Sintomas da catarata e tratamentos naturais para combatê-la

Você sabia que nossa dieta desempenha um papel fundamental quando se trata de cuidar da nossa visão? Alguns alimentos podem nos ajudar a prevenir a catarata e melhorar a saúde ocular. 

Quão boa você diria que sua visão é ? A maioria de nós gosta de pensar que a saúde ocular está ótima e que continuará assim por muitos anos. No entanto, muitas pessoas com mais de 60 anos começam a identificar os sintomas da catarata.

Ao longo do tempo, esta doença piora. É por isso que é importante ficar atento ao que acontece com seus olhos. Assim que você notar algo estranho, deve marcar uma consulta com seu oftalmologista.

Se você detectar esse problema a tempo, tem boas chances de evitar que ele avance.

O que são as cataratas?

As cataratas são pequenas acumulações que ocorrem no olho humano. Quando elas aparecem, borram a lente natural do olho e aumentam gradualmente a acumulação.

A mais comum é que o desconforto comece a ser notado após os 40 anos, embora se intensifique após os 60 anos.

Sintomas da catarata

Sintomas da catarata

Quando as cataratas começarem a aparecer, você perceberá pequenas mudanças em uma pequena área do olho. Ao longo do tempo, notará uma perda de visão ou uma sensação de que tem algum elemento estranho no seu olho.

Alguns dos sintomas da catarata são:

  • Visão turva
  • Sensibilidade à luz
  • Dificuldade para ver à noite
  • Ver sombras ao redor das luzes
  • Perda de habilidade para ver a cor amarela
  • Visão dupla no olho afetado
  • Mudanças constantes na graduação em suas lentes
  • Dificuldade de leitura com fundo branco

Tratamentos naturais contra a catarata

Como dissemos, é possível evitar a catarata cuidando da saúde ocular e mantendo bons hábitos. Embora existam fatores que possam influenciar o surgimento da doença, como a genética, sempre há hábitos que podem minimizar a chance de que a tenhamos.

O melhor tratamento natural contra a catarata é baseado nos seguintes conselhos:

1. Minimizar o contato com elementos nocivos tanto quanto possível

Mulher tomando bebida alcoólica

Os olhos são órgãos muito sensíveis, e estão em contato com elementos que podem facilmente danificá-los. Como as cataratas são acumulações de resíduos, é importante evitar ou limitar o contato com:

  • Álcool. Consumir álcool não só prejudica seu fígado. O fluxo sanguíneo pode fazer com que alguns resíduos alcancem seus olhos e podem danificá-los com o passar do tempo.
  • Cigarro. Se você é um fumante ativo, é hora de abandonar este hábito porque, como com o álcool, os resíduos chegam aos seus olhos.

O mais importante é que você evite o contato com a fumaça do tabaco. Pense que através da fumaça, os resíduos de tabaco vêm mais diretamente aos seus olhos.

  • Produtos químicos. Você usa colírio sem prescrição médica? Embora pareça que não há problema, os ingredientes desses produtos podem causar incômodos.

No caso de ter ressecamento ou sentir desconforto, marque uma consulta com seu oftalmologista.

2. Comer frutas e vegetais frescos diariamente

Você costuma comer alimentos congelados ou muito processados ​​o tempo todo? Tente mudar esse hábito e fazer o esforço para consumir frutas e vegetais frescos.

Esses alimentos são ricos em compostos químicos naturais chamados de fitonutrientes. A função desses elementos é manter a saúde dos olhos e atrasar o aparecimento de doenças oculares, como a catarata.

  • Se você não gosta de vegetais crus, tente prepará-los em saladas temperadas com especiarias.
  • Quanto às frutas, certifique-se de não exagerar nas porções porque, em excesso, podem causar picos de glicose.

3. Incluir alimentos com vitamina A em sua dieta diária

Cápsulas com vitamina A

A vitamina A geralmente está associada à saúde ocular. Se você não consumir a quantidade necessária, seus olhos poderão sofrer problemas degenerativos como catarata, danos à retina e degeneração macular.

Algumas opções para consumir vitamina A são:

  • Cenouras
  • Vegetais de folhas verdes
  • Batata-doce

4. Alimentos ricos em vitamina C

Outro grupo de alimentos que reduzem as chances de desenvolver os sintomas da catarata são aqueles que fornecem vitamina C. Esta vitamina é tão importante quanto a vitamina A, e você deve tentar consumir esses alimentos frescos, sempre que possível.

Caso você tenha uma forte deficiência deste nutriente, tome um suplemento diário. Caso contrário, certifique-se de incluir duas ou três opções dos seguintes alimentos em sua dieta diária:

  • ½ xícara de pimentão cru picado (75 g)
  • 1 laranja ou 2 tangerinas
  • ½ xícara de abacaxi (75 g)
  • 1 toranja
  • 6 morangos
  • 1 tomate
  • 1 xícara de brócolis cru (150 g)
  • 12 uvas

5. Tome um suplemento vitamínico especializado

Óculo diante de paisagem urbana

Em qualquer farmácia ou supermercado você pode encontrar suplementos multivitamínicos de diferentes tipos. Recomendamos o consumo de um especialmente formulado para melhorar a visão.

Estes geralmente indicam sua função, ou você pode verificar se contêm luteína na sua fórmula. Eles costumam ser baratos e lhe dão o benefício de evitar outros problemas, além da catarata.

Caso tenha dúvidas sobre a melhor opção, peça algumas recomendações ao seu oftalmologista.

6. Alimentos ricos em ômega 3

Comer peixe e fontes de ômega 3 com regularidade reduzirá o risco de desenvolver os sintomas da catarata. O mínimo recomendado é consumir uma porção desses alimentos duas vezes ao dia.

Entre as opções que recomendamos estão:

  • Sardinha em óleo
  • Sementes de chia
  • Salmão
  • Atum
  • Oleaginosas
Recomendados para você