Tratamento caseiro para as unhas encravadas do pé

· 4 de abril de 2015
O limão e o sal atuam como desinfetantes e anti-inflamatórios, e por isso podem nos ajudar a reduzir os incômodos causados pelas unhas encravadas do pé.

Quando a pele que rodeia a unha aparece avermelhada e inflamada, além de ser incômoda ou dolorida quando tocamos nela, provavelmente estamos sofrendo com unhas encravadas, que pode até levar à uma infecção. Confira alguns tratamentos naturais para as unhas encravadas do pé.

Neste artigo, vamos explicar o que é, por que surge e quais são alguns remédios naturais para tratá-la em casa.

O que são as unhas encravadas do pé?

Quando percebemos que a pele nas bordas da unha fica avermelhada ou até infectada, é possível que tenhamos uma unha que se incrustou na carne que a rodeia. O mais comum é que isso ocorra no dedão do pé, mas pode acontecer em qualquer dedo.

A seguir, falaremos sobre o motivo para a sua ocorrência.

Por que surgem as unhas encravadas do pé?

Não há uma única causa para as unhas encravadas. Os motivos mais habituais são os seguintes:

  • Sapatos desconfortáveis que nos apertam e não se ajustam bem, principalmente se praticamos esportes ou fazemos atividades que exigem movimentos ou ficar de pé com frequência.
  • Unhas que não tenham sido cortadas corretamente.
  • Questões físicas do , como deformações ou formatos especiais dos dedos, que podem causar uma pressão adicional sobre os outros dedos do pé. É importante ter em mente que algumas pessoas, por questões genéticas, nascem com as unhas dos pés curvadas, grandes demais ou com tendência a crescer para baixo. Por isso, existem pessoas que sofrem com frequência com este problema, apesar de usar um sapato adequado e cortar as unhas corretamente.

Tratamento para unhas encravadas do pé

Quando ir ao médico?

Ainda que você possa seguir as recomendações de tratamento caseiro e natural que daremos a seguir, as pessoas que sofrem de diabetes, lesões nos pés, tornozelos e pernas ou possuem má circulação nos pés deveriam, primeiramente, consultar um médico, podólogo ou dermatologista. Também é importante consultar um médico quando percebermos que há pus embaixo da inflamação, já que as infecções devem ser tratadas o mais rápido possível.

Finalmente, se as unhas costumam encravar com frequência e não encontrarmos a causa, um médico também pode nos ajudar a resolver este problema.

Leia também: Alho amassado para aliviar unhas encravadas

Tratamento natural

Este é um método caseiro, simples e natural para tratar as unhas encravadas:

  • Submerja o pé afetado em água quente várias vezes ao longo do dia, por pelo menos três dias. Deixe-o assim por alguns minutos e depois seque bem o pé.
  • Massageie com suavidade a área afetada com a ajuda de um pouco de azeite de oliva ou óleo de amêndoas. Se tivermos tendência a infecções, podemos acrescentar também uma gota de óleo essencial de melaleuca, que possui propriedades antibióticas.
  • Pegue um pouco de algodão ou fio dental, umedeça-o e tente posicioná-lo com paciência debaixo da unha afetada.
  • Quando notar alguma melhora na região depois de realizar várias vezes este processo, repita estes passos e corte a unha com cuidado, usando um instrumento totalmente limpo e afiado.
  • Corte a unha de maneira reta, deixando-a quadrada e sem recortá-la em excesso. As partes que estiverem mais encravadas devem ser evitadas para que possam ir melhorando lentamente.

Água de tomilho

A técnica anterior pode ser ainda mais eficaz se, em vez de usarmos somente água, usarmos uma infusão de tomilho.

O tomilho é uma planta medicinal com diversos benefícios. Entre eles, nos ajuda a combater as inflamações, as infecções e alivia a dor, por isso é o remédio ideal para tratar as unhas encravadas.

Vamos preparar uma infusão com um copo de água e duas colheres de tomilho. Ferva durante 5 minutos e deixe repousando por mais 5 minutos. Usaremos esta infusão da forma como destacamos no ponto anterior.

Tratamento com ervas para unhas encravadas

Remédio de limão e sal para as unhas encravadas do pé

Se a técnica anterior não funcionar, podemos tentar também um antigo remédio muito eficaz e econômico, já que só vamos precisar de meio limão e um pouco de sal.

Faremos um buraco no centro do nosso meio limão, vamos colocar um pouco de sal marinho e o colocaremos no dedo afetado. Deixe agir durante 20 minutos. Faça isso diariamente até que o dedo fique curado.

Tanto o limão quando o sal atuam como desinfetantes e possuem propriedades anti-inflamatórias.