Alivie a dor cervical com 5 remédios de origem natural

03 Janeiro, 2020
Para acabar com a dor cervical é bom combinar a aplicação destes remédios com alongamentos e exercícios suaves que nos ajudem a relaxar a zona.

A dor cervical, também chamada de cervicalgia, é um sintoma que pode se originar em qualquer parte do pescoço, incluindo os nervos e discos intervertebrais. Isto é afirmado neste relatório obtido na Biblioteca Nacional de Medicina dos Estados Unidos.

Costuma vir acompanhada de rigidez nos músculos, além de tonturas, dores de cabeça e dificuldades para executar alguns movimentos.

Sua causa principal é a adoção de más posturas, mas também está associada com o estresse, algumas lesões e o excesso de atividade física.

Mesmo que possa ser leve e durar pouco, algumas vezes é tão severa que incapacita a pessoa até o ponto de interromper suas tarefas cotidianas.

Na verdade, pode afetar as estruturas nervosas que se unem com os braços e, devido a isso, o problema se espalha até estes.

A boa notícia é que pode ser controlada com remédios de origem natural, já que alguns ingredientes têm compostos anti-inflamatórios e analgésicos. No entanto, lembre-se de ir ao médico se a dor persistir com o passar dos dias.
Você sofre com este problema? Descubra 5 formas de tratar a dor cervical.

Remédios naturais contra a dor cervical

1. Compressas com infusão de urtiga
Chá de urtiga ajuda a aliviar a dor cervical

As compressas quentes com infusão de urtiga são uma terapia relaxante que reduz a severidade das dores cervicais.

Segundo este estudo da Universidade de Isfahan (Irã), esta planta concentra substâncias anti-inflamatórias que, depois de serem assimiladas, reduzem a rigidez dos músculos comprometidos.

Ingredientes

  • 2 colheres de folhas secas de urtiga (20 g)
  • 1 xícara de água (250 ml)

Modo de preparo

  1. Coloque para esquentar uma xícara de água e, assim que começar a ferver, adicione a urtiga.
  2. Desligue o fogo e deixe repousar durante dez minutos.
  3. Depois, coe e use o líquido quente.

Modo de uso

  • Submerja um pano ou toalha na infusão e aplique como compressa sobre a zona dolorida.
  • Deixe agir por dez a quinze minutos e repita seu uso duas vezes ao dia.

2. Infusão de erva de São João

A erva de São João é uma planta com compostos que reduzem dores comuns como a que afeta o pescoço.

Este estudo da Universidade da Cantábria apoia seu poder antimicrobiano e anti-inflamatório, embora recomende cautela com seu uso.

Ingredientes

  • 1 colher de chá de erva de São João (5 g)
  • 1 xícara de água (250 ml)

Modo de preparo

  • Ferva uma xícara de água e, quando estiver bem quente, adicione a erva de São João.
  • Deixe repousar por dez minutos e coe.

Modo de uso

  • Consuma a infusão até duas vezes por dia, como complemento para reduzir a tensão.

3. Massagens com óleos

Óleo de amêndoas ajuda a aliviar a dor cervical

A aplicação de massagens na zona cervical é um método eficaz contra a dor que impede mover a cabeça com normalidade.

As massagens produzem uma agradável sensação de calor no músculo que, ao estimular a circulação, facilita o alívio da inflamação. 

Ingredientes

  • 2 colheres de óleo de amêndoas doces (30 g)
  • 1 colher de óleo essencial de lavanda (15 g)

Modo de preparo

  • Combine os óleos em um recipiente até obter uma mistura homogênea.

Modo de uso

  1. Esfregue a preparação sobre o pescoço e realize suaves movimentos circulares durante cinco ou dez minutos.
  2. Tenha cuidado ao realizar a massagem, já que um movimento errado pode piorar a condição.
  3. Repita sua aplicação duas vezes por dia, se considerar necessário.

4. Azeite de oliva e sal do Himalaia

O combinado caseiro de azeite de oliva com sal do Himalaia é um antigo remédio que facilita o alívio da dor cervical, principalmente quando aparece por má postura ou estresse. É o que afirma este estudo realizado pela Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (Brasil).

Com a massagem, seus compostos ativam a circulação na zona afetada e reduzem a reação inflamatória que tensiona o músculo. 

Ingredientes

  • 1/2 xícara de azeite de oliva prensado (100 g)
  • 1/4 xícara de sais do Himalaia (37,5 g)

Modo de preparo

  • Combine os ingredientes em um recipiente até obter uma pasta oleosa e granulada.

Modo de uso

  1. Esfregue o tratamento sobre a zona cervical dolorida e realize uma suave massagem durante três minutos.
  2. Depois, deixe repousar por mais vinte minutos e enxágue com água morna.
  3. Repita seu uso até acalmar por completo a dor.

5. Compressas com chá de boldo

O boldo é uma planta medicinal que se tornou popular por sua capacidade para limpar o fígado.

No entanto, além desta virtude, é bom saber que também é antiespasmódico e relaxante. Seu uso em compressas reduz a rigidez muscular e alivia a dor cervical. No entanto, não o recomendamos totalmente, pois, de acordo com essa pesquisa realizada pela Universidade Nacional Maior de São Marcos (Lima), poderia ser neurotóxico.

Ingredientes

  • 2 colheres de folhas de boldo (20 g)
  • 1 xícara de água (250 ml)

Modo de preparo

  1. Coloque uma xícara de água para esquentar e, quando alcançar seu ponto de ebulição, adicione as folhas de boldo.
  2. Abaixe o fogo e deixe cozinhar por quinze minutos.
  3. Passado o tempo indicado, filtre com um coador e utilize o mais quente possível.

Modo de uso

  • Submerja um pano ou toalha no chá e aplique na zona da dor.
  • Faça o tratamento durante dez minutos e repita duas vezes por dia, se considerar pertinente.

Leve em consideração que, embora estes remédios reduzam a dor, é necessário complementar seu uso com exercícios que relaxem a zona.

Logicamente, também se aconselha tirar algumas horas de repouso e evitar esforço físico excessivo.