A mulher tem que saber a hora exata de sair de cena, mesmo que essa hora seja muito dolorosa

É preciso aprender a parar de insistir naquilo que não é nosso. É preciso aprender a sair de cena quando tudo já foi dito, esclarecido e colocado em pratos limpos. Nesse momento, não há mais lugar pra gente naquela história.
A mulher tem que saber a hora exata de sair de cena, mesmo que essa hora seja muito dolorosa

Última atualização: 04 março, 2022

A mulher tem que saber a hora exata de sair de cena, mesmo que essa hora seja muito dolorosa. Essa é uma das frases mais conhecidas de Coco Chanel e exprime a sua personalidade independente e muito refinada.

Ela foi uma mulher à frente do seu tempo e revolucionou a moda feminina. Muitas peças tradicionais estão hoje no nosso guarda-roupa graças às reivindicações de Chanel, que aboliu as roupas desconfortáveis e foi pioneira ao usar calças, cabelos curtos, vestidos pretos e bijuterias em um período no qual a feminilidade se resumia apenas às roupas.

Ela era uma mulher muito elegante, não somente na forma de se vestir, mas também no comportamento. De origem pobre, órfã de mãe na infância, Chanel iniciou sua carreira com uma pequena chapelaria e, posteriormente, conquistou o mundo da moda com seu estilo clássico, inovador e muito sofisticado.

Mais de 100 anos depois, o estilo de Coco Chanel ainda é reverenciado e sua história não se restringe apenas às roupas. Seu pensamento crítico e empoderado inspira mulheres e suas frases soam como incentivadoras do poder feminino.

Coco Chanel revolucionou os costumes da época e se tornou um símbolo de coragem, resistência e liberdade feminina.

Envolva-se com pessoas que respeitem você e valorizem a sua maneira de ser

Saber sair de cena, mesmo que isso cause muita dor, é algo que não nos ensinam, mas que precisamos aprender a fazer. Demonstra bom senso, amor-próprio, coragem, independência, liberdade e autonomia. Principalmente, bom senso na hora de perceber onde estamos sobrando.

Sair de cena quando tudo o que a gente queria é que a história não tivesse fim é uma das decisões mais difíceis e dolorosas que existem. Mesmo assim, mais vale a dor advinda de um distanciamento sadio que a falsa alegria de permanecer num lugar onde não somos mais bem-vindos.

Nem sempre é fácil ou óbvio perceber que nosso tempo chegou ao fim, assimilar ou acreditar que aquilo que queríamos tanto não está reservado para nós. Nem sempre conseguimos abrir mão de nossos sonhos, planos, desejos e expectativas, mesmo que nossa hora tenha passado.

Pequenos gestos nos dão pistas de onde devemos ou não permanecer. Pequenas atitudes nos ajudam a discernir se é chegada a hora de partir.

Quem se submete a amores menores e unilaterais acredita que é merecedor de pouca coisa, de afetos rasos e parciais. Por isso é tão importante discernir onde se deve ou não permanecer. É essencial perceber a hora de fazer as malas e deixar de impor a nossa presença onde não somos mais considerados convidados especiais.

Quem lhe quer bem o trata como convidado especial e o acolhe com alegria e satisfação. Quem o admira tem brilho nos olhos quando o vê chegar.

Como diz a letra da música “You’ve got to learn”, de Nina Simone, “Você tem que aprender a sair da mesa quando o amor já não está sendo servido…”

Pode interessar a você...
Mulher tatuou a última mensagem que seu pai escreveu para ela antes de morrer: “O homem que mais te amou”
Melhor Com Saúde
Leia em Melhor Com Saúde
Mulher tatuou a última mensagem que seu pai escreveu para ela antes de morrer: “O homem que mais te amou”

"O homem que mais te amou", essa foi a grande mensagem que um pai deixou para sua filha e ela decidiu carregá-la para sempre na pele.