. Seu nome e origem são determinados pela bactéria Chlamydia trachomatis, que pode afetar homens e mulheres.

É essencial combater a clamídia a tempo, para evitar que ela cause outras infecções mais sérias ou infertilidade. Com o tratamento certo poderemos nos curar desse transtorno, recuperar nosso bem-estar e retomar a vida sexual.

No entanto, para isso é importante conhecer seus sintomas:

  • Micção dolorosa, ou durante a relação sexual.
  • Dor no baixo ventre, no ânus, ou nos testículos.
  • Alterações no corrimento vaginal, que pode ser mais escuro e ter um cheiro mais forte.
  • Secreções do pênis e do reto.
  • Sangramento fora do período menstrual.
  • Infecções nos olhos
  • Dor de garganta.
  • Febre

Tratamento de clamídia

Os especialistas da Medline nos explicam que “a infecção é curada com antibióticos”. Você pode tomá-los em uma dose única ou pode tomar remédios por sete dias. Antibióticos não curarão nenhum dano permanente causado pela doença. Eles também esclarecem que:

  • A infecção pode ser contraída novamente, por isso é necessário fazer um teste após cerca de três meses (após o término do tratamento).
  • Durante o tratamento, não é recomendável fazer sexo. Caso contrário, o parceiro poderá ser infectado.
  • Caso o parceiro tenha sido infectado, também deverá receber tratamento médico.

Para muitos especialistas em saúde, a melhor medida é a prevenção. Portanto, é aconselhável usar corretamente os preservativos de látex e manter uma boa higiene antes e depois do sexo.

Descubra: Antibióticos de amplo espectro: para que servem

Remédios para clamídia: melhor não usá-los

No campo popular, alguns remédios naturais para a clamídia foram recomendados. No entanto, nenhum deles tem base científica e não são recomendados do ponto de vista médico. De fato, os especialistas em saúde recomendam não usá-los, pois aumentam o risco de reações adversas.

Não há remédio que possa tratar ou curar a clamídia. Portanto, é melhor seguir as instruções do médico.

A aplicação de água com ervas, um óleo essencial ou suco de limão pode ser prejudicial e levar a complicações. Então, é melhor se abster de utilizar tais preparações e, em vez disso, concentrar-se em ter um estilo de vida saudável e seguir o tratamento prescrito pelo médico.