Como eliminar o mau cheiro dos pés?

6 de junho de 2020
Às vezes é difícil se livrar do mau cheiro nos pés. Para fazer isso, é importante melhorar os hábitos de higiene e escolher os produtos certos. Conheça as melhores recomendações contra esse problema a seguir.

O mau cheiro no pés, uma condição médica chamada de bromidrose, é um problema muito comum que geralmente resulta da proliferação de bactérias na pele. É frequentemente associado à falta de higiene, mas pode ter outras causas. Quem sofre com este problema pode se perguntar: como eliminar o mau cheiro dos pés?

Embora atualmente existam muitos produtos industrializados que prometem neutralizá-lo, é necessário aplicar outros cuidados e hábitos para diminuí-lo ou eliminá-lo. Nesta oportunidade, queremos compartilhar 5 dicas importantes que você pode aplicar todos os dias. 

Por que meus pés cheiram mal?

Antes de conhecer os métodos para eliminar o mau cheiro dos pés, é importante revisar brevemente suas possíveis causas. Lembre-se de que os pés têm mais glândulas sudoríparas em comparação com as outras partes do corpo.

Essas glândulas liberam suor o dia todo para regular a temperatura e manter a pele úmida. No entanto, quando a transpiração é excessiva, há uma alta probabilidade de surgir um mau odor. O suor, somado ao calor contido no calçado, cria um ambiente propício para o crescimento de bactérias, conforme explica o Dr. Das da Universidade de Harvard.

Embora as bactérias habitem naturalmente os pés, ajudando a quebrar o suor, sua proliferação desencadeia odores desagradáveis. Além disso, se você adicionar a esse processo uma higiene inadequada, o problema pode ser ainda mais grave. Vamos ver abaixo como tratá-lo.

Talvez você possa se interessar: Como fazer desodorantes naturais para combater o mau odor corporal

Dicas para eliminar o mau cheiro dos pés

Às vezes, o uso de talcos e desodorantes não é suficiente para eliminar o mau cheiro dos pés. Embora suas fórmulas tenham melhorado significativamente nos últimos anos, às vezes eles só conseguem neutralizá-lo temporariamente. Portanto, é importante aplicar outras dicas importantes.

1. Lave os pés todos os dias

Como eliminar o mau cheiro dos pés
Os pés devem ser lavados regularmente, especialmente se você sofre de sudorese excessiva ou maus odores.

A higiene correta da pele dos pés é um dos aspectos mais importantes no combate ao mau cheiro. Por isso, é essencial lavá-los todos os dias, usando sabão neutro e uma escova especial para os pés. A escova facilita a remoção da pele morta e da sujeira.

O que eu devo fazer?

  • Se o problema do seu odor for grave, lave os pés duas vezes por dia.
  • Você pode lavá-los durante o banho da manhã ou mergulhá-los em uma bacia com água e sabão.
  • Depois de terminar a lavagem, seque-os muito bem, prestando atenção especial à pele entre os dedos, onde costumam ficar vestígios de água.

2. Remova os calos e as calosidades

Além de serem um problema estético, os calos e as calosidades podem facilitar o crescimento de microrganismos como bactérias e fungosIsso, por sua vez, pode levar a outros desconfortos, como coceira, descamação e mau cheiro.

O que eu devo fazer?

  • Mergulhe os pés em água quente e lixe as calosidades com uma pedra-pomes.
  • Se você tiver uma lixa para os pés, use-a regularmente para minimizar as durezas e o excesso de pele morta.
  • Informe-se sobre produtos especializados para remover os calos dos pés. Muitos proporcionam resultados interessantes.

3. Troque as meias para eliminar o mau cheiro dos pés

As meias e o suor nos pés
As meias acumulam suor e bactérias enquanto são usadas, e devem ser trocadas e lavadas adequadamente.

Esta é uma questão de higiene, é claro. Trocar suas meias todos os dias impede que o acúmulo de umidade e bactérias gere maus odores. Em dias quentes, ou ao fazer atividade física, é melhor trocá-las pelo menos uma vez por dia.

Embora nem todos os calçados fiquem bons com meias, é ideal usá-las sempre que possível. Esta peça do vestuário evita que a pele dos pés tenha contato direto com o material do calçado, impedindo que os restos de suor permaneçam no interior.

O que eu devo fazer?

  • Tente escolher meias feitas de fibras naturais e respiráveis. Evite materiais sintéticos.
  • Quando não puder usar meias, use um antitranspirante para os pés.
  • Certifique-se de lavar bem as meias antes de usá-las novamente.

Não deixe de ler: 3 soluções para eliminar o mau cheiro das sandálias

4. Sapatos alternados

Para eliminar o mau cheiro nos pés, é aconselhável ter pelo menos dois pares de sapatos. Por quê? Basicamente porque isso permite que cada par de sapatos seque bem do suor ou da umidade antes de um novo uso.

O que eu devo fazer?

  • Alterne seus sapatos todos os dias.
  • Enquanto você não os estiver usando, deixe-os em um local fresco e ventilado para que o mau cheiro desapareça.
  • Se você notar que eles estão muito molhados, tire-os e coloque-os para secar em um local quente.

5. Use calçados abertos para eliminar o mau cheiro dos pés

Sandálias abertas
Um calçado aberto nos dias mais quentes permite que você ventile a região dos pés e reduza a transpiração.

A ventilação da pele dos pés é essencial para eliminar o mau cheiro que eles adquirem com a umidade e o uso de sapatos fechados. Por isso, é recomendável usar sapatos que facilitem a ventilação, como as sandálias.

O que eu devo fazer?

  • Use sapatos abertos pelo menos 2 horas por dia para que seus pés possam arejar e evitar a transpiração excessiva.
  • Se possível, use sapatos ventilados sempre que o tempo estiver quente.
  • Certifique-se de usar esse tipo de calçado quando estiver em locais públicos, como chuveiros ou piscinas.

Por fim, se você sofre com esse problema e isso o faz se sentir envergonhado, siga todos os conselhos dados para resolvê-lo. Obviamente, tente complementá-los com o uso de remédios caseiros ou produtos convencionais para neutralizar os maus odores.

  • Dreanno, C., Kirby, R. R., & Clare, A. S. (2006). Smelly feet are not always a bad thing: The relationship between cyprid footprint protein and the barnacle settlement pheromone. Biology Letters. https://doi.org/10.1098/rsbl.2006.0503
  • Ara, K.; Hama, M.; Akiba, S.; Koike, K.; Okisaka, K.; Haqura, T.; Kamiya, T.; and F. Tomita. “Foot odor due to microbial metabolism and its control.” Canadian Journal of Microbiology. Vol. 52, no. 4. Pages 357-364. April 2006. (May 23, 2014) http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/16699586
  • Perera, E., & Sinclair, R. (2013). Hyperhidrosis and bromhidrosis: A guide to assessment and management. Australian Family Physician.
  • Pandey, S. K., & Kim, K. H. (2011). Human body-odor components and their determination. TrAC – Trends in Analytical Chemistry. https://doi.org/10.1016/j.trac.2010.12.005
  • Jesús Zalacain Vicuña, A., & titular Departamento Podología RESUMEN, P. (2010). INFECCIONES MICÓTICAS MÁS FRECUENTES EN EL PIE. Revista Española Podología.
  • Mccann, M. (2014). Cuero, pieles y calzado. Enciclopedia de Salud y Seguridad En El Trabajo OIT.
  • Das, Shinjita. Manuales MSD. https://www.msdmanuals.com/es-es/professional/trastornos-dermatológicos/trastornos-de-la-sudoración/bromhidrosis