Dores nos braços e pernas: por quê?

· 24 de julho de 2015
Muitas pessoas sentem dores nos braços e nas pernas de forma constante, mas, por que será que isso acontece? Certamente, por muitos motivos, mas não podemos nos esquecer de que estes são os membros que mais utilizamos no dia-a-dia. Talvez, por isso, fiquem tão cansados.

Será que você já sentiu isso em algum momento? Aqueles dias em que você chega em casa com dores nos braços e nas pernas. Além disso, com uma sensação de peso tãomuito grande que te impede de se mover e te obriga, mesmo que você não queira, a parar e descansar um pouco.

É importante destacar que isso é bastante comum e que, de modo geral, deve-se a uma sobrecarga muscular ou simplesmente ao cansaço do final do dia. Às vezes, não é de grande importância, entretanto, devemos começar a nos preocupar se estas dores fores contínuas ou durarem meses.

Sendo assim, falaremos hoje sobre o seguinte assunto: dores nos braços e nas pernas.

Causas que podem provocar dores nos braços e pernas

As dores nas extremidades é um tipo de doença relativamente comum, sem importar a idade. Além disso, a população entre os 8 e 17 anos pode sofrer essas dores devido às fases de crescimento. Isso porque as extremidades sofrem variações na medida em que estas estruturas vão amadurecendo.

E o que ocorre com a população adulta? Por que aparecem dores nos braços e nas pernas? Vamos responder essas perguntas a seguir.

1. Resfriados e gripes

Mulher com dores nos braços

As dores nos braços e pernas podem aparecer alguns dias antes que se tornem evidentes todos os sintomas da gripe ou resfriado. A dor faz parte destas doenças que enfrentamos em determinadas estações.

Agora, você pode estar se perguntando por que afeta também nossas extremidades e por que sofremos dores musculare tão agudas.

Tudo isso se deve à infecção viral que o nosso organismo está sofrendo e a reação de defesa que ele produz. São liberadas grandes quantidades de linfócitos para lutar contra o inimigo interno, no entanto, essa liberação defensiva desencadeia um aumento de temperatura e a produção de moléculas inflamatórias (prostaglandinas). Dessa forma, tudo isso desencadeia dores nas pernas, nos braços, mal estar e febre.

Sendo assim, é muito provável que antes dos sintomas do resfriado ou da gripe aparecerem, você tenha, como primeiros sintomas, dores nos braços e nas pernas.

2. Dores articulares

Ilustração do corpo humano e das dores nos braços e nas pernas

As dores são muito frequentes a partir os 50 anos. Você não pode se esquecer de que os braços e as pernas são as partes do corpo que mais utilizamos ao longo do dia e, assim, são formadas por complexas articulações que, por diversas razões, inflamam e se desgastam.

Isso causa uma sensação de peso, cansaço e queimação muito particular nos músculos e também pelos ombros, por exemplo. Ou seja, a dor não se concentra especificamente em uma articulação, mas geralmente irradia para todos os músculos.

3. Problemas de circulação sanguínea

Dores nos braços e nas pernas

Geralmente, a dor nos braços e nas pernas, associadas a uma má circulação sanguínea são acompanhadas por outros sintomas, como:

  • Dormência nos braços e nas pernas acompanhada de cãibras que chegam até as mãos e aos pés;
  • Aparição de algumas úlceras nas pernas;
  • Perda de força nas mãos, ou seja, as coisas começam a cair delas com maior frequência;
  • Dores de cabeça;
  • Tonalidade azulada nas unhas;
  • Tonturas ao levantarmos;
  • Sentir peso nas pernas e mãos e dedos inchados;
  • Varizes nas pernas.

É bom ficar atento aos sinais que sempre acompanham a má circulação sanguínea. É muito importante, sobretudo, procurar imediatamente um médico caso, em algum momento, você sinta taquicardia ou pressão sobre o peito. Afinal de contas, estes são sintomas de problemas cardíacos. Não se esqueça disso!

4. Possível fibromialgia

Pontos das dores nos braços e no corpo

No momento em que falamos de fibromialgia, devemos levar em consideração se as dores se apresentam nos braços e nas pernas, se elas são contínuas, se elas persistem ao longo do mês e se essas dores impedem você de ter, em muitas ocasiões, um ritmo normal de trabalho.

Saiba mais sobre a fibromialgia.

No entanto, é importante também levar em conta uma série de sintomas associados:

  • A dor vem acompanhada por um grande cansaço;
  • Existem muitos pontos no corpo realmente doloridos como, por exemplo, os quadris, o pescoço, a clavícula, as articulações dos cotovelos, a região dos joelhos e parte das nádegas;
  • Caso você tenha, além disso, muita dificuldade para dormir e uma das horas mais difíceis do dia for de manhã, quando você tem que acordar;
  • Se você sofrer com enxaquecas, você tiver pequenas perdas de memória e dificuldade para se concentrar.

Para concluir, note que, em geral, as dores nos braços e nas pernas devem-se, simplesmente, ao cansaço e costumam aparecer nas últimas horas do dia. Contudo, se as dores persistirem durante semanas ou meses e estiverem impedindo você de levar uma vida normal, é hora de ir procurar um médico.

Sendo assim, nunca se esqueça de ter uma vida saudável, alimentando-se adequadamente e fazendo um pouco de exercício físico. Controlar adequadamente o estresse também evita este tipo de sobrecarga que sempre tende a se localizar nas zonas musculoesqueléticas.