Remédios naturais e eficazes para tratar os sintomas da gota

15 de julho de 2018
As dores nas articulações podem se tornar um verdadeiro pesadelo. Comer de forma saudável, praticar esportes e evitar a ingestão de álcool ajudará a melhorar problemas como a gota.

Saiba como tratar os sintomas da gota, uma doença causada pelo acúmulo de cristais microscópicos de ácido úrico nas articulações. Esses cristais formam aglomerados salientes embaixo da pele ou são depositados no trato urinário.

Neste artigo vamos falar sobre a gota, suas causas e sintomas. Nós também lhe daremos dicas que serão muito úteis e remédios naturais para evitar o desencadeamento deste problema.

Causas da gota

As razões pelas quais esta doença se desenvolve são:

  • Aumento do ácido úrico no sangue
  • Obesidade
  • Hipertensão arterial
  • Ingestão excessiva de alimentos precursores do ácido úrico (frutos do mar, por exemplo)
  • Abuso do álcool
  • Em alguns casos, cansaço e estresse emocional

A constante destruição e formação de células, assim como a ingestão de certos alimentos, produzem uma certa quantidade de ácido úrico no sangue. O organismo o elimina graças à função excretora dos rins.

Veja também: Como tratar o excesso de ácido úrico com 5 remédios caseiros

Homem sofrendo com sintomas de gota

No entanto, quando isso não acontece, o nível de ácido úrico aumenta de forma anormal. Isso se traduz em cristais que são depositados nas articulações, levando a episódios de dor aguda.

Sintomas

A gota pode apresentar sintomas diferentes, dependendo da fase dos cristais:

  • Inicialmente, apenas uma ou várias articulações são afetadas. Geralmente são aquelas do dedão do pé, joelho ou tornozelo.
  • Este ataque de gota pode desaparecer dentro de alguns dias, mas pode retornar de vez em quando.
  • Em termos gerais, a dor geralmente ocorre à noite e é caracterizada por ser opressiva e até mesmo insuportável.
  • A articulação afetada fica quente e corada (inflamada) e geralmente sensível e inchada.
  • Também pode haver febre.

Após o primeiro ataque de gota, os sintomas também desaparecem. No entanto, muitas pessoas que sofrem desta doença podem sofrer outro ataque nos 6 ou 12 meses seguintes.

Por outro lado, algumas pessoas podem desenvolver gota crônica, que é chamada de artrite gotosa. Em relação aos sintomas, podemos destacar o dano articular e a perda de mobilidade nessas articulações, que serão mais prolongadas do que os sintomas da gota aguda.

Por fim, podem se desenvolver tofos (nódulos sob a pele ao redor das articulações ou em locais como os cotovelos, pontas dos dedos ou orelhas). Às vezes, substâncias esbranquiçadas podem aparecer, embora apenas naqueles pacientes que tiveram a doença por muitos anos.

Tipos de gota

A classificação desta doença é resumida em três tipos:

  • Aguda: condição dolorosa que normalmente afeta apenas uma articulação.
  • Crônica: quando episódios de dor são repetitivos e causam inflamação. Nesse caso, mais de uma articulação costuma ser afetada.
  • Pseudogota: doença devida ao depósito de cristais de pirofosfato de cálcio dihidratado. É um distúrbio caracterizado por ataques intermitentes de dor e artrite, causados ​​pelo acúmulo desses cristais.

Prevenção

Você pode evitar os fatores que desencadeiam os sintomas.

  • É aconselhável beber muito líquido (evitando bebidas alcoólicas) e manter uma alimentação rica em cereais, amidos e legumes.
  • A ingestão de purinas (que podem ser encontradas em frutos do mar, carne vermelha e peixe azul) deve ser reduzida.
  • Quanto ao uso de medicamentos, uma baixa dose diária de colchicina pode prevenir ataques ou, pelo menos, reduzir sua frequência.

Remédios naturais para tratar os sintomas da gota

1. Infusão de urtiga verde

A urtiga verde é uma planta muito diurética, por isso é altamente recomendada quando os níveis de ácido úrico no sangue são superiores aos valores considerados normais.

Ingredientes

  • 1 colher de sopa de urtiga verde (15 g)
  • 1 xícara de água (250 ml).

Preparação

  • Aqueça a água juntamente com a urtiga verde e espere ferver.
  • Quando começar o primeiro fervor, desligue e deixe descansar alguns minutos.
  • Finalmente, despeje em uma xícara e beba. É importante beber 2 ou 3 xícaras por dia.

2. Infusão de dente-de-leão, coroa-de-frade e anis verde para a gota

Chá de dente-de-leão

O dente-de-leão possui propriedades diuréticas e depurativas, a coroa-de-frade tem um efeito protetor nos casos de gota e o anis verde possui propriedades anti-inflamatórias. Assim, eles nos ajudarão a eliminar o ácido úrico do sangue, combatendo a gota.

Leia também: 5 remédios caseiros com anis-estrelado que você vai gostar de conhecer

Ingredientes

  • 1 colher de dente-de-leão (15 g)
  • 1 colher de sopa de flores de coroa-de-frade (15 g)
  • 3 xícaras de água (750 ml)
  • 1 colher de sopa de anis verde (15 g)

Preparação

  • Aqueça a água e adicione as ervas.
  • Espere até a primeira fervura e desligue.
  • Deixe descansar 5 a 7 minutos antes de servir em um copo e ingerir.
  • É importante tomar esta infusão 3 vezes ao dia.
Recomendados para você