Padre decide abandonar batina para viver um grande amor

Conheça a história de Riccardo, um padre italiano que decidiu abandonar a batina para viver um grande amor.
Padre decide abandonar batina para viver um grande amor

Última atualização: 24 março, 2022

É fato que muitas vezes o amor aparece sem avisar, quando menos esperamos. Ninguém está imune a esse sentimento, inclusive aqueles que juraram nunca se relacionar. Às vezes precisamos tomar decisões difíceis em nome da paixão, como na história que contaremos hoje, de um padre que decide abandonar a batina para viver um grande amor.

O padre italiano Riccardo Ceccobelli precisou escolher entre seus votos à Igreja Católica ou uma vida fora do celibato para viver um grande amor.

A decisão de abandonar a batina para viver um grande amor

Depois de refletir e analisar muito seus próprios sentimentos e desejos, ele decidiu que queria estar com Laura, a mulher que despertou o amor em seu coração. Em sua última missa na igreja de Massa Martana, na cidade italiana de Todi, ele anunciou aos fiéis que estava apaixonado e escolhera viver esse amor, oficializando assim sua decisão.

“Eram 11h27 de domingo, no dia 11 de abril, o céu chorava e eu chorava. Ia guiando com pressa em direção a Massa Martana para a última missa da minha vida, a última missa celebrada por mim, quero dizer. Estava com pressa, mas a dada altura uma carroça que carregava uma oliveira surgiu na minha frente. O veículo movia-se lentamente e eu queria ultrapassá-lo. Então, veio-me à mente a história que aprendi na catequese quando era pequeno: a planta que é movida, um dia dará frutos noutro lugar. Aqui, agora, sinto-me como aquela oliveira. Estou em movimento. Para mim, foi um sinal de Deus”.

Riccardo definitivamente não esperava se apaixonar. Aos 41 anos de idade, e após dedicar metade de sua vida à igreja e ao sacerdócio, ele foi pego de surpresa pelo amor, mas decidiu se abrir às oportunidades que Deus havia colocado em seu caminho.

“O meu coração apaixonou-se. Nunca traí as promessas que fiz, mas quero tentar viver esse amor. Não consigo ser coerente, transparente e correto com a Igreja como tenho sido até agora. Nunca saí com ela como namorada, mas pela Laura desisto da batina. Eu esperava que ela encontrasse um namorado, mas a cada dia que passava ficava pior. Dentro de mim, continuarei a ser um padre”.

A história de Riccardo se tornou notícia no mundo todo, e muitas pessoas se sentiram tocadas pela honestidade e humildade do agora ex-padre, que recebeu diversas mensagens de apoio, até mesmo de Dom Gualtiero Sigismondi, seu superior, que fez questão de estar presente na missa de despedida de Riccardo, além de oferecer apoio e bênção à decisão dele.

“Toda a minha gratidão ao Don Riccardo pelos serviços prestados. Fica, acima de tudo, o meu mais sincero desejo de que a decisão de Don Riccardo, tomada em plena liberdade como me disse ele, possa assegurar serenidade e paz”, disse o Bispo.

Pode interessar a você...
Jornalista Mariana Godoy rebate haters que falam do seu casamento com ex-padre
Melhor Com Saúde
Leia em Melhor Com Saúde
Jornalista Mariana Godoy rebate haters que falam do seu casamento com ex-padre

Veja o que a jornalista Mariana Godoy tem a dizer sobre as críticas que recebe pelo seu casamento com o ex-padre Dalcides Biscalquin.