Sheila Mello é criticada nas redes sociais ao publicar um vídeo dançando: "Deixa isso para as novinhas"

Sheila Mello é criticada nas redes sociais ao publicar um vídeo dançando: "Deixa isso para as novinhas"

Última atualização: 24 Setembro, 2021

Sheila Mello não perdeu o rebolado ao rebater um comentário maldoso de uma seguidora: “Deixa isso para as novinhas”. Na lata, a bela respondeu: “Por quê??? Isso é minha paixão! Você largaria a sua por ‘achômetros’ dos outros? Quero mais é que as novinhas e velhinhas dancem, o mundo seria muito melhor! Você inclusive podia dançar!”

Vale lembrar que dançar é a sua profissão. Sheila Mello tem apenas 42 anos e ficou nacionalmente conhecida após se tornar dançarina do grupo “É o Tchan” em 1998.

O que uma mulher pode ou não fazer? Como deve se comportar?

As mulheres convivem desde muito cedo com imposições limitantes, que tentam mostrar como devem se comportar em casa, na vida pessoal, no trabalho e nos relacionamentos.

O problema é que essas regras acabam ficando mais rígidas com o passar do tempo. É muito comum ouvir comentários dizendo que as mulheres mais velhas não podem fazer determinadas coisas, precisam se comportar, usar roupas “mais sérias”.

Infelizmente, essas críticas são muito comuns e fazem com que as mulheres deixem de lado a sua verdadeira personalidade e se transformem em alguém que, na realidade, não tem nada a ver com elas.

No entanto, existem mulheres que não se incomodam com as críticas e defendem a sua liberdade. Sheila Mello deu uma bela resposta aos seus seguidores. Depois de compartilhar um vídeo dançando em seu perfil no Instagram, ela acabou incomodando alguns deles, que não perderam tempo em deixar comentários preconceituosos.

No entanto, muitos outros seguidores deixaram seus comentários carinhosos e de apoio à dançarina. Sheila mostrou que não existe idade para fazer aquilo que amamos e que devemos exigir respeito das outras pessoas. Cada um pode fazer o que quiser da sua vida.

Sheila Mello ainda é muito jovem e, mesmo que não fosse, quem pode dizer o que ela deve ou não fazer? Ela é livre para dançar e continuar compartilhando com os seus fãs o que realmente a faz feliz.

As imposições de idade e gênero incomodam as pessoas há muito tempo. Chegou a hora de repensarmos esses achismos. É preciso olhar para o outro com mais empatia e menos críticas. A idade é apenas um número e todos nós merecemos respeito.