O que podem indicar as pequenas protuberâncias nos mamilos?

25 Novembro, 2019
As Glândulas de Montgomery são pequenas glândulas sebáceas inofensivas. No entanto, se você está preocupado ou considera que pode ter algum problema, o mais recomendável é você procurar um médico.

Com certeza você já notou pequenas protuberâncias nos mamilos que podem mudar ligeiramente de aparência ao longo do tempo. Elas são inofensivas? Por que aparecem? Já vamos te adiantar para não se preocupar.

Saiba mais a respeito a seguir.

No desenvolvimento de uma mulher, seu corpo experimenta uma grande variedade de mudanças. Elas podem aparecer ou desaparecer com o passar do tempo, muitas vezes sem que ela sequer note. Essas variações podem ser mais frequentes na região dos seios. Por isso, torna-se necessário aumentar ainda mais a atenção diante de qualquer tipo de anormalidade, como:

  • Acne
  • Nódulos
  • Sudorese
  • Sensibilidade
  • Mamilo invertido
  • Rigidez

Ainda que a maioria desses sintomas não impliquem um risco para a saúde, é bom se informar para estar atenta a qualquer mudança. Por isso, se alguma vez você se perguntou o que indicavam as pequenas protuberâncias no mamilo, neste artigo falaremos sobre as respostas, não perca!

“As glândulas Morgagni ou Montgomery são cada um dos diversos nódulos pequenos e suaves situados na superfície das aréolas das mulheres. Eles são constituído por glândulas sebáceas imediatamente abaixo da superfície areolar”

-Dicionário Mosby-

O que são exatamente as protuberâncias nos mamilos?

Essas saliências são melhor conhecidas como glândulas de Montgomery. São pequenas glândulas sebáceas que estão localizadas tanto na aréola quanto no mamilo.

As glândulas de Montgomery são conhecidas por ajudar a manter os mamilos lubrificados e em boas condições, já que produzem óleos naturais que ajudam a controlar o Ph e proteger o mamilo de qualquer infecção. Por isso, têm funções antibacterianas.

É normal ter protuberâncias nos mamilos?

Sim. Trata-se de algo completamente normal. Todas as mulheres nascem com eles (apresentam entre 4 e 28 no total, para ser mais preciso) e seu tamanho e grossura nem sempre será igual em todos os casos. Além disso, podem passar por mudanças devido aos seguintes motivos:

  • Estresse
  • Gravidez
  • Menstruação
  • Mudanças hormonais

Nesses casos, podem se fazer notar mais facilmente à vista e também ao tato. No entanto, essas glândulas ou “protuberâncias” não são sensíveis, nem causam dor. Da mesma forma, no momento em que esses processos terminam, as glândulas voltam ao seu tamanho normal.

Que cuidados devemos ter com as protuberâncias nos mamilos?

Apesar dessas glândulas serem naturais, é preciso ter cuidado para não afetar suas funções e manter o mamilo o mais protegido possível.

1. Mudar o sutiã

É importante mudar de sutiã quando se tornar perceptível que os seios começam a crescer e as protuberâncias começam a aparecer ou aumentar de tamanho. Assim, evitaremos as irritações e danos ao mamilo.

  • A saúde de seus seios será prejudicada se você os comprimir, portanto, recomendamos mudar de sutiã quando começar a notar que está apertado.

As mulheres grávidas costumam ter maior sensibilidade nas mamas e, por isso, também nos mamilos. Por isso, é importante usar sutiãs naturais, sem aros metálicos ou peças que possam afetá-los.

Mulher abrindo o sutiã

2. A higiene é fundamental

A região dos seios pode apresentar muito suor por causa das temperaturas e da fricção. É importante higienizar os seios com um sabonete de pH neutro para evitar assim a alteração das glândulas mamárias e de Montgomery.

Isso não só manterá a região limpa e livre de bactérias, como também ajudará a eliminar o suor, as secreções e a acne. Além disso, é recomendável usar um creme hidratante adequado para manter a pele em bom estado e, assim, evitar problemas causados pela secura ou algo semelhante.

Por último, é importante destacar que estas protuberâncias não geram nenhum perigo para a saúde, pelo contrário, só trazem benefícios. Sendo assim, não se preocupe e consulte sempre seu médico antes de realizar qualquer procedimento.

  • Diccionario Mosby – Medicina, Enfermería y Ciencias de la Salud, Ediciones Hancourt, S.A. 1999.