8 remédios rápidos para remover espinhas do rosto

· 28 de fevereiro de 2018
Você sabia que o pepino, além de ser um tônico refrescante para a pele, pode ajudá-lo a controlar o aparecimento de espinhas e cravos e controlar o excesso de gordura no rosto? Veja aqui alguns remédios para remover espinhas do rosto.

As espinhas que aparecem no rosto são um dos problemas estéticos mais comuns. A saber, elas se desenvolvem quando os poros ficam entupidos devido ao acúmulo de resíduos de sebo e células mortas. Você sabe como remover espinhas com produtos naturais?

Dessa forma, aparecem sob a forma de pequenos comedões brancos ou amarelados, quase sempre ao redor da bochecha e na zona “T” (testa e nariz).

Não representam um problema sério, embora, às vezes, alertem sobre um desequilíbrio hormonal, excesso de toxinas ou alterações nas glândulas sebáceas.

Embora existam muitos produtos cosméticos projetados para sua eliminação, podemos recorrer a remédios caseiros efetivos que proporcionam efeitos semelhantes sem gastar tanto.

Sendo assim, vamos compartilhar 8 soluções rápidas que, quando aplicadas regularmente, ajudam a remover espinhas do rosto sem afetar a pele. Por isso, não hesite em experimentar!

1. Mel de abelhas

Mel de abelhas ajuda a remover espinhas do rosto

O mel orgânico contém compostos antibacterianos que ajudam a limpar a pele e, assim, remover espinhas que são produzidas por bactérias em excesso.

A fim de comprovar as propriedades antibacterianas do mel, a pesquisadora Susan M. Meschwitz apresentou o resultado de sua pesquisa durante um encontro da American Chemical Society promovido em 2014.

“A propriedade imcomparável do mel reside na sua capacidade de combater infecções em múltiplos níveis, tornando mais difícil para as bactérias desenvolver resistência”.

Susan M. Meschwitz

Além disso, o mel é um ingrediente hidratante e revitalizante que, entre outras coisas, diminui manchas e cicatrizes.

Então, como podemos utilizar o mel?

  • Coloque um pouco de mel orgânico na ponta do seu dedo e, em seguida, esfregue diretamente nas espinhas;
  • Deixe secar e, após uma hora, enxágue com água morna;
  • Repita seu uso todos os dias para obter bons resultados.

Visite este artigo: 4 remédios naturais com mel de abelha para atenuar rugas

2. Clara de ovo

Este ingrediente rico em aminoácidos essenciais não só repara os tecidos danificados do rosto, mas também regula a produção excessiva de gordura e, por isso, reduz o aparecimento de espinhas e cravos.

Como usar a clara de ovo?

  • Bata a clara de ovo e espalhe-a sobre o rosto para formar uma máscara;
  • Deixe secar durante 30 minutos e, então, lave o rosto com água fria;
  • Use pelo menos 3 vezes por semana.

3. Tomate

Tomate ajuda a remover espinhas do rosto

Rico em polifenóis e minerais essenciais, o tomate é um vegetal com muitos benefícios para a saúde da pele. Isso porque seus compostos adstringentes limpam as impurezas dos poros e reduzem significativamente a presença de comedões.

Como usá-lo?

  • Esmague um tomate maduro e aplique-o por todo o rosto;
  • Deixe a máscara agir por 20 minutos e, então, enxágue o rosto;
  • Repita sua aplicação 3 ou 4 vezes por semana.

4. Casca de laranja

Você sabia que a casca de laranja não deve ser jogada fora? Isso porque ela possui antioxidantes concentrados e óleos essenciais que podem melhorar o aspecto da pele. Além disso, sua ação adstringente reduz o excesso de oleosidade e promove uma limpeza profunda dos poros entupidos.

Então, como podemos usar a casca para remover espinhas?

  • Raspe uma casca de laranja e umedeça-a com um pouco de água;
  • Esfregue o a mistura por todo o seu rosto e deixe-o agir por 30 minutos;
  • Enxágue com água fria e repita o seu uso 3 vezes por semana.

Use este remédio apenas à noite, pois se você se expuser ao sol após seu uso, pode provocar o aparecimento de manchas.

5. Pepino

O pepino ajuda a remover espinhas do rosto

Rico em água e substâncias antioxidantes, o pepino é um tônico natural que combate espinhas e problemas de flacidez facial.

Sua ação refrescante deixa a pele macia e, além disso, remove resíduos de oleosidade e impurezas.

Como usá-lo?

  • Amasse a polpa de um pepino sem casca, até obter uma pasta grossa;
  • Esfregue a máscara por todo o rosto e, então, deixe-a agir por 20 minutos;
  • Enxágue e repita a aplicação todos os dias.

6. Aspirina

A aspirina é muito efetiva para as espinhas, pois concentra uma substância conhecida como ácido salicílico, que regula a produção de oleosidade no rosto para reduzir, assim, a presença de espinhas e cravos.

Como usá-la?

  • Esmague várias aspirinas e umedeça-as com água;
  • Esfregue o produto nas espinhas e, então, deixe agir por 20 minutos;
  • Remova com muita água e repita o seu uso 2 ou 3 vezes por semana.

Veja também: Os problemas mais comuns no rosto e como tratá-los

7. Aloe vera

Gel de aloe vera ajuda a remover espinhas do rosto

As propriedades antibacterianas e anti-inflamatórias do gel de aloe vera podem ajudar a desinfetar a pele para remover as bactérias que infectam os poros.

Dessa forma, sua aplicação direta reduz o aparecimento de comedões e diminui o acúmulo de sebo e células mortas.

Como usar o gel?

  • Remova o gel fresco de uma folha de aloe vera e, em seguida, esfregue por todo o rosto;
  • Deixe agir 20 minutos e enxágue;
  • Use este produto todos os dias, de preferência antes de ir para a cama.

8. Alho para remover espinhas

Embora seu cheiro não seja o mais agradável, o alho contém compostos de enxofre que ajudam a frear o aparecimento de cravos e espinhas.

Suas propriedades impedem a proliferação de bactérias e, ao mesmo tempo, favorecem o processo de regeneração celular.

Como usá-lo?

  • Amasse um alho cru e esfregue a pasta sobre as áreas problemáticas do rosto;
  • Em seguida, deixe agir 10 minutos e enxágue com muita água;
  • Use o produto 2 ou 3 vezes por semana.

Você tem pequenas espinhas em seu rosto? Se acaso quiser eliminá-las em pouco tempo, escolha um dos remédios mencionados e combata-as o mais rápido possível. Entretanto, se você notar qualquer reação alérgica, suspenda seu uso.

E, acima de tudo, é sempre ideal procurar a ajuda de um dermatologista para determinar a causa da acne e seu possível tratamento.