Tratamento natural para o lumbago

· 30 de dezembro de 2013
O lumbago ou lombalgia costuma remitir em um período entre 3 a 7 dias. O exercício físico é positivo e se associa a uma menor frequência de problemas nessa região do corpo.

O lumbago ou lombalgia é uma dor nas vértebras lombares, a zona inferior das costas, que ocorre por diversas razões e pode afetar a musculatura, os ligamentos, os nervos e os discos intervertebrais. 

Os ataques de lumbago são caracterizados por dor, rigidez e/ou redução no movimento. Podem durar alguns dias ou se converter em um transtorno crônico, afetando consideravelmente, portanto, a qualidade de vida da pessoa que o padece. Explicaremos as possíveis causas e remédios naturais para prevenir e aliviar o lumbago.

Possíveis causas

Lumbago e as causas

O lumbago pode ser causado por diversos motivos, como por exemplo:

  • Tensões e compensações musculares;
  • Desvios da coluna (lordose, escoliose);
  • Doenças renais;
  • Hérnias de disco intervertebral;
  • Artrite artrose;
  • Estresse e sobrecargas emocionais;
  • Prisão de ventre e problemas intestinais (que repercutem na zona posterior).

É importante considerar que se o lumbago não melhorar em no máximo três dias, um médico deve ser consultado, pois o problema pode estar relacionado com doenças mais graves. O médico confirmará se é mesmo lumbago com radiografias ou ressonâncias.

Leia também: 7 alongamentos para aliviar as dores nas costas

Alimentação anti-inflamatória

Enquanto estiver sofrendo com o ataque de lumbago é fundamental se alimentar de maneira equilibrada. Devem-se evitar alimentos que agravam as inflamações, como por exemplo, os lácteos, o açúcar branco, a carne vermelha e as farinhas refinadas.

No lugar deles então, consuma diariamente alimentos que contribuem para a desinflamação, como os seguintes:

  • Sucos naturais de fruta e hortaliças (cenoura, beterraba, aipo)
  • Pimentão vermelho
  • Sementes de Chia        
  • Nozes
  • Chá verde
  • Gengibre
  • Abacaxi
  • Mamão
  • Brócolis

Beterraba e chia para o lumbago

Calor local

A lombar é uma zona do corpo que se esfria com facilidade, por isso podemos aquecê-la com uma manta elétrica, uma bolsa de água quente ou mesmo cobrindo-a com um cobertor de lã. 

Outra opção é aplicar o jato do chuveiro diretamente sobre as lombares. Aumente pouco a pouco a temperatura até o máximo de calor que você puder resistir sem se queimar. Mova o jato de um lado para o outro de 2 a 4 minutos. No entanto, é mais efetivo se você realizar o processo sentado.

É importante, entretanto, levar em conta que este tratamento deve ser evitado em casos de ciática e hérnias.

Plantas medicinais para beber

As plantas medicinais que nos ajudarão a desinflamar e a remineralizar são a cavalinha e a salsaparrilha. Prepare diariamente um litro de infusão com ambas as plantas. Adicione um pouco de suco de limão e um pouco de stevia para adoçar. Tome então a bebida ao longo do dia.

Plantas para a lombalgia

Emplastros de argila

A argila é um remédio excelente, econômico e simples para qualquer tipo de inflamação.

Primeiramente, prepare um emplastro misturando água morna com argila verde ou vermelha até obter uma pasta que possa ser aplicada sem escorrer, que fique compacta na pele de toda a zona lombar.

Cubra o local com uma gaze ou pano e também com um pano grosso de lã para dar calor. Deixe atuar por pelo menos meia hora, mas você pode deixar por toda a noite também. Quando você retirar o pano, a argila estará seca. Ela absorverá as toxinas, trará minerais ao organismo e principalmente, reduzirá a inflamação.

 Arnica

A arnica é a planta que os atletas usam para prevenir e curar lesões, portanto, muito útil em qualquer caso. Encontraremos a planta em forma de extrato, creme, homeopatia, entre outros. Você pode combinar seu uso tópico e oral.

Se você decidir tomar a homeopatia, o remédio é Arnica Montana 9CH. Coloque três bolinhas sob a língua três vezes ao dia. Faça isso longe das refeições, bebidas e sabores fortes e mentolados, como por exemplo, chiclete, dentífrico ou similares.

Vinagre de alecrim para o lumbago

Ajudará a mobilizar a circulação e, assim, será muito útil massagear as zonas doloridas com o vinagre de alecrim. Podemos prepará-lo em casa, deixando uns ramos de alecrim de molho em uma garrafa de vidro com vinagre.

Não deixe de ler: Descubra os incríveis benefícios e usos do alecrim

Terapia com ventosas ou cupping

Esta técnica é um antigo método terapêutico que era empregado na Medicina Tradicional Chinesa.

Consiste em usar uma espécie de copo de vidro que faz um efeito de vácuo ao se colar ao corpo. Sugará a pele e parte do músculo, enquanto abre os poros e move a circulação sanguínea e linfática.

Desta maneira, a zona se desinflama e alivia a dor em 10 ou 15 minutos. Ainda que possamos ir a um terapeuta, o certo é que podemos adquirir um lote de ventosas e fazer em casa.

Imagens oferecidas por Food Thinkers e uteart

Tomara que as dicas tenham sido úteis pra você. Entretanto, não deixe de consultar o médico, porque ele saberá orientar sobre o tratamento adequado para cada caso.

Nos próximos artigos, mais dicas para a sua saúde e bem-estar. Então, continue antenado na nossa página.

Imamura, S. T., Kaziyama, H. H. S., & Imamura, M. (2001). Lombalgia. Revista de Medicina. https://doi.org/10.11606/issn.1679-9836.v80ipt.2p375-390 Araujo, A., Oliveira, L., & Libertori, M. (2012). Protocolo fisioterapêutico no tratamento da lombalgia. Cinergis.