Sair de um relacionamento tóxico é possível?

· 25 de novembro de 2018
Para sair de um relacionamento tóxico, é importante aceitar o problema e buscar apoio emocional com amigos e familiares. Além disso, você deve fortalecer sua autoestima para que não se sujeite mais a esses comportamentos nocivos.

Para sair de um relacionamento tóxico, é importante aprender a identificar esses comportamentos nocivos e que interferem no seu bem-estar. Embora todos os casais passem por momentos de crise, há situações que ninguém deve tolerar.

O problema é que colocar um ponto final na relação nem sempre é fácil, pois há muitos sentimentos envolvidos e que, de fato, às vezes são manipulados. Além disso, ao idealizar a outra pessoa, acabamos pensando que seus comportamentos são normais ou que ela pode mudar.

Porém, longe da realidade, manter esse tipo de relação só produz um desgaste emocional que pode deixar sequelas graves. Por isso, mesmo que seja doloroso aceitar, o melhor a fazer é terminar o relacionamento e buscar a tranquilidade.

Por que é difícil sair de um relacionamento tóxico?

As pessoas que estão vivendo um relacionamento tóxico geralmente não estão cientes disso. Embora os amigos e familiares insistam em dizer que não se trata de uma relação normal, a vítima se nega a admitir o problema ou tenta justificá-lo de diversas maneiras. Por que isso ocorre? Vejamos alguns motivos:

  • A paixão faz com que a pessoa acredite que seu parceiro pode mudar o mau comportamento ou que é apenas algo passageiro.
  • A pessoa manipulada tem uma autoestima muito baixae aguenta todo o sofrimento porque acredita que ninguém mais vai querer ficar com ela.
  • A pessoa tóxica é manipuladorae se aproveita das fraquezas da outra para justificar seu comportamento.
  • medo da solidão cria uma dependência emocional que impede que a vítima tome uma atitude e deixe essa relação nociva para trás.
  • Existe o medo da reação da outra pessoa, principalmente quando se trata de alguém com comportamento violento.

Recomendamos que você leia também: Como saber se estou em um relacionamento tóxico?

Como identificar um relacionamento tóxico?

Em um relacionamento tóxico há muitas discusões

O primeiro passo para sair de um relacionamento tóxico é aprender a reconhecer as condutas ou ações erradas. Se uma ou ambas as pessoas estão infelizes ou tem medo ou ansiedade em estar com a outra pessoa, é porque se trata de uma relação tóxica, em que há algo seriamente errado.

Naturalmente, é normal ter discussões esporádicas dentro de um relacionamento sem que isso indique que há problemas graves. No entanto, se as brigas são constantes ou se ultrapassam os limites, é preciso saber como aceitar para poder agir a respeito.

Um relacionamento é tóxico quando tem uma ou mais características dentre as que mencionaremos abaixo:

  • Há dependência emocional de uma ou ambas as partes.
  • Não há respeito, apenas muitas agressões verbais.
  • O ciúme é incontrolável.
  • Uma ou ambas as pessoas são possessivas e controladoras.
  • Um dos parceiros não oferece apoio, apenas deprecia e impede o crescimento pessoal da outra pessoa.
  • Há ataques constantes contra a autoestima.
  • Há chantagem emocional, financeira ou familiar.
  • Há constantes ameaças de um parceiro.
  • Há episódios repetidos de violência física ou psicológica.
  • Perda de privacidade e das relações sociais

O que pode ser feito para sair de uma relação tóxica?

Como já mencionamos, há muitos fatores que impedem uma pessoa de sair facilmente de um relacionamento tóxico. No entanto, também não é impossível, e ambas as partes podem superar o ocorrido se entenderem que o que estão vivendo não está certo. A seguir, compartilharemos algumas estratégias:

Tomar consciência

Mulher triste

O primeiro passo que qualquer pessoa deve dar é tomar consciência sobre o que está acontecendo. Saber reconhecer que há um problema e que o relacionamento não traz felicidade é essencial para tomar uma decisão definitiva. Caso contrário, a “cegueira do amor” impedirá a busca pelo bem-estar.

Perder o medo

O medo é uma das maiores barreiras quando uma pessoa deseja sair de uma relação tóxica. Ter medo do que pode vir após o término faz com que as pessoas acreditem, ao menos por um tempo, que é melhor ficar assim. Embora o futuro seja incerto, perder o medo é a única forma de superá-lo.

Cortar o mal pela raiz

Quando não há mais possibilidade de diálogo, é melhor terminar de uma vez, sem que haja discussões ou agressões. Haverá um período de “desintoxicação”, onde é importante evitar qualquer emoção negativa.  Então, ao decidir colocar um ponto final, você também deve evitar qualquer tipo de contato.

Descubra: Como reconhecer relacionamentos abusivos

Buscar apoio externo

Pessoa desabafando com amiga

apoio constante de familiares e amigos é fundamental ao sair de uma relação tóxica. Sentir que há outras pessoas do seu lado ajudará a superar o medo, as tristezas e toda essa confusão oriunda do ocorrido.

Aceite a dor

Você compartilhou muito tempo e experiências com a outra pessoa, o que pode trazer um sentimento de dor ou tristeza ao terminar a relação. No entanto, isso faz parte do processo de superação e é normal vivê-lo para conseguir aceitá-lo.

Trabalhe sua autoestima

Concentrar-se em projetos próprios, fazer exercícios físicos e se cercar de pessoas positivas são maneiras de trabalhar a autoestima. Muitas vezes, após passar por um relacionamento tóxico, a autoestima e a autoconfiança ficam no chão. Portanto, é essencial dedicar tempo para recuperá-las.

Pratique técnicas de relaxamento

Para sair de um relacionamento tóxico você precisa ter a mente clara

As técnicas de relaxamento são de grande ajuda para ajudar a sair de um relacionamento tóxico. Exercícios de respiração, ioga ou massagens ajudam a controlar o nervosismo, o medo e a ansiedade, que geralmente perduram ao encerrar esse momento.

Você está em um relacionamento tóxico e não sabe como sair dele? Siga essas recomendações. Embora precise de coragem e apoio, você será capaz de superá-lo. Lembre-se de que se você não der este passo, perderá a oportunidade de encontrar outro caminho que leve à felicidade.