Aprenda a descascar alimentos corretamente

· 20 de julho de 2016
O processo de descascar os alimentos é fundamental para tirarmos o máximo proveito deles e agilizarmos o tempo de cozimento.

Finalmente podemos aproveitar nossa casa e uma comida caseira. Procuramos nosso livro de receitas, encontramos aquela receita que tanto temos vontade de fazer e lemos atentamente como prepará-la. De repente pensamos: “Tenho tão pouco tempo e agora tenho que descascar e cortar todos esses alimentos para comer”.

Além disso, pensamos nos produtos que descascamos errado a vida toda, esses que desperdiçamos e que às vezes nos desesperam, porque não sabemos como fazer da melhor maneira.

Como descascar os alimentos mais complicados?

Como acontece com outras tarefas cotidianas que poderíamos fazer melhora forma mais eficaz de descascar os alimentos nem sempre é a tradicional.

De fato, apresentaremos aqui alguns casos de alimentos que descascamos errado a vida toda, junto com uma série de conselhos para corrigir os erros.

Recorra à criatividade: descascar não significa usar uma faca, necessariamente.

Recomendamos o seguinte artigo: 7 erros que todos cometemos na cozinha

1. Liberte-se do cheiro de alho quando for descascá-lo

Descascar alho corretamente

Se você costuma pegar o alho com as mãos para limpá-lo, notou como seu cheiro se adere quase que de forma permanente às mãos.

Se quiser limpar bem este condimento, coloque-o em um recipiente fechado e agite-o. Com esse gesto simples, você alcançará seu objetivo de maneira mais rápida, mais cômoda e mais limpa.

2. O desperdício de batatas acabou!

A maneira convencional de descascarmos a batata é fria. Porém, devido à sua dureza e à solidez da união entre a polpa e a casca, não é conveniente fazê-lo como fizemos a vida toda.

Ao invés disso, corte-a levemente primeiro para depois colocá-la em água fervendo. Depois disso, o resultado será surpreendente: você poderá retirar a casca sem problemas.

3. Um ovo cozido descascado sem usar as mãos

como descascar o alimento corretamente

Quantas vezes você já encontrou casca de ovo na comida? Isso acontece porque nossas mãos não são tão infalíveis quanto pensamos.

Experimente este método e veja a diferença: tire apenas um pouco da casca da parte de cima e sopre através da abertura. Assim você obterá um ovo totalmente descascado.

4. Não lute contra as oleaginosas: molhe-as ou torre-as

As amêndoas são o exemplo claro do quão chato é trabalhar com as oleaginosas. Inclusive se comprá-las já descascadas, verá que têm uma camada fina que dificulta o processo de cozimento.

Para solucionar isso, temos duas opções simples: lavá-las ou torrá-las. A escolha dependerá da nossa preferência por comê-las cruas ou não.

5. Descascar tomates é fácil: brinque com a temperatura da água

Descascar o tomate corretamente

Este é um caso similar ao da batata. A aderência da casca do tomate à polpa é muito forte. Por isso, se descascarmos como sempre fazemos corremos o risco de nos atrapalhar.

O mais prático é o seguinte: faça pequenos cortes em cruz na parte de cima do tomate e escalde-o. Depois, coloque-o em um recipiente com gelo para evitar que cozinhem.

Deste modo, a casca será eliminada facilmente e sem esforço.

6. Na fruta mole, substitua a faca por um copo

O kiwi e a manga são frutas muito complicadas de descascar: têm tanto suco que acabam nos sujando e, portanto, acabamos por gastar esse suco devido à pressão que exercemos ao pegá-los.

Ao invés de descascar da maneira tradicional, corte-os pela metade e use a boca de um copo. A carne e o suco cairão limpos dentro do recipiente, permitindo que você fique limpo e aproveite ao máximo a fruta.

7. Mexerica perfeita com apenas três cortes

Como descascar a mexerica com 3 cortes

O cheiro da mexerica é muito persistente, mas existe um método alternativo ao que usamos para descascá-la: faça três cortes nela e a verá se abrir como um livro.

Veja também: Máscara a base de tangerina para rejuvenescer a pele

8. Descasque as bananas como quem abre um saco de salgadinhos

A forma convencional, puxando a casca da parte que une o fruto ao cacho, é a alternativa mais lenta. Ao invés disso, concentre-se na parte inferior, coloque os dedos como se fosse abrir um pacote de batatas fritas.

Com este único movimento você atingirá o seu objetivo.

Considerando tudo o que foi dito, comprovamos que as tarefas cotidianas escondem muitos segredos atrás de uma tradição que, às vezes, dificulta nossa vida.

Portanto, o melhor é abrir sua mente e evitar erros como estes.