Dançaterapia: benefícios da dança terapêutica

A prática da dançaterapia ou dança terapêutica pode ser realizada em qualquer idade e nos ajuda a alcançar melhores relações interpessoais, ao mesmo tempo em que otimizamos nossa saúde cardiovascular.

A dança tem sido, desde os tempos imemoriais, a melhor maneira de nos distrairmos e liberarmos energia enquanto praticamos exercícios. Além disso, a dançaterapia é um dos melhores tratamentos alternativos que existem.

Todos nós sabemos que a dança é considerada a linguagem do corpo .

Uma liberdade é sentida desde as profundezas do ser, a alma é aliviada das tristeza e pesares, não há nada melhor do que aproveitar uma dança sozinha, em grupo, ou na companhia de uma pessoa especial. Hoje vamos falar sobre a terapia da dança ou, como é conhecida, dançaterapia.

A dançaterapia é o uso da dança para fins terapêuticos. A partir da expressão criativa do corpo, o estabelecimento de pensamentos é promovido, enquanto a circulação sanguínea é favorecida.

Assim, os benefícios para a saúde abrangem a saúde física e emocional.

  • A dança é o movimento rítmico característico de cada participante, não uma simples rotina imposta por um treinador.
  • Incorpora diferentes disciplinas relacionadas à expressão corporal, como teatro, psicomotricidade, encenação, composição coreográfica, e a mais destacada de todas, a musicoterapia.

E o que é melhor, não há limite de idade para a prática da dança como terapia. Nela pode-se incluir crianças, jovens e adultos, bem como pessoas com necessidades especiais.

Utilidades da dançaterapia

Casal dançando tango

  • A ideia principal é a promoção consciente do bem-estar mental e corporal. O que a torna uma terapia tão bem-sucedida é que cada movimento se adapta ao ritmo, possibilidades, e capacidades de cada indivíduo.
  • No caso de pacientes com problemas, isso ajuda a desenvolver vários níveis de coordenação psicomotora. Com isso, os esquemas corporais são alcançados e a gradual descoberta do ritmo é alcançada.
  • O objetivo da dança terapêutica nas crianças é o estímulo da criatividade e da inteligência. Ela os ensina a ter consciência de seu próprio corpo, espaço pessoal, e limites de sua capacidade.
  • Quando feita em grupos de adultos, obtemos objetivos gerais, mas metas individuais também são apontadas, como crescimento pessoal, e otimização do desempenho no desbloqueio emocional.
  • Um dos benefícios nos idosos é que os ajuda a obter energia, o que os conecta com o positivismo e o desejo de viver. E se isso não bastasse, a lembrança e as memórias também são ativadasA prática contínua estimula a coordenação e evita quedas.

Eixos e benefícios da dança terapêutica

Aula de dança

  • Dança
  • Simulação
  • Criatividade e improvisação
  • Iniciativa

Entre os benefícios da dançaterapia, encontramos:

  • Melhora a postura e promove a lucidez mental.
  • A capacidade da caixa torácica aumenta para que a respiração seja mais profunda.
  • Melhora a flexibilidade, exercita as articulações e aumenta a agilidade.
  • Acentua os reflexos, o que aumenta a velocidade da resposta física e mental.
  • É uma excelente maneira de combater o estresse, equilibrar a mente e promover um estado de paz.
  • Melhora consideravelmente as habilidades psicomotoras em crianças, e promove a harmonia e a busca de soluções para situações conflituosas.
  • A memória da percepção dos movimentos é fomentada, respeitando o espaço dos outros e, ao mesmo tempo, definindo os seus.

Através do movimento rítmico, acompanhado por estímulos auditivos agradáveis, como a música, o cérebro realiza vários caminhos sinápticos. Desta forma, descreve novas rotas, o que desencadeia o desenvolvimento de novas ideias e possibilidades na resolução de dificuldades.

Assim, evidencia-se um claro enriquecimento sensorial.

A dança favorece a liberdade de expressão, o desdobramento de sentimentos e ideias. Também se experimentam mudanças nas emoções positivas, bem como o abandono da fobia social e sentimentos de isolamento.

A dança destrava a mente, a tal ponto que afeta o desempenho no trabalho. Não podemos esquecer que ela incentiva a iniciativa e a inventividade, que são habilidades altamente apreciadas a nível profissional .

Da mesma forma, fortalece os laços familiares e de amizade, e aumenta a autoestima e a autoconfiança.

Em conclusão, a dançaterapia estimula o movimento da energia positiva, enche as pessoas de esperança e, por isso, elas são capazes de viver com mais amor e equilíbrio.

A dança é a melhor opção para encontrar o equilíbrio entre uma vida ativa e pacífica.

Recomendados para você