A história de Lynlee, a menina que nasceu duas vezes e comoveu o mundo

· 13 de julho de 2017
Os médicos tiveram que retirar um tumor da pequena Lynlee com apenas 16 semanas de gestação. Posteriormente, voltaram a introduzir a criança no útero da mãe, para que a gestação terminasse 

Lynlee Hope é uma menina de Lewisville, Texas (Estados Unidos), e com alguns meses de vida seu caso foi conhecido mundialmente.

O dia que ficará registrado como o de seu aniversário, não foi realmente a primeira vez que Lynlee saiu para o mundo.

Pois quando sua mãe estava grávida de 16 semanas foi realizada uma ultrassonografia que revelou que a pequena tinha um tipo de tumor no cóccix, conhecido como teratoma sacrococcígeo.

Pela posição da pequena, o tamanho do tumor colocava sua vida em risco, posto que estava desviando o sangue do bebê e pode levar a uma insuficiência cardíaca.

Isso fez com que fosse necessário uma dupla intervenção.

A história da intervenção

Tiveram que retirar o bebê do útero, como se fosse uma cesárea; submeteram ela a uma cirurgia para retirar o tumor e voltaram a introduzi-la no ventre da mãe para completar a gestação.

A menina somente tinha 50%  de chances de sobreviver, mas decidiram se arriscar. Naquele momento Lynlee permaneceu unida à placenta por meio do cordão umbilical, e respirando por ali.

A cirurgia foi realizada na semana 23 de gravidez, quando o tumor já estava pressionando o coração da pequena.

É que o tumor e a menina eram quase do mesmo tamanho no momento em que foi realizada a cirurgia.

A intervenção não foi fácil, e o coração de Lynlee parou enquanto a maior parte do tumor era retirado.

No entanto, a menina resistiu e, quando a operação terminou, foi colocada outra vez dentro do útero. A mãe passou as seguintes 12 semanas em repouso, já que a pequena estava terminando de amadurecer dentro do ventre materno.

A criança nasceu “pela segunda vez” no dia 6 de junho de 2016. Dias depois, foi operada para extrair os restos do tumor, e depois começou a melhorar.

Hoje em dia a pequena já se encontra em casa se recuperando e com vontade de iniciar o começo de sua caminhada pela vida.