Melhor Com Saúde
 

8 sinais que indicam que não estamos bem de saúde

É muito importante prestar atenção a esses sinais e às possíveis alterações que nosso corpo apresentar pois, ainda que possam ser reações normais do organismo, também podem indicar alguma doença oculta.

8 sinais que indicam que não estamos bem de saúde

Última atualização: 14 Setembro, 2020

Às vezes, quando você não está bem de saúde, o corpo envia sinais sutis que nem sempre são interpretados como deveriam. Embora muitos não indiquem um problema grave, podem ser a manifestação inicial de certos descontroles que, a longo prazo, podem reduzir a qualidade de vida.

Portanto, você deve ter consciência que os sinais enviados pelo seu corpo devem ser tratados o mais rápido possível, apesar de parecerem comuns e sem importância. Quais são os mais frequentes? Vamos contar com mais detalhes abaixo.

Sinais sutis que podem indicar problemas de saúde

Uma das maneiras de evitar a evolução das doenças é aprender a reconhecer os sinais de saúde que aparecem no corpo em seus estágios iniciais. Quanto mais cedo o alerta soar, mais rápido será o seu diagnóstico e, portanto, o seu tratamento.

1. Mudanças na urina

De acordo com uma publicação em Harvard Women’s Health Watch, a urina pode revelar informações importantes sobre o funcionamento de órgãos vitais do corpo. Portanto, um dos sinais de saúde que você não deve ignorar são alterações de cor, cheiro e aparência.

Em uma pessoa saudável, a urina deve ser de cor amarela clara e com um odor não muito forte. Portanto, se estiver muito clara, seu corpo provavelmente está retendo fluidos. Pelo contrário, se apresentar uma intensa cor amarela com consistência, o corpo pode estar desidratado. Se isso se tornar persistente, consulte seu médico.

Observar a urina pode ser uma forma de determinar se algo não está bem no corpo.

2. Manchas na pele

Com o passar do tempo a pele vai sofrendo os efeitos dos raios solares UV e da contaminação do ambiente. Isso se traduz em rugas precoces e vários tipos de manchas que, em geral, costumam ser benignas.

Aquelas que têm uma coloração escura têm relação com as mudanças hormonais e a exposição frequente às toxinas. Por outro lado, as que são conhecidas como queratose exigem mais cuidado, pois são causadas pelos efeitos negativos do sol e são uma advertência precoce de melanoma, segundo uma publicação em Cancer.

Todas as mudanças nas pintas ou manchas irregulares devem ser consideradas sinais de alerta à saúde. Portanto, após detectá-las, é melhor consultar seu médico ou dermatologista para determinar se estão relacionadas a um problema de saúde.

Também pode te interessar: Como remover manchas do rosto com produtos naturais

3. Mudanças no apetite

A princípio, as alterações do apetite podem ser normais e podem ser explicadas por alterações no funcionamento psicológico, circunstâncias sociais, uso de certos medicamentos, entre outros. Porém, muitas vezes alertam para uma doença.

O mais preocupante, como aponta uma publicação da revista Nursing Older People, é que essa situação pode levar a perda de peso, deficiências nutricionais e outras consequências que reduzem a qualidade de vida. Portanto, se o sintoma persistir, você deve realizar uma consulta para determinar sua origem.

Por mais comum que possa parecer, perder o apetite pode ser um sinal de problemas de saúde. Quando persiste, a consulta torna-se necessária.

4. Peso instável

Um dos sinais mais sutis de problemas de saúde é o peso instável. Quando você começa a perder quilos sem muito esforço, ou seja, sem ter uma alimentação saudável ou hábitos que o expliquem, o ideal é consultar um médico. A perda repentina de peso pode estar relacionada a várias doenças.

5. Cabelo quebradiço

O fato do cabelo ter uma aparência quebradiça e sem vida é o resultado da falta de cuidado e de nutrição. Se houver pontas duplas e o couro cabeludo estiver ressecado, é provável que você esteja exagerando no uso de produtos químicos e elementos de calor.

Por outro lado, quando os danos não são solucionados mesmo após utilizarmos os tratamentos adequados, é conveniente consultar um médico, pois pode se tratar de uma deficiência nutricional ou de anemia.

Além disso, de acordo com uma publicação em The Journal of Clinical Endocrinology and Metabolism, pode ser um problema relacionado a alterações nos hormônios da tireoide. Seus níveis excessivos ou insuficientes afetam a estrutura e a função do cabelo.

6. Espinhas e acne

São muitos os fatores que influenciam o surgimento das espinhas e dos cravos. O excesso de produção de gordura e os poros dilatados são as causas mais comuns.

No entanto, em algumas ocasiões é o sinal de um excesso de estresse, da presença de desequilíbrios hormonais ou do uso de produtos químicos inapropriados. Consulto um dermatologista se você perceber que a situação não melhora com o passar dos dias.

Existem muitos fatores associados ao aparecimento da acne. É importante consultar seu médico para determinar se há alguma desequilíbrio que explique essa manifestação.

Leia também: Dieta para controlar a acne: que alimentos devo evitar?

7. Olhos amarelados

Se a parte branca dos olhos começar a ficar um pouco amarelada, pode ser que você precise descansar. No entanto, se essa não for a razão, você deve consultar um médico, pois esse sinal pode ser indicativo da síndrome de Gilbert.

De acordo com a Clínica Mayo, essa doença é caracterizada pelo acúmulo de bilirrubina no sangue, que causa icterícia. Não é considerada um distúrbio grave, mas pode causar complicações, como aumentar os efeitos secundários de certos medicamentos.

8. Vermelhidão facial

A vermelhidão facial é uma condição conhecida como rosácea e, normalmente, afeta as mulheres. A constante exposição ao sol, o estresse e os alimentos apimentados fazem com que os vasos sanguíneos se dilatem e deem lugar a esse problema.

Em uma pequena quantidade dos casos, compromete os olhos e pode até ser confundida com o lúpus. Para um diagnóstico adequado, é preciso consultar um médico dermatologista.

Você acha que não está bem de saúde?

Se você ignorou os sintomas mencionados por muito tempo ou tem outros motivos para pensar que não está bem de saúde, consulte um profissional de confiança. Um diagnóstico precoce é essencial para evitar que as doenças progridam ou se compliquem. Tenha isso em mente!

13 sinais do rosto que refletem doenças

13 sinais do rosto que refletem doenças

Embora muitas vezes não nos demos conta, são muitos os sinais do rosto que refletem doenças. Conheça-os neste artigo e fique atento!



  • Urine color and odor changes. Many things can alter the look and smell of your urine. When should you be concerned? (2010). Harvard Women’s Health Watch.
  • Sober, A. J., & Burstein, J. M. (1995). Precursors to skin cancer. Cancer. https://doi.org/10.1002/1097-0142(19950115)75:2+<645::AID-CNCR2820751405>3.0.CO;2-1
  • Pilgrim AL, Robinson SM, Sayer AA, Roberts HC. An overview of appetite decline in older people. Nurs Older People. 2015;27(5):29–35. doi:10.7748/nop.27.5.29.e697
  • Ju, Q., Tao, T., Hu, T., Karadağ, A. S., Al-Khuzaei, S., & Chen, W. C. (2017). Sex hormones and acne. Clinics in Dermatology. https://doi.org/10.1016/j.clindermatol.2016.10.004