Tomar café previne a demência e outras doenças degenerativas

19 Março, 2019
O consumo de café pode nos ajudar a combater a depressão e as dores de cabeça, e seu alto teor de antioxidantes detém a deterioração celular.

Embora sempre seja dito que tomar café não é bom para a saúde, isto é um mito que os pesquisadores da área desmentem constantemente. O café tomado em medidas adequadas, durante a maturidade, é ideal para nos proteger de muitas doenças e ajudar no nosso desenvolvimento cognitivo.

O café nos ajuda em quê?

O café é ideal para:

  • Ter sempre energia: o componente que tem no café em maior quantidade é a cafeína e esta estimula o nosso sistema nervoso. Isto nos ajudará a melhorar nossa coordenação, a resistência, a fluidez de nossos movimentos, facilitará a concentração e permitirá que nos sintamos menos cansados com nossas rotinas.
  • Contra o câncer: o café é ideal para nos ajudar a prevenir o câncer de cólon e câncer retal, devido à cafeina inibir a produção da secreção de ácidos biliares, sendo os quais que provocam a aparição de câncer nestas áreas.
  • Reduz o risco de doenças neurodegenerativas, como, por exemplo, o Parkinson e o Alzheimer. Pesquisas demonstraram que tomar café na medida correta ajuda a reduzir em até cinco vezes o risco de sofrer estas doenças.
  • A diabetes: a cafeína é ideal para estimular as células pancreáticas, as quais podem causar seu desenvolvimento.
  • Alergias e asma: o café nos ajuda a melhorar todos os problemas respiratórios que podemos ter, pois a cafeína é um dos melhores nutrientes para combatê-los.
  • Depressão: o café, como o bom estimulante que é, ajudará a reduzir seus efeitos.
  • Ajuda no sentido de alerta e melhora nossa memória.
  • Reduz a dor de cabeça: da mesma maneira que a cafeína nos ajuda com as alergias, ela também é ideal para reduzir a dor de cabeça.
  • Evita que se formem os coágulos sanguíneos. Demonstrou-se, mediante diversos estudos, que o café não sobe a pressão arterial, nem o ritmo cardíaco.
  • Possui grande quantidade de antioxidantes, que detêm a deterioração das células do organismo.
  • Ajuda na solução da prisão de ventre.
  • É uma das melhores fontes de potássio e magnésio.

Propriedades importantes do café

Entre outros muitos nutrientes, os mais importantes no café são os antioxidantes que contribuem com o nosso organismo, assim como os minerais.

Estes nos ajudam a manter o equilíbrio de água nas células, previnem as doenças degenerativas e os cânceres, assim como também ajudam nossos músculos e ossos a desenvolverem suas funções da melhor maneira.

O café é, além disso, um contribuinte de vitaminas para o nosso organismo, o que nos ajudará a ter um sistema imunológico muito mais forte.

  • Lozano, R. P., García, Y. A., Tafalla, D. B., & Farré Albaladejo, M. (2007). Cafeína: Un nutriente, un fármaco, o una droga de abuso. Adicciones. https://doi.org/10.1021/acs.jced.6b00578
  • Shum, S. (2005). Cafeína. In Segredos em Toxicologia: respostas necessárias ao dia-a-dia em rounds, no serviço de emrgência, em exames orais e escritos.
  • Tavares, C., & Kimiko Sakata, R. (2012). Cafeína para el Tratamiento del Dolor. Rev Bras Anestesiol ARTÍCULOS DE REVISIÓN Revista Brasileira de Anestesiologia. https://doi.org/10.1016/j.redar.2012.01.014
  • Calle Aznar S. Determinación analítica de la cafeína en diferentes productos comerciales. Universitat Politécnica de Catalunya (2011).
  • Camann, W. R., Murray, R. S., Mushlin, P. S., & Lambert, D. H. (1990). Effects of Oral Caffeine on Postdural Puncture Headache. Anesthesia & Analgesia. https://doi.org/10.1213/00000539-199002000-00009
  • Graham, T. E. (2001). Caffeine and exercise: metabolism, endurance and performance. / Cafeine et exercice: metabolisme, endurance et performance. Sports Medicine. https://doi.org/10.1139/h94-010
  • Hogervorst, E., Riedel, W. J., Kovacs, E., Brouns, F., & Jolles, J. (1999). Caffeine improves cognitive performance after strenuous physical exercise. / La cafeine ameliore les performances cognitives apres des exercices physiques fatigants. International Journal of Sports Medicine.