Como evitar calos, calosidades e calcanhares rachados

· 1 de fevereiro de 2014
Existe um tipo de pele propensa a desenvolver essa classe de calosidades e calos. Eles podem aparecer em caso de sobrepeso ou se a pessoa afetada permanece muito tempo de pé.

Você deve cuidar bem dos seus pés, para que não apresentem rachaduras nos calcanhares, calosidades e, acima de tudo, os dolorosos calos. Porque nossos pés dizem muito a nosso respeito. Através deles, por exemplo, podemos conhecer o estilo de vida, sexo,  forma de ser e cultura de uma pessoa.

Relação entre nossos pés e o nosso corpo

A saúde dos nossos pés e a do nosso corpo, em geral, possuem estreita relação. Se apresentamos rigidez nas articulações, por exemplo, isso estaria nos alertando sobre um problema de artrite.

Pés com formigamento ou dormência podem indicar problema de diabetes. Se apresentarem inchaços, pode ser sinal de hipertensão arterial.

Por esta razão, devemos dar muita atenção aos sintomas que nossos pés apresentam, já que eles estariam nos alertando sobre possíveis doenças.

Do mesmo modo, devemos estar cientes da grande importância que os pés têm em nossa vida. São eles que nos permitem manter o equilíbrio e é através deles que nos locomovemos e corremos.

Aliás, já foi determinado que cada ser humano percorre pelo menos 400.000 km durante toda a sua vida. Isso é o equivalente a dar a volta ao mundo umas 10 vezes.

Como evitar calos

O que é a hiperqueratose

A região da planta do antepé e o calcanhar são as partes que suportam todo o peso do nosso corpo quando estamos em pé ou caminhamos.

Por isso, essa região possui uma pele muito mais grossa, para que possamos resistir a pressão. Entretanto, se formos muito pesados ou realizamos atividades que exijam que fiquemos em pé por muito tempo, isso produzirá calos e calosidades nos pés. Essa patologia é conhecida como hiperqueratose.

As calosidades nos pés podem ser sintomas de algum tipo de deformidade óssea. Entretanto, usar um sapato que provoque fricções na pele ou que seja muito apertado também pode causar tais problemas.

Não deixe de ler: 4 formas eficientes de eliminar os joanetes nos pés

Geralmente, quando as calosidades se apresentam de forma constante, é devido a um tipo de pele que é mais propensa a desenvolver estes males.

Cuidados a serem considerados para evitar calos

É muito importante usar diariamente uma pedra-pomes, pois eliminará as camadas ásperas da pele, evitando que elas se acumulem.

Isso também pode interessar você: 4 tratamentos caseiros para tratar os calos na pele

Cuidados a serem considerados para evitar calos

Mesmo assim, lembre-se de aplicar um bom creme hidratante, preferencialmente à noite. Dessa forma, a pele não perderá sua elasticidade.

Os melhores cremes, segundo os podólogos especialistas, são os preparados à base de glicerina. De acordo com alguns estudos realizados, foram os que apresentaram os melhores resultados, pois permitem à pele recuperar a suavidade e evitar a formação de rachaduras nesta parte do corpo.

Você sofre com alguns dos problemas mencionados? Sendo assim, prove nossas dicas e depois nos conta se foram úteis pra você.

E não deixe de ler nossos próximos artigos com mais sugestões para a sua saúde, beleza e bem-estar.

Araguas Garcia, C., Corbi Soler, F., & Bofill Ródenas, A. (2017). Hiperqueratosis plantares. Piel. https://doi.org/10.1016/j.piel.2016.04.007