Empresa mexicana produz plástico com cascas de laranja que se biodegrada em 90 dias

Esta mulher inventou uma estratégia para combater os danos causados pelo plástico e criou uma empresa dedicada a mudar essa realidade.
Empresa mexicana produz plástico com cascas de laranja que se biodegrada em 90 dias

Última atualização: 03 março, 2022

O plástico é um dos materiais mais utilizados em nossos ambientes. Pois é, é barato, resistente, fácil de manusear e fácil de carregar tanto para produtores quanto para compradores.

No entanto, apesar de seus amplos usos, representa um grande perigo para o planeta. Isso porque é um dos produtos que mais polui o meio ambiente; Pode levar até 1.000 anos para se decompor.

Por isso, em todo esse tempo, são geradas infinitas emissões de dióxido de carbono que prejudicam a qualidade do ar. Além disso, esses mesmos resíduos tóxicos contaminam o solo e os ambientes em que são depositados.

Assim, tornou-se um dos recursos que mais está afetando a qualidade da água. Pois as substâncias que dele se dissolvem mudam completamente as condições naturais.

Além disso, quando não são jogados no lixo, acabam cobrindo os dutos. É assim que, além de causar inundações, faz com que os ambientes fiquem poluídos por conterem uma grande quantidade de lixo.

Por outro lado, um dos grandes problemas é que está sendo depositado em fontes de água. Desta forma, por possuir elementos tóxicos, pode causar a morte de animais que venham a interagir com aquele material.

poluição plástica

Além disso, também pode causar o afogamento de animais aquáticos. Eles ficam presos e têm dificuldade para se soltar novamente e respirar com facilidade.

Um projeto para mudar essa realidade

Diante desse problema preocupante, uma mexicana chamada Giselle Mendoza decidiu criar uma estratégia que reduzisse o impacto ambiental. Ela a criou quando estava participando do Global Student Entrepreneur Awards, uma competição para empreendedores.

A situação que a motivou foi saber que seu país é um dos lugares que mais consome plástico. Assim, no processo de análise, Giselle descobriu que as cascas de laranja são um elemento com o qual os plásticos biodegradáveis podem ser produzidos. Seus componentes permitem que o material se decomponha em 90 dias e retorne à terra de forma natural.

Além disso, o projeto permite resolver outro problema relevante. Pois bem, verificou-se que a grande maioria das indústrias que trabalham com laranjas as descartam muito cedo e fazem com que os aterros sanitários se encham desnecessariamente.

Dessa forma, ao utilizá-las na produção de plástico, elas são reaproveitadas, evitando que gerem altos níveis de CO2 e dando folga aos aterros sanitários.

Por todas essas constatações, a iniciativa de Giselle Mendoza foi premiada em primeiro lugar no concurso. A mulher recebeu o último empurrão que precisava para colocar sua estratégia em prática.

Prêmio Giselle

A produção de plástico biodegradável

Atualmente, Giselle é proprietária de uma empresa chamada GECO Technologies, que se dedica à implementação desse tipo de bioplástico. Além disso, coleta toda a matéria-prima que as indústrias que trabalham com laranja decidem deixar de usar antecipadamente.

No entanto, está claro que este passo que ela deu é apenas o começo. Pois bem, seu grande sonho é poder construir uma fábrica na qual sejam produzidas grandes quantidades de plásticos feitos de cascas de laranja.

plástico que se biodegrada

Da mesma forma, ela revelou à mídia que sua empresa está analisando outras alternativas. Isso porque eles também têm em mente poder construir muito mais tipos de plásticos biodegradáveis.

De que outra forma combater o problema?

Todos podem ajudar a acabar com esse tipo de poluição com alguns hábitos diários. Para fazer isso, em primeiro lugar, é uma boa ideia parar de usar plásticos descartáveis, pois eles enchem os aterros muito rapidamente e produzem uma grande quantidade de gases.

Além disso, uma decisão importante também é reciclar em casa. Dessa forma, o plástico pode ser reaproveitado muitas vezes e evitar que se aglomere de forma prejudicial ao meio ambiente.

Finalmente, é vital evitar ao máximo o uso de plásticos tradicionais. Para isso, é importante que os cidadãos entendam que materiais como o vidro podem cumprir as mesmas funções, mas são mais amigáveis ao meio ambiente.

This might interest you...
3 ideias engenhosas para reciclar latas de alumínio
Melhor Com Saúde
Leia em Melhor Com Saúde
3 ideias engenhosas para reciclar latas de alumínio

Com essas idéias para reciclar latas de alumínio, você não vai querer se livrar de nenhuma delas. Ensinaremos como criar diferentes objetos



  • Benavides H. León G. NFORMACIÓN TECNICA SOBRE GASES DE EFECTO INVERNADERO Y EL CAMBIO CLIMÁTICO [Internet]. Colombia: IDEAM; 2007. [citado 03 de enero de 2022].